========================================================

Isadora Peron

O Estado de S. Paulo

Em mais uma movimentação para criar o seu novo partido, a ex-senadora Marina Silva conseguiu agendar uma audiência com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, para a próxima semana, na terça-feira, 7. O tema da conversa será o projeto de lei que dificulta as regras para a criação de novas legendas.

Desde fevereiro, Marina vem articulando a criação da Rede Sustentabilidade, sigla pela qual pretende concorrer ao Palácio do Planalto em 2014.

Na semana passada, o ministro do STF Gilmar Mendes concedeu uma liminar que suspendeu a tramitação no Senado do projeto de lei de autoria do deputado federal Edinho Araújo (PMDB-SP). A proposta, que já foi aprovada da Câmara, tem o apoio do governo federal e restringe o repasse de recursos do Fundo Partidário e tempo na TV a novos partidos.

Em um vídeo divulgado no site da Rede nesta segunda-feira, 29, Marina agradeceu a Mendes pela atitude. A ex-senadora tenta agora conquistar mais um apoio na Corte para impedir que a projeto avance e prejudique os seus planos.

O argumento recorrente usado pela ex-ministra do Meio Ambiente é o de que é preciso ter isonomia, pois, no ano passado, o Supremo concedeu esses benefícios ao PSD, partido criado pelo ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos