Zezeu (de vermelho): pelo semiarido e Gabrielli

=========================================

GRAZZI BRITO

Direto de Juazeiro

O deputado federal Zezéu Ribeiro (PT) participou do lançamento da Frente Parlamentar pela Convivência com o Semiárido, que aconteceu este fim de semana durante o 5º Festival do Umbu em Uauá, Bahia. O deputado defendeu que a Frente deve trabalhar no sentido de mudar o estereótipo de que no semiárido só existe pobreza e seca. “A gente não pode imaginar o semiárido da caveira do boi morto e do nordestino retirante, mas sim do potencial que temos em relação ao semiárido”.

Reforçando a ideia do forte potencial social e econômico da região, Zezéu lembrou a criação de novas economias para o semiárido. “A irrigação é uma economia pungente e de grande expectativa, com muitos recursos aplicados. Além dela temos duas novas economias florescendo no semiárido de forma decisiva, que é a energia eólica e a mineração”.

A realidade de 10 milhões de brasileiros que convivem com o semiárido é realmente complicada, reconhecendo essa dificuldade surge essa Frente Parlamentar. “Temos uma realidade para trabalhar, nós temos que superar os obstáculos e possibilitar que essas novas economias aconteçam. Aqui não é terra de coitadinhos, essa festa do umbu é demonstração disso, o umbu é uma espécie nativa da caatinga que hoje alcança um patamar em escala de produção e uma cadeia produtiva com grande diversidade. Hoje temos metade da população mais pobre do Brasil vivendo no semiárido, então temos que ter alternativas para uma mudança e a Frente é instrumento desse processo”.

A necessidade de apoio parlamentar para a convivência com a adversidade da seca na região é explícita, exemplo disso é a dificuldade encontrada pelas prefeituras ao solicitar a limpeza de suas aguadas. As barragens e açudes estão sujos e entupidos, com recursos próprios o poder municipal não tem condição de realizar o serviço e nem tem tido o apoio por parte do poder público federal ou estadual. “Esse deveria ser um trabalho prévio, porque se não fizemos a limpeza dos barreiros no momento da estiagem, quando a chuva chegar a gente vai produzir lama e não vai acumular água. É necessária uma atuação prévia nesse sentido e temos alertado a Codevasf nesse sentido”, disse o deputado.

PT em 2014

Questionado sobre o nome de um sucessor petista para o governo do estado, Zezéu disse acreditar que é cedo para isso, mas deixou transparecer preferência por um companheiro. “Acho cedo pra definição de quem vai ser o candidato. Gabrielli (secretário de Planejamento e ex-presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli) é um nome importante, acho que é um companheiro que deveria assumir essa responsabilidade”.

Na ocasião, o deputado federal comemorou os 10 anos de administração do PT no governo federal. “Esse é um desafio enorme. É a mais longeva das experiências partidárias dentro da democracia no Brasil, vamos completar os 12 anos e não tenho dúvida que o partido ainda vai ser reconduzido em 2014”, finalizou.

Grazzi Brito é jornalista, mora em Juazeiro, na margem baiana do Rio São Francisco

Be Sociable, Share!

Comentários

alcides on 28 Fevereiro, 2013 at 20:56 #

Parabéns Deputado, estou acompanhando suas andanças, estamos remendo neste barco, vamos a luta. abraço


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2013
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728