maio
12
Postado em 12-05-2013
Arquivado em (Artigos) por vitor em 12-05-2013 00:03

================================================================
DIÁRIO DE MÃE

Maria Aparecida Torneros

QUANDO ESTAVA GRÁVIDA, AOS 3 MESES DE GESTAÇÃO, FUI SURPREENDIDA, PELA PRIMEIRA VEZ, COM UMA CAMBALHOTA DO MEU BEBÊ , O QUE ME EMOCIONOU DEMAIS. EU QUERIA DIZER A ELE O QUE ESTAVA SENTINDO. MAIS QUE DEPRESSA PEGUEI UM CADERNO VAZIO E INICIEI UM DIÁRIO, NUMA CONVERSA MANTIDA, NAS PÁGINAS SOLITÁRIAS, ENTRE EU E ELE, POR 30 ANOS. ISSO MESMO, MEU FILHO NASCEU, CRESCEU, APRENDEU A LER, FOI MORAR SOZINHO AOS 19, E EU AINDA ESCREVIA PARA ELE, MESMO QUE ESPORÁDICAMENTE, POR MUITAS VEZES. NAS NOSSAS VIDAS, QUANDO AS DATAS IAM MARCANDO MOMENTOS GLORIOSOS OU DIFÍCEIS, EU ME DISPUNHA A NARRAR, EM TOM COLOQUIAL, SINCERO, ATÉ INTENSO, TUDO O QUE SE PASSAVA. ERAM ELOGIOS E PODIAM SER LAMENTOS, MAS FORAM CONFISSÕES DENSAS, O QUE ME LEVAVA A QUESTIONAR SE UM DIA EU MOSTRARIA AO MEU MENINO AQUELA TORRENTE DESNUDADA DE SENTIMENTO MATERNO E, AO MESMO TEMPO, O ACOMPANHAMENTO DA SUA INFÂNCIA, ADOLESCENCIA E AS PREOUPAÇÕES QUE EU DESABAFAVA NAS LINHAS E ENTRELINHAS.
QUANDO PERDI MEU PAI, QUE SEMPRE CONSIDEREI MEU MELHOR AMIGO, MEU FILHO JA IA COMPLETAR 30 ANOS. ENTÃO, DECIDI ESPERAR MAIS UM ANINHO E TERMINAR O TAL DIÁRIO, QUE É PRATCAMENTE UM LIVRO, POIS , AGORA, DALI PARA A FRENTE, EU TERIA A AMIZADE DE UM HOMEM FEITO PARA SEGUIR A VIDA, SEMPRE TORCENDO POR SUA FELICIDADE E VIBRANDO COM SUAS REALIZAÇÕES.
NO DIA EM QUE MEU BEBEZÃO FEZ 31 ANOS, ENTREGUEI A ELE O TAL DIÁRIO.
ELE FOLHEOU DIANTE DA FAMILIA PRESENTE ALMOCO, NO RESTAURANTE. DEU PEQUENAS RISADAS, PORQUE, NAS PRIMEIRA PAGINAS, HÁ A IMAGEM DA IMPRESSAO DIGITAL DO SEU PEZINHO MINUSCULO NO DIA EM QUE NASCEU, ALÉM DE MUITOS REGISTROS ONDE COLEI CARTÕES, BILHETES ELE PRA MIM AINDA PEQUENINO, EPISÓDIOS ENGRAÇADOS QUE VIVEMOS, OUTROS BARRA PESADA, MAS SEI QUE DEPOIS CALMAMENTE, ELE LEU BOA PARTE, OU TALVEZ TENHA LIDO TUDO.
DEIXEI REGISTRADOS OS ARROUBOS DE MÃE BOBA E CORUJA, MAS, ALGUMAS PALAVRAS DE CONSELHOS E MUITOS ELOGIOS POIS EU OBSERVEI CADA EVOLUÇÃO DA SUA VIDA, E PARTICIPEI, MESMO QUE DE LONGE, NA FASE ADULTA, DE TODOS OS SONHOS, OS AMORES, CASAMENTOS, ESTUDOS, ESCOLHAS PROFISSIONAIS, E, HOJE, AOS 35 ANOS, CURSANDO ASTRONOMIA, ELE JÁ É PROFESSOR DE RACIOCINIO LOGICO, FICO TORCENDO SEMPRE POR SEUS BONS ENCONTROS NA VIDA. AQUELE BB QUE PULOU NA MINHA BARRIGA, SÓ ME TRAZ ENERGIAS POSITIVAS, SEGUE ME EMOCIONANDO, POUCO NOS VEMOS NO DIA A DIA, EM FUNÇÃO DA VIDA AGITADA, MAS QUANDO ESCREVI O TAL DIÁRIO, DEIXEI LÁ , COMO PUDE, PALAVRAS QUE SERÃO ETERNAMENTE PEQUENAS PARA EXPRESSAR A GRANDEZA DO MEU AMOR POR MEU FILHO. COISA DE MÃE, OU MELHOR, DE MÃE QUE AMOU ESCREVER UM DIÁRIO PARA UM UNICO LEITOR.

CIDA TORNEROS, jornalista e escritora, mora no Rio de Janeiro. Escreveu o Diário de Mãe durante 3o anos.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Maio 2013
    S T Q Q S S D
    « abr   jun »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031