DEU NO PORTAL EUROPEU TSF

Os trabalhos de remoção dos escombros do prédio no Bangladesh que albergava diversas unidades têxteis e desmoronou no final de abril irão prolongar-se uma semana, disse hoje à agência EFE fonte oficial do Ministério do Interior.

«Ainda há muitos cadáveres entre os escombros. Houve gente que tentou chegar aos andares mais baixos [o prédio tinha nove andares] para conseguir sair do edifício», disse Udín Khandaker, funcionário do Ministério do Interior do Bangladesh, que dirige uma investigação sobre o acidente.

De acordo com o responsável, «no prazo de uma semana ficarão concluídos os trabalhos de remoção dos escombros, espera-se que antes da próxima sexta-feira».

O edifício, onde operavam cinco fábricas de roupa que forneciam a conhecidas marcas ocidentais, como a britânica Primark e a espanhola Mango, desabou a 24 de abril nos arredores da capital do Bangladesh, Daca.

De acordo com os últimos dados oficiais, o desmoronamento provocou 1.022 mortos e 2.437 feridos.

Udín Khandaker disse que, no âmbito da investigação, já foram presas dez pessoas, estando entre estas o dono do edifício, quatro proprietários de fábricas, engenheiros e peritos municipais.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Maio 2013
    S T Q Q S S D
    « abr   jun »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031