Barravento: ACM Neto fala sobre Operação Carnaval
============================================

Um assalto no restaurante Barravento (local onde o prefeito ACM Neto deu coletiva ontem para falar sobre o carnavel de Salvador) deixou os clientes assustados no fim da manhã desta terça-feira, 5. Os criminosos trajavam paletós e levaram R$ 1,5 mil e seis celulares, segundo informações da 11ª CIPM (Barra/ Graça).

O bando trancou funcionários e clientes no banheiro do estabelecimento, mas não houve nenhuma ocorrência de agressão. Duas viaturas da polícia foram encaminhadas ao local para prestar o devido socorro e liberar as vítimas. Os bandidos fugiram do local e o caso ainda está sendo investigado pela Polícia Civil.

Hotel Riverside

Na última segunda-feira, 4, o Hotel Riverside, localizado na Barra, sofreu assalto também no período da manhã. De acordo com a 14ª Delegacia Territorial da Barra, apenas objetos pessoais foram levados.

O hotel afirmou, em nota, que está dando suporte para os envolvidos e para a Polícia Civil, que investiga o caso. “Nesse passo, reafirma-se o compromisso da rede com a proteção, o respeito e a máxima atenção aos hóspedes, na medida em que já reforçou a segurança no local para os eventos carnavalescos, com vistas à manutenção do funcionamento normal do hotel e à confirmação de todas as reservas para o período do Carnaval”, diz a organização.

(Com informações do jornal A Tarde)


Primeira foto: João Henrique e caravana nos mares do Haiti e Jamaica
Foto: Colaborador Metrópole etro1)

============================================

DEU NO BLOG DE MÁRIO ( EDITADO POR MÁRIO KERTÉSZ NO PORTAL METRO1)

Olha o ex-prefeito João Henrique no Porto de Labadee, no Haiti!!! O passeio em grupo envolve familiares e diversos assessores. Foi também no Haiti que ele foi vaiado, já que no navio há cerca de 120 baianos. A esposa dele, Tatiana Paraíso, não gostou muito de saber que estamos aqui divulgando informações do passeio deles.

por Mário Kertész no dia 05 de Fev de 2013

Paraíso se irrita ao saber de divulgação da notícia de que João Henrique foi vaiado no Haiti

Depois de sair do Haiti, no navio “Oasis of the Seas” (onde ocupa 12 cabines com a família e assessores), o prefeito João Henrique está agora em Falmoth, na Jamaica. Já soube que a ex-primeira dama, Tatiana Paraíso, está muito irritada por saber que as notícias da viagem deles estão chegando aqui em tempo real e também por termos divulgado que JH foi vaiado quando andava de Jet Ski. Todo mundo no navio já sabe que demos a notícia e teve gente até que imprimiu algumas cópias e as deixou nas mesas do cruzeiro e na cabine do casal.

No navio tem cerca de 120 baianos e eles ficam perturbando João Henrique o tempo todo, inclusive ligando para a cabine dele de madrugada.

==============================================

” Meia Noite”, dos bons baianos Antonio Carlos e Jocafi, para despertar o bom samba na avenida!!!

(Gilson Nogueira )

=======================================================

Pergunta da ouvinte que assina Mara Bella, na área de comentários deste vídeo espetacular na área de comentário do You Tube.

E POR FALAR EM SAUDADE, POR ONDE ANDA ESTA DUPLA MARAVILHOSA? EU TINHA UNS 15 ANOS E ELES JÁ FAZIAM SUCESSO, RECORDAR É VIVER.!

REALMENTE É COMO SE FOSSE? MAGICA TUDO VOLTA COM VELOCIDADE.

=================================

Responda quem souber!!!

(VHS)

fev
05

http://youtu.be/c_K_VYhWJWw

============================================

Um juiz russo renunciou ao seu cargo depois a divulgação de um vídeo onde aparece a dormir durante um julgamento no qual o arguido acabou condenado a cinco anos em trabalhos sociais num estabelecimento prisional russo. O vídeo tornou-se um sucesso no YouTube.

O vídeo, em que o juiz Yevgeny Majno está a dormir enquanto o advogado do arguido fundamenta a defesa, provocou a ira dos críticos do sistema judicial russo, que também tem uma alta taxa de condenação.

“O Conselho de Qualificação de Juízes aceitou a renúncia de Majno”, relatou a magistrada regional e membro do conselho de Valentina Pozharskaya e da agência RIA Novosti.

A filmagem, supostamente realizada durante um julgamento por fraude em julho passado, na cidade de Blagoveshchensk no extremo-leste do país, mostra Majno reclinado na cadeira dormindo com a cabeça inclinada para um lado.

http://youtu.be/LOwQLarDhvI

=====================================================

Bom dia e feliz aniversáro, Olívia, mana querida e um dos pilares deste Bahia em Pauta.

Não adianta se esconder (como de costume) nesta data que é sua . Melodia, letra e voz do intérprete desta canção, bela e profunda como poucas da música brasileira, a irão encontrar.

E transmitir a mensagem de carinho e afeto de seu mano e admirador, sua cunhada, e da imensa legião de amigos que você construiu, conquistou e mantém, principamente na imensa ponte Bahia-Rio.

Abraçaço e toda felicidade do mundo, hoje e sempre.

(Vitor Hugo Soares e Margarida


================================================================

OPINIÃO POLÍTICA
Sintonia e guerra
Ivan de Carvalho

Eleito primeiro vice-presidente da Câmara dos Deputados, André Vargas, do PT, sustentou que cabe à Casa a última palavra sobre a perda do mandato dos três deputados condenados pelo Supremo Tribunal Federal no julgamento do Mensalão – o petista e ex-presidente da Câmara João Paulo Cunha, o ex-presidente nacional do PT, José Genoíno e Valdemar Costa Neto, que controla o PR. “Fora isso”, disse Vargas, “é cassação sumária”. Difícil imaginar a razão de ser sumária.
A posição expressa por André Vargas é a mesma que vinha sendo sustentada pelo petista Marco Maia, que ontem foi sucedido na presidência da Câmara dos Deputados pelo peemedebista Henrique Eduardo Alves. Esta sintonia entre a posição de Marco Maia e de André Vargas tem certamente um significado importante.
Antes de ir adiante nessa avaliação, no entanto, cumpre assinalar que o novo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, que não é um petista – embora eleito para a presidência com o determinado apoio do PT –, foi questionado sobre a questão da perda do mandato daqueles três deputados sobre os quais pesa condenação do STF, ainda sujeita a recursos que, no caso deles, não têm a mínima possibilidade de eliminar as condenações.
Questionado sobre se, em sua opinião, a Câmara dos Deputados é que dará a última palavra sobre a perda dos mandatos dos três deputados ou se à Casa legislativa cabe apenas a mera formalidade de declarar extintos esses mandatos, como determinou decisão do Supremo Tribunal Federal, Henrique Eduardo Alves não respondeu. Na verdade, embora sob o aspecto do Direito a resposta fosse muito fácil, óbvia mesmo, alinhada com a transparente decisão do STF, politicamente trata-se de uma resposta embaraçosa.
Se o peemedebista e presidente da Câmara dissesse que a última palavra cabe a esta, alinhando-se com os petistas Marco Maia e André Vargas, estaria indo contra a Constituição conforme interpretada pelo STF e contra o próprio STF, semeando assim uma crise institucional a explodir em breve, logo sejam esgotados os parcos recursos que restam aos sentenciados. Ao mesmo tempo, estaria jogando o seu partido, o PMDB, numa panela em que a legenda não quer ser cozida.
Mas se o presidente Henrique Alves dissesse, de plano, que terá mesmo de ser cumprida a decisão do Supremo Tribunal Federal e à Câmara cabe apenas oficializar no seu âmbito a decisão tomada no STF, iria bater de frente, no momento mesmo em que inicia sua gestão de dois anos, com o PT, cujo apoio foi essencial para sua eleição.
Isso é fácil de ver. O PT tinha o presidente da Câmara, Marco Maia, e este sustentou furiosamente que a Câmara é que, após esgotados os recursos no STF, decidiria, seguindo todo um processo na Casa legislativa, se os deputados deveriam perder o mandato ou não. E vem outro petista, André Vargas, não mais na presidência da Câmara, mas na primeira vice-presidência, e, passando por cima do novo presidente e sem conversar previamente com ele, afirma que, esgotados os recursos no STF, a Câmara vai ter que se manifestar sobre a situação dos deputados, passando pela Corregedoria, pelo Conselho de Ética (onde há votação) e finalmente pelo plenário (onde haveria a votação final e decisiva, capaz, na opinião dele, de virar pelo avesso a decisão do STF.
Marco Maia, André Vargas – a sintonia deles não é só deles. Apenas expressam a posição amplamente majoritária no comando nacional do PT e na bancada do partido na Câmara, senão também no Senado. Este é um sinal claro – ao qual juntam-se notoriamente vários outros – da guerra que o PT está começando a mover contra o Judiciário, o Ministério Público, a mídia privada, enfim, tudo que pode lhe impor os limites da ação democrática.

=========================================
Publicado por um ouvinte na área de postagem deste vídeo no You Tube:


“Tenho entrado em contato com a Rede Globo e o Canal Viva,pedindo para que reprisem o filme “A História de Karen Carpenter” dublado em homenagem a Karen,que morreu no dia 4 de fevereiro de 1983. O filme foi feito pra tv americana e foi exibido no Brasil apenas 2 vezes”.

=========================

Bela sugestão, Bahia em Pauta aprova e apoia a iniciativa. Principalmente este editor, fã de carteirinha de The Carpenters, e de Karen em especial.

(Vitor Hugo Soares)

  • Arquivos

  • Fevereiro 2013
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728