jul
23

===============================

Aos 84 anos de idade, o ex-lateral direito Djalma Santos morreu em Uberaba. O ex-jogador, bicampeão mundial pela seleção brasileira, estava internado desde o dia 1º de julho depois de apresentar um quadro de Pneumonia. Segundo nota divulgada pelo hospital Dr. Hélio Angotti, Djalma morreu às 19h30.

Djalma Santos nasceu em São Paulo, no dia 27 de fevereiro de 1929 e com qualidade técnica acima da média, o ex-lateral marcou época em três grandes clubes do Brasil: Portuguesa, Palmeiras e Atlético-PR.

Na Portuguesa, Djalma fez parte de um dos grandes grupos da história do clube. Ao lado de Julinho Botelho e Brandãozinho, o lateral conquistou dois torneios Rio-São Paulo. O jogador é o segundo que mais vestiu a camisa da Lusa na história, com 434 partidas.

No início da década de 60 foi a vez de colocar seu nome entre os maiores do Palmeiras. Djalma Santos ajudou a formar a famosa “Academia de futebol”. Vestindo o verde, o jogador conquistou o Campeonato Paulista de 1959, 1963 e 1966, além da Taça Brasil em 1960 e 1967 e o Rio-São Paulo de 1965.

Já no final da carreira, aos 41 anos, Djalma Santos foi para o Atlético-PR. Pelo clube, o lateral conquistou seu último título, o estadual de 1970. Também foi no Atlético-PR que Djalma fez sua última partida como profissional, contra o Grêmio, em um amistoso, no dia 21 de janeiro de 1971.

Bicampeão com a Seleção Brasileira!

A qualidade técnica de Djalma Santos não poderia deliciar apenas os torcedores dos clubes pelo qual passou, o lateral também encantou o mundo vestindo a amarelinha.

Djalma participou de quatro Copas do Mundo: 1954, 1958, 1962 e 1966. Na primeira conquista do Brasil, em 58, Djalma foi reserva durante toda a competição, mas teve a oportunidade de disputar a final substituindo o contundido De Sordi. Bastaram 90 minutos para encantar o mundo e ser escolhido como o melhor lateral da competição.

Já consagrado, em 1962, Djalma foi titular na segunda conquista do Brasil e foi escolhido para o time dos sonhos daquela Copa.

Em 1966, o lateral disputou seu último Mundial. Djalma foi titular nos dois primeiros jogos do Brasil e não esteve presente na derrota para Portugal por 3 a 1, que eliminou o Brasil daquela edição.

O adeus de Djalma Santos da Seleção Brasileira ocorreu em 9 de junho de 1968, com vitória por 2 a 0 sobre o Uruguai.


Dominguinhos e sua sanfona:comparável só Gonzagão

=====================================

DEU NO PORTAL TERRA

Morreu, nesta terça-feira (23), no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, o cantor, instrumentista e compositor José Domingo de Morais, o Dominguinhos, aos 72 anos. O músico lutava há mais de seis anos contra uma câncer de pulmão e desde dezembro estava internardo com pneumonia e arritmia cardíaca.

Segundo o boletim médico divulgado pelo hospital paulista, Dominguinhos morreu às 18h, em decorrência de complicações infecciosas e cardíacas. Além do problema pulmonar, o músico era diabético.

O velório será realizado em São Paulo, enquanto o enterro ocorrerá no Recife. Ainda não foram confirmados os locais dos trabalhos.

Dominguinhos foi internado em estado grave no CTI (Centro de Terapia Intensiva) do Hospital Santa Joana, no Recife, no dia 17 de dezembro do ano passado. Pouco menos de um mês depois, em 13 de janeiro, ele foi transferido para o Sírio-Libanês, em São Paulo, a pedido de familiares.

Na época da internação na capital paulista, o tratamento era avaliado de forma positiva, já que ele respondia de forma satisfatória a ele. No dia 9 de julho, no entanto, Dominguinhos piorou e precisou ser transferido às pressas para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital. O estado já era avaliado como grave pelos médicos.
Morre Dominguinhos aos 72 anos; lembre trajetriaClique no link para iniciar o vídeo Morre Dominguinhos aos 72 anos; lembre trajetria

Os problemas de saúde já eram sentidos por Dominguinhos muito antes da internação no final do ano passado. Em outra ocasião, em agosto de 2011, o músico cancelou uma série de shows também por conta de seu estado de saúde. Na ocasião, o motivo foi uma falta de ar, consequência de um problema no coração que o obrigou a ser submetido a um cateterismo e a uma angioplastia.

Carreira
José Domingos de Morais, mais conhecido como Dominguinhos, nasceu em Garanhus, no dia 12 de fevereiro de 1941. Instrumentista, cantor e compositor, ele começou a carreira no trio de irmãos Os Três Pinguins, quando tinha sete anos. Em uma das apresentações, o grupo tocou para Luiz Gonzaga, que encantado com a habilidade do menino resolveu apadrinhá-lo. Em 1954, foi para o Rio de Janeiro tentar construir sua carreira.

Na capital fluminense, ganhou uma sanfona de Gonzagão e formou com Miudinho e Borborema o Trio Nordestino. Em 1957, se casou com sua primeira mulher, Janete, com quem teve dois filhos – Mauro e Madeleine.

Dez anos depois, em1967, Pedro Sertanejo levou o rapaz para gravar discos de forró como solista. Um ano depois, ele conheceu em uma turnê a cantora Lucinete Ferreira, mais conhecida como Anastácia, que viria a se tornar sua segunda mulher, além de parceira musical em mais de duas centenas de canções de sucesso, como Eu Só Quero Um Xodó, Tenho Sede, Saudade Matadeira e Forró em Petrolina.

No pós-tropicalismo, firmou parcerias com Gal Costa, Gilberto Gil, Caetano Veloso e Maria Bethânia. Durante o período, conheceu e se casou com Guadalupe, sua segunda mulher. Com Chico Buarque escreveu Tantas Palavras e Xote da Navegação. Apesar de tantos nomes já famosos, foi com Nando Cordel que fez uma de suas canções mais famosas: De Volta pro Aconchego, que viria a se popularizar na voz de Elba Ramalho.

Na década de 1970, conheceu em um show de Nara Leão a dançarina Guadalupe Mendonça, que se tornaria sua terceira e última mulher. O casal teve uma filha, a cantora Liv Moraes.

Em 2002, Dominguinhos se consagrou como vencedor do Grammy Latino, com o álbum Chegando de Mansinho. Quatro anos depois, levou o Prêmio Tim como Melhor Cantor Regional. Em 2010, ganhou o Prêmio Shell de Música. O último álbum do cantor, Yamandu + Dominguinhos, foi lançado em 2008.

http://youtu.be/H0Yuotk8aqE

Discografia

1964 – Fim de Festa
1965 – Cheinho de Molho
1966 – 13 de Dezembro
1973 – Lamento de Caboclo
1973 – Tudo Azul
1973 – Festa no Sertão
1974 – Dominguinhos e Seu Acordeon
1975 – Forró de Dominguinhos
1976 – Domingo, Menino Dominguinhos
1977 – Oi, Lá Vou Eu
1978 – Oxente Dominguinhos
1979 – Após Tá Certo
1980 – Quem me Levará Sou Eu
1981 – Querubim
1982 – A Maravilhosa Música Brasileira
1982 – Simplicidade
1982 – Dominguinhos e Sua Sanfona
1983 – Festejo e Alegria
1985 – Isso Aqui Tá Bom Demais
1986 – Gostoso Demais
1987 – Seu Domingos
1988 – É Isso Aí! Simples Como a Vida
1989 – Veredas Nordestinas
1990 – Aqui Tá Ficando Bom
1991 – Dominguinhos é Brasil
1992 – Garanhuns
1993 – O Trinado do Trovão
1994 – Choro Chorado
1994 – Nas Quebradas do Sertão
1995 – Dominguinhos é Tradição
1996 – Pé de Poeira
1997 – Dominguinhos & Convidados Cantam Luiz Gonzaga
1998 – Nas Costas do Brasil
1999 – Você Vai Ver o Que é Bom
2001 – Dominguinhos Ao Vivo
2001 – Lembrando de Você
2002 – Chegando de Mansinho
2004 – Cada un Belisca un Pouco
2005 – Elba Ramalho & Dominguinhos
2006 – Conterrâneos
2007 – Canteiro
2008 – Yamandu + Dominguinhos

jul
23
Posted on 23-07-2013
Filed Under (Artigos) by vitor on 23-07-2013

==================================

DEU NO PORTAL A TARDE

O primeiro trailer oficial da produção baiana A coleção invisível, dirigida por Bernard Attal, será lançado ainda esta semana. O filme, que foi selecionado para o Festival de Gramado, que acontece de 8 a 17 de agosto, é protagonizado por Vlamidir Brichta e tem previsão de estreia no circuito comercial em 6 de setembro.

A coleção invisível foi gravado em Salvador e região cacaueira, no sul da Bahia, e conta a história de Beto, um DJ cuja família possui um antiquário em crise financeira. Em viagem para tentar resolver os problemas da empresa, Beto conhece Samir, vivido pelo ator Walmor Chagas em seu último trabalho, um colecionador de obras raras, cego, e que também está em dificuldades. A partir do contato com Samir, Beto inicia uma jornada de autoconhecimento que muda sua visão de mundo.

O filme foi o vencedor do último Fest-In de Lisboa e também uma das produções selecionadas para a mostra competitiva da 20ª edição do Cinesul Festival Ibero-Americano de Cinema e Vídeo, ocorrida em junho passado, no Rio de Janeiro. Participou ainda do Festival de Havana e Mostra Internacional de São Paulo, entre outros eventos nacionais e internacionais de cinema.

jul
23

DEU NO JORNAL DO BRASIL

Marcus Vinicius Pinto

O mau tempo, o frio e a chuva fina cancelaram a cerimônia de lançamento da medalha comemorativa da visita do papa Francisco ao Brasil, que seria realizada no Corcovado aos pés do Cristo Redentor nesta terça-feira. “Trouxemos a cerimônia aqui para o Sumaré com o coral e o pessoal da casa da moeda”, disse o padre Omar Raposo, reitor do santuário do Cristo.

Padre Omar ainda não sabe se o Papa vai participar do evento. “Em princípio, é o cardeal (Tarcisio) Bertone quem recebe a medalha por ele” disse, em referência ao secretário de Estado do Vaticano.

A medalha em ouro, prata e bronze traz a imagem da papa Francisco. Na parte de trás, tem a Basílica de Aparecida e uma imagem do Rio de Janeiro.

Padre Omar torce para que o Papa consiga espaço na agenda apertada para visitar o Cristo. “Tomara que ele tenha um tempo e queira ir”, disse, explicando que esteve próximo do Pontífice ontem, mas não perguntou nada a ele.

Com o cancelamento do evento no Cristo Redentor, os 30 batedores da policial rodoviária que estavam posicionados na porta do Sumaré foram desmobilizados.

Papa Francisco no Brasil

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2013 ocorre entre os dias 23 e 28 de julho, no Rio de Janeiro. O evento, realizado a cada dois ou três anos, promove um encontro internacional de jovens católicos com o Papa. A última edição da JMJ ocorreu em 2011, em Madri, na Espanha, e reuniu cerca de 2 milhões de pessoas, de mais de 190 países. O JMJ 2013 marca também a primeira grande visita internacional do papa Francisco desde sua nomeação como líder máximo da Igreja Católica, em 13 de março deste ano.

====================================

DEU NO UOL/FOLHA

Morreu no fim da noite de ontem (22) a adolescente paulista vítima de um ataque de tubarão na praia de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. Bruna Silva Gobbi, 18 anos, que passava férias na capital pernambucana com a família, foi atacada pelo animal por volta das 13h, enquanto nadava a cerca de 20 metros da faixa de areia. O banho de mar no cartão-postal da cidade virou tragédia. E voltou a assombrar a população.

Bruna perdeu muito sangue, chegou a sofrer uma parada cardiorrespiratória e teve parte da perna esquerda amputada durante uma cirurgia realizada no Hospital da Restauração (HR), no Derby, área central do Recife. De acordo com informações da assessoria de imprensa da unidade de saúde, a turista não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 23h30, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Antes de ser transferida para o HR, Bruna foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira, na Zona Sul, onde teve a parada cardiorrespiratória. Imagens do momento do ataque e do resgate dos bombeiros foram divulgadas pela Secretaria de Defesa Social (SDS). A família teria sido alertada pelo Corpo de Bombeiros para não se banhar na área de risco. A mordida foi sobretudo na coxa esquerda da menina.

De acordo com o Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit), foi o ataque de tubarão de número 59 e a 24ª morte no Estado desde que esse tipo de ocorrência passou a ser contabilizado, em 1992. Do total, 23 ocorreram em Boa Viagem. Ainda não há detalhes sobre sepultamento da vítima.

jul
23
Posted on 23-07-2013
Filed Under (Artigos) by vitor on 23-07-2013


=================================
Brum, hoje, no jornal Tribuna do Norte

=================================

OPINIÃO POLÍTICA

A recepção ao papa

Ivan de Carvalho

A presidente Dilma Rousseff, por força do cargo e certamente sem perder de vista o que isso pode lhe dar de bônus político numa hora de tanta aflição pela abrupta e espetacular queda de popularidade, esteve ontem grudando no papa Francisco nas ocasiões que a agenda lhe permitiu – no desembarque de Francisco no aeroporto, e, no Palácio Guanabara, sede do governo do Rio de Janeiro, numa rápida solenidade em que os dois fizeram discursos protocolares, numa conversa reservada que se seguiu e depois em uma recepção para 650 convidados, segundo informou o governo fluminense.

Aí a coisa já ficou esquisita. A recepção ou coquetel pareceu superfaturada. Digo que pareceu, pois não foi feita uma investigação formal e não se sabe de fato o que aconteceu. Mas se houve superfaturamento, o responsável é o governo do Rio de Janeiro, dirigido pelo governador Sérgio Cabral, o da “dança do guardanapo” e os custos – os normais, acrescidos dos anormais, serão cobrados dos contribuintes fluminenses.

Certamente, por exigência do papa Francisco (podem apostar que foi por isto, do contrário algo como um banquete teria acontecido), o bufê da recepção ao papa, segundo informou o Palácio Guanabara, foi composto apenas de café, água e biscoitos. O jornal Folha de S. Paulo, assinala que a recepção foi contratada por R$ 850 mil. Dividiu isso pelos 650 convidados chego-se à conclusão aritmética de que cada um deles terá custado R$ 1.307,6923 (a calculadora que usei não é capaz de apresentar mais algarismos). Mas vamos resumir: cada convidado saiu por R$ 1.300.

Bem, o jornal citado divulgou que uma recepção em que são servidas entradas, coquetéis, saladas, prato principal e sobremesa, o hotel Copacabana Palace, que fica na zona sul do Rio – e é de alto luxo e tradição – cobra “em torno de R$ 250 por pessoa”.

Rememorando: café, água e biscoitos, no Palácio Guanabara, que é estatal, custam, para um convidado, R$ 1300. Já no Copacabana Palace, que é privado e visa ao lucro, entrada, coquetel, salada, prato quente e sobremesa custam, para uma pessoa, cerca de R$ 250.

O Palácio Guanabara informou que a empresa responsável pela recepção foi escolhida por licitação. Sem mais detalhes sobre a licitação, salvo o nome da empresa, Cenários e Cenas. A Folha de S. Paulo dá conta de que tentou entrar em contato com a empresa, mas não localizou site, e-mail ou telefone. Essa empresa parece ser bem mais sigilosa que a NSA – a Agência Nacional de Segurança cuja ação de espionagem global foi denunciada por Edward Snowden.

Ah, bem. Para completar essa história maravilhosa, a Folha de S. Paulo afirma o seguinte: “A assessoria do governo do Estado do Rio informou que o gasto com o bufê é de apenas R$ 8 mil, o que daria um custo de cerca de R$ 12 reais por convidado. Mas não soube informar em que foram gastos os outros R$ 842 mil pagos pelo governo”.
MÉDICOS – Médicos de todo o país farão, nesta terça-feira, manifestações contra os vetos da presidente Dilma Rousseff ao Ato Médico, contra o plano de importação de médicos estrangeiros, se o governo achar necessário e contra a invenção autoritária do trabalho forçado (e mal remunerado), durante dois anos, nas ações de base do sistema público de saúde para os estudantes que concluem o curso de medicina, não importa se em escolas públicas ou privadas, nem se estudaram gratuitamente com o dinheiro dos contribuintes ou pagaram seu curso.
Paralisação da categoria médica é um completo absurdo, já escrevi isto dezenas de vezes ao longo de anos, mas nunca será demais repetir isto. Se repeti agora é porque, em alguns Estados, haverá hoje uma paralisação dos atendimentos nas redes pública e privada, incluindo clientes dos planos de saúde, excetuando-se apenas urgências e emergências. Em Salvador, uma iniciativa inteligente: em frente ao Shopping Iguatemi, a partir das 14 horas, uma “feira de saúde” vai prestar atendimento médico gratuito às pessoas e uma exposição de fotos vai mostrar as más condições das unidades de saúde. Depois haverá uma caminhada pelas avenidas Tancredo Neves e Magalhães Neto

BOM DIA!

DEU NO UOL/FOLHA

Nelson Barros Neto

DE SALVADOR

Enquanto o prefeito ACM Neto (DEM) aguardava a chegada do papa Francisco no Rio de Janeiro, a Câmara Municipal de Salvador era ocupada por manifestantes do Movimento Passe Livre.

Ao todo, 14 integrantes do grupo aproveitaram uma sessão aberta no local nesta segunda-feira (22) para iniciar o protesto, que pede a redução da tarifa de ônibus da capital baiana de R$ 2,80 para R$ 2,50.

Dois manifestantes chegaram a se acorrentar nas galerias do plenário da Casa. Ainda há oito membros do chamado MPL-SSA do lado de fora.

Outra reivindicação era um encontro com ACM Neto, mas o prefeito está no Rio.

“Eu falei para eles que isso [o encontro nesta segunda-feira] só poderia ocorrer se o papa viesse para Salvador”, afirmou o presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Câmara (PSDB).

Manifestantes ocupam Câmara Municipal de Salvador em protesto pela redução das tarifas do transporte público
Manifestantes ocupam Câmara Municipal de Salvador em protesto pela redução das tarifas do transporte público

Por meio de sua assessoria, o prefeito não informou se irá se reunir com o grupo nesta terça-feira (23), mas disse que sempre esteve à disposição para receber o movimento.

O presidente da Câmara disse ter oferecido toda a estrutura do espaço aos manifestantes, incluindo comida e bebida, e riu de uma solicitação do grupo: “Perguntaram se alguns poderiam trocar com quem estava do lado de fora. Eu disse que não. Quem está, fica”.

Como o expediente da Casa já foi encerrado, a entrada e saída do prédio está sendo controlada pela Polícia Militar da Bahia. Eles não permitem que mais manifestantes entrem na Câmara.

As negociações entre a Câmara e o movimento duraram três horas. O grupo deve passar ao menos esta noite “acampado”.

“O sr. prefeito de Salvador, que em campanha defendia ouvir a população, mostra hoje completo descaso e desrespeito às reivindicações desse movimento, que é de iniciativa popular”, diz uma carta distribuída pelo MPL.

Procurada pela Folha, a prefeitura diz que estão “em fase de implantação várias medidas que estão na pauta do Passe Livre”, como a implantação do Bilhete Único e a ampliação do programa de meia-passagem a todos os usuários aos domingos.

Ainda segundo a prefeitura, a reativação do Conselho Municipal de Transportes, a presença de ônibus 24 horas, uma nova licitação do sistema e outras melhorias “estão em fase final de elaboração”.

A gestão ACM Neto diz ainda que já solicitou das empresas de ônibus suas planilha de custos mas que, na semana passada, elas pediram mais tempo para divulgar as informações, “o que vai acontecer nas próximas semanas”. (NELSON BARROS NETO)

  • Arquivos