jun
27

Os protestos realizados nas últimas semanas no Brasil voltam a ocupar as ruas da cidade de Fortaleza, no Ceará, nesta quinta-feira (27). Cinco mil manifestantes estão na Avenida Brasil, interditando as vias que dão acesso ao Estádio do Castelão, que a partir das 16h recebe a partida da semifinal da Copa das Confederações, entre Espanha e Itália.
Os manifestantes estavam sendo contidos por uma cerca montada pela Polícia Militar (PM) do Ceará, que foi derrubada pelo grupo. No local estão a Tropa de Choque e a Cavalaria. Uma Comissão Interinstitucional formada pelo Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Estado, da Ordem dos Advogados do Brasil, Secretaria de Segurança e Guarda Municipal também acompanham o protesto.
Por volta das 12h50 a situação começou a ficar complicada. Algumas pessoas estão jogando pedras e garrafas contra os policiais, que no primeiro momento não revidaram a ação, no entanto, agora os agentes lançaram bombas de gás lacrimogêneo contra a multidão. “Viemos aqui para pedir a PM para ter paciência e não atacar os manifestantes. Faz parte da corporação policial aceitar alguns tipos de agressões, mas não revidar. Em último caso usar bala de borracha da cintura pra baixo”, afirmou o observador do Ministério Público, Elder Ximenes.
O grupo protesta pelo passe livre, melhoria no transporte público e contra os gastos públicos na Copa das Confederações e Copa do Mundo de 2014.
Com informações de Luiz Mendes

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • junho 2013
    S T Q Q S S D
    « maio   jul »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930