Padre Renzo
============================================================

DEU NO PORTAL DE A TARDE

Paula Pitta

O padre italiano Renzo Rossi, que teve forte atuação ajudando presos políticos brasileiros de esquerda durante a ditadura militar no Brasil (1964-1985), morreu nesta segunda-feira, 25, às 2 horas (horário de Brasília), em Florença, na Itália. O religioso faleceu aos 87 anos em consequência de um câncer de pâncreas. Padre Renzo morou na Bahia entre 1965 e 1997, quando deixou o Brasil por motivo de doença e retornou para o país natal.

Durante a ditadura, padre Renzo visitou 14 presídios de todo o país, apoiando os presos políticos e levando informações sobre eles para suas famílias. “O destaque da vida dele é a solidariedade que ele emprestou aos prisioneiros do país no período da ditadura. Um padre que ía as cadeias naquele momento tinha os olhos repressivos da ditadura em cima dele. Ele efetivamente corria riscos. Levava documentos escritos pelos prisioneiros para fora das cadeias”, contou o jornalista e escritor Emiliano José, autor de uma biografia sobre o padre chamada As asas invisíveis do padre Renzo.

De acordo com Emiliano José, o religioso ajudou na fuga de Theodomiro Romeiro dos Santos, o primeiro prisioneiro que chegou a ser condenado a morte pela ditadura no Brasil. Padre Renzo deu US$ 10 mil para Theodomiro escapar da Penitenciária Lemos Brito, em 1979.

“Ele nunca foi às prisões no sentido de converter as pessoas. A maioria (dos presos) não eram cristãos, mesmo assim ele nunca chegou com a pretensão de converter ninguém. Ao contrário, ele dizia que essas pessoas com outra visão de mundo o ensinaram a compreender a diversidade”, conta Emiliano José, que dirige um documentário sobre a trajetória do padre Renzo durante o regime militar brasileiro.

Be Sociable, Share!

Comentários

Olivia on 25 Março, 2013 at 15:27 #

Uma anjo sem asas, era assim que os presos políticos chamavam Padre Renzo. Virou uma estrela no firmamento.


Ivan de Carvalho on 25 Março, 2013 at 18:26 #

Mas quem disse que os anjos têm asas? Os pintores e escultores? Eles voam, mas não precisam delas.


Dilson on 25 Março, 2013 at 18:56 #

Uma grande perda para a Igreja, e também para o povo baiano, principalmente para a comunidade da Boa Vista de São Caetano em Salvador. Vai com Deus, nosso eterno Padre Renzo, nosso Anjo sem Assas.


joão carlos on 6 Abril, 2014 at 1:13 #

Adeus padre Renzo e obrigado por iluminar nossos corações com a pura luz da caridade, como apóstolo da prima missão do Cristo – o amor ao próximo. Adeus amado exemplo!


Lucia Bezerra on 6 Abril, 2014 at 1:19 #

Assisti hoje um documentário sobre o Pe. Renzo, fiquei tão impressionada com sua participação junto aos presos políticos na época da ditadura, que resolvi pesquisar
mais sobre ele e fiquei sabendo que já faz
um ano que ele partiu, com certeza aonde
quer que ele esteja é um ser de muita luz .


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos