================================
DEU NO IG

A população de Fortaleza, assim como a das principais cidades brasileiras, foi às ruas na última semana para protestar. Mas ela também fez festa. Desde domingo, quando a seleção brasileira chegou à cidade, houve muito carinho aos comandados de Luiz Felipe Scolari. As manifestações de apoio ao time se espalharam pela cidade. E a retribuição da seleção poderá ser dada a partir das 16h, quando começa o segundo compromisso do “time do povo”, como gosta de dizer Felipão, na Copa das Confederações contra o México. Uma vitória encaminha a classificação para as semifinais.

Mais de 4 mil torcedores foram ao treino da seleção na segunda-feira. Na terça-feira, proibidos de acompanhar a atividade no Castelão, palco do jogo desta quarta-feira, uma multidão se espremeu para ver ao menos o ônibus da delegação passar. “Estamos melhorando nosso jogo e podemos fazer mais uma boa partida para retribuir um pouco esse carinho”, disse Felipão, que tem um histórico de boas lembranças em Fortaleza.

Os torcedores que acompanharam as atividades do Brasil em Fortaleza não devem ter acesso ao jogo. Mais humildes, eles não têm condições de pagar R$ 130 (valor da entrada mais barata para o jogo). Essa é a nova realidade dos estádios da Copa, que acabou por elitizar quem frequenta os jogos. Foi assim em Brasília, no sábado.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • junho 2013
    S T Q Q S S D
    « maio   jul »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930