DEU NO SITE CONGRESSO EM PAUTA

Em votação em dois turnos, o PMDB definiu neste domingo o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) como novo líder da bancada na Câmara. Ele venceu a disputa contra os colegas peemedebistas Sandro Mabel (GO) e Osmar Terra (RS). Com a vitória do parlamentar fluminense, integrantes do partido na Casa acreditam que as chances de Rose de Freitas (PMDB-ES) diminuem na disputa pela presidência. Cunha teve 46 votos, Mabel 32 e houve duas abstenções.

Durante a disputa pela liderança, Cunha teve alguns desentendimentos com Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que deixa a liderança hoje. Por isso, Alves passou a apoiar Mabel nos bastidores. Deputados comentam que, com o peemedebista fluminense no cargo, o partido teria maior independência com relação à cúpula partidária.

Henrique Eduardo Alves disse que, em sinal de respeito aos três candidatos, decidiu se abster da votação. Em rápido discurso antes da votação, não demonstrou apoio a nenhum dos candidatos, apesar de ter trabalhado nos bastidores pela eleição de Sandro Mabel.

O peemedebista goiano é considerado menos rebelde do que Cunha. No total, votaram 80 de 81 deputados. Somente Odílio Balbinotti (PMDB-PR) não compareceu à votação.Se Mabel vencesse, apontam deputados, a turma do deputado fluminense poderia despejar votos em Rose. Isso não deve acontecer.

Cunha vai assumir a bancada com suspeitas sob sua atuação. Ele é acusado pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, por usar, segundo a acusação, documentos falsos na tentativa – bem sucedida até o ano passado – de barrar uma investigação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Rio de Janeiro sobre irregularidades atribuídas à sua gestão no comando de uma estatal fluminense.

=================================================

Grande Nará! Lembrei dela hoje ao falar no twitter sobre a linda Barra de São Miguel, em Alagoas, onde ela viveu grande momentos de amor e paz com Cacá Diegues.

Saudades de Nara!

(Vitor Hugo Soares)

fev
03

DEU EM O GLOBO

O candidato à presidência do Paraguai e general reformado Lino César Oviedo morreu na noite deste sábado após a queda de um helicóptero na província de Chacoue. Oviedo, de 69 anos, viajava de Concepción à capital do país. Acusado de ser mandante da morte do ex-vice-presidente Luis María Argaña, o general esteve exilado no Brasil entre 2000 e 2004. Ele foi preso duas vezes e chegou a ser condenado a 10 anos de prisão pelo Tribunal Militar Extraordinário do Paraguai.

O general participou na noite de sábado de um ato político em Concepción, a 440 km ao norte de Assunção. Segundo as autoridades, as causas do acidente estão sendo investigadas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos. A aeronave perdeu contato com a torre de controle poucas horas depois, por volta das 22h (locais). Dados iniciais apontam que o piloto teria desviado de uma tempestade.

Em 2008, o general foi inocentado no último processo que enfrentava na Justiça paraguaia, no qual era acusado de ter participado da chacina que matou oito jovens manifestantes em frente ao Congresso, em 1999. O massacre, conhecido como “março paraguaio”, foi um dos episódios mais marcantes da história do país. Além dos oito mortos, centenas de outros manifestantes que protestavam contra o assassinato do então vice-presidente Luis María Argaña ficaram feridos após serem atingidos por franco-atiradores.

Em 1996, Oviedo foi acusado de insurreição contra o então presidente Juan Carlos Wasmosy. No ano seguinte, foi detido novamente e ficou 30 dias na cadeia, até ser libertado por ordem do presidente Raúl Cubas, seu aliado político. líder da União Nacional de Cidadãos Éticos (Unace), o general disputou as últimas eleições presidenciais do Paraguai em abril e terminou na terceira colocação, atrás do vencedor, Fernando Lugo, e da candidata do Partido Colorado, Blanca Ovelar.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/mundo


=====================================================

DEU NO CORREIO

Da Redação

Vestida de branco e carregando rosas vermelhas, Maria Bethânia apareceu pelas ruas da cidade de Santo Amaro, por volta do meio-dia de ontrm (02) e foi direto para a igreja onde as imagens católicas são arrumadas, antes de seguirem para a Procissão de Nossa Senhora da Purificação.

A cantora foi enfeitar o andor de Santa Bárbara, sua santa de devoção, que saiu carregada pela cidade, no período da tarde. Essa manifestação religiosa marca o final dos festejos em torno de Nossa Senhora da Purificação, que acontecem desde o dia 25 de janeiro, durante todos os anos, na cidade do recôncavo baiano.

(Matéria original publicada no iBahia

fev
03
Posted on 03-02-2013
Filed Under (Charges) by vitor on 03-02-2013


======================================
Luscar, hoje, no portal A Charge Online

===================================================

“Asi se baila el Tango” , um tangaço argentino, na voz e interpretação especialissima de Adriana Varela, multipremiada cantora da música portenha de prestígio mundial.

Vai para um cara também especial: Douglas Dourado, que hoje festeja mais um aniversário em Juazeiro, na margem baiana do Rio São Francisco.

Amigo fraterno desde os bancos do Colégio Dom Bosco (Petrolina-PE), cunhado sempre atento e solidário, colaborador generoso deste Bahia em Pauta, com a mesma entrega do tempo em que era uma das vozes mais escutadas nas transmissões esportivas de rádio em Juazeiro.

A música vai para o aniversariante relembrar também, com a sua Carminha, daquela bela manhã de domingo banhada de tango e vinho, no bairro histórico de San Telmo, de uma reluzente Buenos Aires em dia de frio e sol.

Parabéns, aniversarante do dia!!!

(Vitor Hugo e Margarida)

  • Arquivos

  • Fevereiro 2013
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728