Depardieu com Putin, na chegada à Russia
======================================================


Os franceses não concordam com a saída do ator Gérard Depardieu do país por razões fiscais: 63% segundo uma pesquisa divulgada neste domingo no jornal Le Parisien/Aujourd’hui

Os simpatizantes da esquerda são os que mais condenam a saída do ator do país e o seu exílio na Rússia por questões fiscais (92%), enquanto os inquiridos que se identificam com a direita aprovam (60%). Mas, de maneira geral, seis em cada dez franceses dizem ter uma “má opinião” do intérprete de Cyrano de Bergerac; contra 37% que tem uma “boa opinião”.

O ator que brevemente vai encarnar o personagem de Dominique Strauss-Kahn, o ex-responsável do FMI apanhado num escândalo sexual, na tela, é impopular à esquerda (84%) e mais popular à direita (60%). Para 72%, Depardieu continua a ser um “monstro sagrado” do cinema.

A sondagem feita a 999 pessoas, que representam a população francesa com mais de 18 anos, foi realizado por telefone e Internet entre os dias 26 e 27 de junho, na França.
1

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • junho 2013
    S T Q Q S S D
    « maio   jul »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930