Yoani: blogueira cubana recebida com flores no Rio
==========================================

Papa, blogueira e Saia Justa: crises humanas!

Maria Aparecida Torneros

O sábado chegou. Ainda é fevereiro mas parece que a corrida contra o tempo invadiu o universo. Ligo a tevê para ver o programa Saia justa em versão mascurina. Eles se divertem e me fazem refletir sobre as crises humanas da última semana. Noticiário em frenesi sobre as intrigas no Vaticano e a visita da blogueira cubana ao Brasil com protestos e repercussões.

Mundo em crise que discute a nova franja de Michele Obama enquanto os moços do Saia Justa questionam o modelo da tal mulher de plástico estilo Barbie tão estereotipada quanto sonhada. Se a blogueira cantou “quando sai de Cuba” e elogiou nossa democracia ou se foi intimidada na sua liberdade de expressão nada é tão avassalador quanto a sensação de um planeta atordoado pela crise em geral.

A manhã promete mais um dia intenso calor e às 9 horas da matina já se sabe o quanto será possível esquentar o cérebro com muito sol e menos pensamentos. Tentativa de meditar e esvaziar a mente classificada. Fora hipocrisia! Fora tanto protesto e tamanha disputa de poder! Benvindo o que vem em nome da anti crise! Relaxar é a palavra de ordem.

Deixar que o Papa se retire e que a blogueira se manifeste livremente porque protestar é preciso para a ultrapassagem da crise humana. Permitir-se sair por aí no sábado ensolarado de saia larga. Perdir as mulheres plastificadas por sua eterna busca de beleza externa e compreender o sumo pontífice que depois dodossiê super secreto percebeu que há muito mais miseráveis no gênero humano do que pregou Vítor Hugo. Talvez o filme ganhe Oscar em amanhã dominical pois a crise segue sendo mesmo uma luta contra a miséria.

Nada contra a riqueza das almas plidas, aquelas resolvidas, capazes de sair do contexto para navegar por mares de grande paz. Entretanto, ainda há tempo para sair da crise acompanhando os modelitos propostas pela mídia frenética de um mundo louco ou até fugir do exercício da reflexão e simplesmente tomar uma água de côco na beira da praça observando que o mar está mau para sereias do marque imaginam nossos críticos sentidos , eternos prisioneiros de passageiros ideais.

Cida Torneros é jornalista e escritora, mora no Rio de Janeiro, onde edita o Blog da Cida

Be Sociable, Share!

Comentários

Mariana Soares on 24 Fevereiro, 2013 at 10:07 #

Bravo, Cida! Bravíssimo!
Vamos viver e deixar que os outros vivam também, cada um na sua…Mas, com muito respeito, sempre!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2013
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728