Hospital Regional Norte – Sobral

============================================

DEU NO PORTAL DO ESTADÃO

Uma forte chuva na tarde deste domingo, 17, em Sobral, a 240 quilômetros de Fortaleza, no Ceará, deixou um rastro de destruição. A fachada do recém-inaugurado Hospital Regional Norte desabou, ferindo um engenheiro da obra e um operário que estavam fazendo a manutenção da unidade hospitalar.

Os dois estavam fazendo uma vistoria na fachada, quando o acidente aconteceu, diz nota da Secretaria de Saúde do Estado. Isso porque, no sábado, dia 16, foi constatado que a fachada não estava firme. Ela media dez metros de comprimento por sete metros de largura. Quando eles tentavam fazer o ajuste, houve o desabamento.

Ambos receberam os primeiros socorros do Serviço de Assistência Médica de Urgência (Samu), no local do acidente, e foram levados para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral, onde passaram por exames e receberam alta.

O Hospital Regional Norte foi inaugurado há um mês com um show da cantora baiana Ivete Sangalo, que recebeu R$ 650 mil como cachê do governo do Estado.

A Secretaria de Infraestrutura de Sobral vai cobrar do consórcio Marquise-EIT, que construiu o Hospital, a reconstrução da marquise que fica na entrada da emergência obstétrica. As causas do desabamento também serão investigadas. O Corpo de Bombeiros isolou a área.

A chuva, que caiu durante 50 minutos, acompanhada de uma forte ventaria, também derrubou o teto de um posto de combustível. A Defesa Civil de Sobral contabilizou ainda queda de árvores e problemas nos fios de postes da rede elétrica.

Entre sábado e domingo, houve chuva forte em 125 dos 184 municípios cearenses, segundo boletim da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). A previsão é que esta situação persista até o final do dia.

Em janeiro do ano passado, uma chuva rápida e forte derrubou a estrutura metálica da Vila Olímpica de Sobral.

fev
17


Wyllys em rota de colisão com rede de Marina

===========================================

Deu no jornal digital Brasil247

Mal começou a ser criado e o movimento da ex-ministra Marina Silva, que lançou neste sábado o embrião do partido Rede Sustentabilidade, afastou as chances de ter o apoio do político que é a principal voz do Congresso na defesa dos direitos do grupo LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros). Pelo Twitter, o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) declarou neste sábado: “acabou meu diálogo com o movimento dela”.

O rompimento se deve a uma sugestão da ex-presidenciável de realizar um plebiscito no País a fim de decidir o direito do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Quando soube da ideia, Jean Wyllys questionou Marina “se ela bancaria um sobre isenção fiscal das igrejas. Ela disse que não, e aí acabou meu diálogo com o movimento dela”, conta o deputado.

Ainda pelo microblog, Jean Wyllys protestou: “‘Nova política’ querendo submeter direitos de minorias a ‘plebiscitos’ e ‘referendos’ não é nova política: é o velho conservadorismo!”. Em seguida, retuitou a mensagem do jornalista argentino e ativista do movimento LGBT Bruno Bimbi, que dizia: “Vamos fazer plebiscito sobre os direitos dos negros? E sobre os direitos dos judeus? Marina atrasa um século!”.

Em cima do muro

O partido de Marina já nasceu evitando tomar posições. No evento deste sábado, em Brasília, com a presença de mais de mil pessoas, entre políticos, intelectuais e líderes de movimentos sociais, a ex-senadora declarou, sem pestanejar, que a legenda não deverá ser “nem oposição, nem situação” ao governo de Dilma Rousseff. “Nem posição nem situação, nós precisamos de pessoas que tenham posição. Se Dilma fizer algo bom para o país, nossa posição será favorável. Se estiver contra o Código Florestal, nossa posição é contrária”, disse. “Parece ingênuo, mas não tem nada de ingenuidade”, acrescentou.

Ao sugerir um plebiscito para garantir o direito do casamento civil igualitário, ela também deixa de tomar uma posição, delegando essa tarefa para a população brasileira. Até mesmo sobre a chance de se candidatar novamente à Presidência da República em 2014, ela deixou as portas abertas, não respondendo nem que sim, nem que não, mas afirmando que é uma “possibilidade”. Uma das principais ênfases de sua fala foi dizer que o foco do novo partido não é a eleição do ano que vem. “E quem acredita nela?”,
provoca Jean Wylys.

fev
17
Posted on 17-02-2013
Filed Under (Artigos) by vitor on 17-02-2013


Edgar Campos com Lucio Vieira Lima, presidente do PMDB
da Bahia, em visita ao senadinho.Foto:Maria Olivia Soares

=============================================


DEU NA COLUNA RAIO LASER (DA TRIBUNA DA BAHIA)

Saudade ( DE EDGAR CAMPOS)

O senadinho, atribuído a um grupo de amigos que se reúnem todos os dias em uma das alas do Shopping Barra para discutir diversos assuntos, perdeu ontem um de seus membros, considerado assíduo leitor desta coluna. Faleceu aos 80 anos, o engenheiro sanitarista Edgar Campos, que tinha em seu círculo de amizades figuras como os ex-governadores Waldir Pires e Roberto Santos até aos mais jovens.
========================================

BAHIA EM PAUTA, DE LUTO PELA MORTE DE EDGAR CAMPOS , COMENTA :

Este site blog também está de luto e entristecido com a partida de Edgar Campos. Grande amigo, fonte permanente e incentivador do editor deste Bahia em Pauta desde a infância.

Edgar foi sempre um grande exemplo e guia para muitos que tiveram a felicidade e a graça de o conhecer e conviver com ele.

Profissionalmente, como engenheiro sanitariasta competente e dedicado pioneiramento aos serviços de tratamento e abastecimento de água em várias cidades e estados do Nordeste, entre a Bahia e Pernambuco, principalmente.

No plano pessoal , como figura de generosidade extrema, amigo (e parente, como ele gostava de ser chamado ), tinha a marca da lealdade em seu comportamento e ações concretas..

Edgar Campos era, acima de tudo, um ser heroicamente resistente. Bem informado e bem humorado, sempre.

Mesmo depois do derrame que o atingiu em Salvador, e o obrigou durante muito tempo, até a morte esta semana, a mover-se em cadeiras de rodas, depois de um tratamento longo e sofrido, na Bahia e nos Estados Unidos.

Mas ele nunca se deixou abater ou imobilizar. No senadinho do Shopping Barra, era presença permanente e marcante. Um dos líderes mais queridos, ouvidos e acatados por amigos e políticos baianos e nacionais de todas as tendências e procedencias.

Seu enterro, no Jardim da Saudade, foi um exemplo da pluralidade de uma vida , de um pensamento e jeito de ser gente. Entre os presentes, muitos parentes, amigos e admiradores, como este editor e sua irmã, a repórter especial do senadinho, Maria Olívia Soares, dois ex-governadores da Bahia, Waldir Pires e Roberto Santos, além do desembargador Eduardo Magalhães, irmão de ACM.

Perda sem tamanho para a sua Terezinha, filhos, parentes, amigos e para a Bahia política, humana e resistente. Como Edgar Campos.

(Vitor Hugo Soares e Margarida, pelo Bahia em Pauta)

fev
17
Posted on 17-02-2013
Filed Under (Artigos) by vitor on 17-02-2013

========================================

DEU NA NA “MUITO”, REVISTA DOMINICAL DO JORNAL A TARDE

Ronaldo Jacobina

Perfil com teor humorístico sobre o prefeito ACM Neto já tem mais de 50 mil curtidores

Tem quem ache um troll bem feito, tem quem diga que é estratégia de marketing. ACM Neto, em si, acha é graça do Prefeito Netinho, seu perfil fake no Facebook. No Camarote Contigo! disse que a página acabou entrando em seu ambiente de trabalho e que leva tudo com “muito bom-humor”.

Para 2014, adiantou que o circuito do Campo Grande será alvo das mudanças. Para Neto, é preciso estabelecer um equilíbrio entre o centro vazio e uma Barra/Ondina superlotada.

Sobre a crítica de que o Carnaval da Bahia vem se tornando uma festa para turista, rebateu: “Isso é mito. Tem festa na Castro Alves, no Centro Histórico e os baianos estão lá, eles são a principal razão de tudo”. O prefeito também comentou o decreto que proibiu venda de abadás e demarcação de área vip nos blocos de rua do Rio de Janeiro.

“Não tem como comparar. Isso aqui seria uma atitude muito radical, mas a prefeitura deve trabalhar para que mais atrações saiam alguns dias sem corda”.

fev
17
Posted on 17-02-2013
Filed Under (Artigos) by vitor on 17-02-2013


=======================================
Aroeira.hoje,no jornal O Dia(RJ)

Do You Tube:
No terceiro programa da série “A Música Segundo Tom Jobim”, dirigida por Nelson Pereira dos Santos e exibida pela TV Manchete em 1984, nosso maestro soberano recebeu Chico Buarque, Dori e Danilo Caymmi para lembrarem Noel Rosa.

Entre conversas, a obra do poeta da vila foi cantada e tocada nas canções “Provei” e “Três Apitos”, tudo dentro do clima de absoluta informalidade que dava a tônica do programa, gravado na casa de Tom no Jardim Botânico, no Rio.
========================================

Confira. Ótimo domingo para ouvintes e leitores

(VHS)

  • Arquivos

  • Fevereiro 2013
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728