Guimarães Filho: fora do comndo triculor

==========================================

DEU NA TRIBUNA DA BAHIA

Marcelo Guimarães Filho foi afastado da presidência do Bahia e Rátis assume o comando do clube de maior torcida do estado.A decisão saiu em sessão realizada na manhã desta terça-feira (09/07), no Tribunal de Justiça da Bahia, por julgamento da desembargadora Lisbete Maria de Almeida.

Quem assume o clube é o advogado mineiro Carlos Rátis, como interventor.É a segunda vez que Carlos Rátis é nomeado para ser interventor do Esporte Clube Bahia. Em março de 2012, o advogado assumiu a função por apenas três dias. Logo depois, a decisão foi suspensa pela justiça.

Marcelo Guimarães Filho não compareceu ao julgamento e foi representado pelo advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido como “Kakay”.

Kakay recebeu o título de “resolvedor-geral da República” por seu sucesso atuando nos tribunais superiores e foi responsável por defender figuras como Antônio Carlos Magalhães, Roseana Sarney, o banqueiro Salvatore Cacciola, o publicitário Duda Mendonça, Demóstenes Torres e a ex-ministra Zélia Cardoso de Mello.

Entenda o caso: o ex-conselheiro do clube Tricolor, Jorge Maia, apontou irregularidades na eleição do Conselho Deliberativo que reelegeu Marcelo Guimarães Filho na presidência do Esporte Clube Bahia, em dezembro de 2011.

O movimento Bahia da Torcida conta com torcidas organizadas, torcedores independentes e diversas autoridades políticas (entre elas o governador Jaques Wagner (PT) e o prefeito ACM Neto (DEM) e pede saída da atual direção do Bahia pela realização de eleições diretas

Be Sociable, Share!

Comentários

Graça Azevedo on 9 julho, 2013 at 12:55 #

Para o bem do Bahia espero que se acabe a dinastia guimarães. E que o Kakay não consiga destruir o Bahia nos tribunais superiores.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos