maio
24


Durante uma intervenção na Universidade de Defesa Nacional, em Washington, o presidente Barack Obama revelou ter assinado um novo memorando que determina as circunstâncias em que devem ser efetuados ataques com aviões não tripulados (‘drones’) no estrangeiro.

Assim, as pessoas visadas por estes bombardeios devem representar uma ameaça «iminente» contra os norte-americanos, e prevê-se que as ações apenas sejam desencadeadas caso o suspeito em causa não possa ser facilmente capturado.

Numa referência à prisão militar de Guantanamo, em Cuba, onde desde 2002 permanecem dezenas de detidos suspeitos de terrorismo, muitos ainda sem qualquer acusação formal, o Presidente norte-americano anunciou que vai levantar uma moratória sobre a transferência para o Iémen de presos que se encontram na base, apesar de prevenir que os seus dossiers serão examinados «caso a caso».

Obama, que repetiu a intenção de encerrar a prisão, uma promessa do início do seu primeiro mandato, também indicou que vai nomear um novo responsável para supervisionar as eventuais transferências de prisioneiros e apelou ao Pentágono para designar um local em território norte-americano onde serão organizados os processos militares de exceção para julgar os detidos que já foram formalmente

( Do portal europeu TSF)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Maio 2013
    S T Q Q S S D
    « abr   jun »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031