Sanfona chora no velório de Dominguinhos

================================

DEU NO DIÁRIO DE PERNAMBUCO

Mauro Moraes quer realizar um desejo do pai e enterrá-lo em Garanhuns. O primogênito do sanfoneiro esteve no velório do pai na Assembleia Legislativa de São Paulo e reafirmou o que havia dito ontem ao Play: Dominguinhos queria ser sepultado em Garanhuns, cidade do Agreste pernambucano onde nasceu e viveu até os treze anos de idade. “Meu pai dizia que queria ser enterrado lá”, disse Mauro.

A afirmação é reiterada pela mãe do sanfoneiro Waldonys, dona Joana, e por uma entrevista de rádio, em que o sanfoneiro reforça Garanhuns como a cidade para o seu funeral. “Dominguinhos não falava muito de morte. Ele gostava muito de viver”, diz o amigo Paulo Vanderley. A Prefeitura de Garanhuns informou que está à disposição da família para que o enterro seja realizado lá.

Com as disputas entre a família de Dominguinhos, o sepultamento está sendo organizado pela ex-mulher e amiga dele, Guadalupe Mendonça. Ela afirmou à imprensa que o sepultamento do sanfoneiro será no Recife. O dia e o local ainda não foram divulgados.

O corpo do sanfoneiro deve chegar ao Recife na madrugada desta quinta-feira. O velório no Recife vai acontecer na Assembleia Legislativa do Recife, a partir das 8h. Ainda não se sabe por quanto tempo o corpo será velado. Em uma entrevista à TV, Guadalupe disse que queria que o velório durasse por cinco dias.

Dominguinhos faleceu aos 72 anos, ontem, às 18h, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Ele lutava contra um câncer no pulmão há sete anos. De acordo com o boletim divulgado pelo hospital, as causas da morte foram complicações infecciosas e cardíacas.

Be Sociable, Share!

Comentários

Josiel Silva on 16 agosto, 2013 at 20:21 #

sinto já saudade da sua voz vc foi um legítimo sanfoneiro.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos