jul
19

DEU NO UOL

O preços dos ingressos da Copa-2014 vão variar de R$ 60 a R$ 1.980, considerados os valores cheios e com a meia-entrada a um mínimo de R$ 30. A Fifa anunciou nesta sexta-feira, em coletiva realizada em São Paulo, os valores a serem cobrados pelos bilhetes e o esquema de comercialização, que inclui pacotes para assistir a todas as partidas de uma seleção ou de um estádio específico. A comercialização começa a partir de 20 de agosto pelo site da entidade.

Com esse valor, a Fifa cumpre a promessa de comercializar o ingresso mais barato da história recente do Mundiais. Na Africa do Sul, o preço mínimo era de 140 rands, o que corresponde a R$ 31,50. Esse barateamento tem como objetivo melhorar a imagem da entidade, desgastada com os protestos ocorridos durante a Copa das Confederações.

O valor de R$ 60 é para jogos de grupo do Mundial, na categoria 4, somente para brasileiros. A federação promete que haverá 400 mil dessas entradas. Está excluída a partida de abertura em São Paulo, que tem ingressos por preços maiores. O preço mais caro é para a final, na categoria 1.

Com os preços anunciados, a Fifa tem como desafio fazer uma operação eficiente da comercialização e da distribuição de bilhetes para garantir um incremento na sua imagem. Não foi um bom início o fato de por duas vezes tabelas com dados sobre os bilhetes terem vazado na internet poucos dias antes da divulgação dos preços.

Também não foi uma boa apresentação a forma como ocorreu a venda e o recolhimento de entradas para a Copa das Confederações. Erros no site da federação internacional e enormes filas formadas por torcedores para pegar os ingressos não deixaram boa impressão no público brasileiro. O problema chegou a tal nível que o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, disse ao UOL Esporte que tinha vergonha da operação e que merecia tomar um chute no traseiro se o esquema não melhorasse para a Copa.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos