O deputado estadual Carlos Geilson apresentou moção de congratulações na Assembleia Legislativa da Bahia pelo aniversário de 171 anos de emancipação política de Irará, comemorado ontem (27). “Parabenizo toda a população local pela data e desejo ainda mais progresso à terra de Tom Zé, Dida e de tanta gente digna”, afirma o deputado.

Com nome indígena que significa “nascido da luz do dia”, o município baiano pertence à Microrregião de Feira de Santana e é banhado pelos rios Seco e Paramirim. No passado colonial, foi explorado pelos padres Jesuítas. No século XVIII registraram as primeiras explorações das terras no centro atual do município, onde Antônio Homem da Fonseca construiu a capela de Nossa Senhora da Purificação. Em 27 de maio de 1842 foi criada a Vila da Purificação dos Campos, elevada à categoria de cidade em 1895. Atualmente o município tem cerca de 28 mil habitantes.
====================================

http://youtu.be/T-W8sffyALw

A turma do Bahia em Pauta , na California, manda pela voz e poesia de Gil e Caetanoum vivas fervorosos para Irara e sua gente, de todas as familias.

(Vitor Hugo Soares)

na

Baião Atemporal
Gilberto Gil
No último pau-de-arara de Irará
Um da família Santana viajará

Levará uma semana até chegar
Junto com mais dois ou três outros cabras que estarão lá
No último pau-de-arara de Irará

Se essa viagem comprida fosse um cordel
Seria boa saída acabar no céu

Só que este conto que eu canto é pra lá de zen
Não tem sentido, não serve pra nada e é pra ninguém
Pra ninguém botar defeito e não ter porém

Basta pensar que Irará poderá não ser
Que os paus-de-arara de lá já não têm porquê

Porque os tempos passaram e passarão
Tudo que começa acaba, e outros cabras seguirão
Cruzando o atemporal do tao do baião


=====================================================

A 19 dias do início da Copa das Confederações, parte da cobertura da Arena Fonte Nova não resistiu à forte chuva que cai sobre Salvador desde a noite passada e cedeu na manhã desta segunda-feira (27). Não há registro de feridos.

A cobertura, feita de um tecido especial, cedeu à pressão da água acumulada nas últimas hora e se soltou da armação. Por consequência, um buraco se abriu em um dos trechos do teto do estádio que foi inaugurado no dia 5 de abril em evento que contou com a presença da presidente Dilma Rousseff e do governador da Bahia, Jaques Wagner.

Depois do acidente, funcionários da arena utilizavam baldes para tentar escoar a água que se acumulou em diversos ‘gomos’ da cobertura. A administração da Arena Fonte Nova ainda não se manifestou oficialmente sobre o incidente.

O estádio será um dos palcos da Copa das Confederações, em junho, e da Copa do Mundo, no próximo ano. A estreia da arena nas competições organizadas pela Fifa será no dia 20 de junho, na partida entre Nigéria e Uruguai. O estádio receberá mais dois jogos da Copa das Confederações. No Mundial, serão seis partidas.

Antes destes torneios, a Arena Fonte Nova está sediando alguns jogos do Vitória e do Bahia no Campeonato Brasileiro, que teve início no fim de semana.

(Deu no A Noticia)

  • Arquivos

  • Maio 2013
    S T Q Q S S D
    « abr   jun »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031