http://youtu.be/IqpnxodP18U

===============================================

Negrinho do Pastoreio(folclore gaúcho)
Conjunto Farroupilha
comp:Barbosa Lessa
VIDEO SEM FINALIDADE LUCRATIVA
gravação de som:IODA
imagens da internet
créditos: Léia Reis

================================
Força, gente boa e resistente do Rio Grande!

(VHS)

Be Sociable, Share!

Comentários

Cida Torneros on 28 Janeiro, 2013 at 16:34 #

Vítor e toda a equipe do BP!
em 2012 fui duas vezes ao Rio Grande. em Janeiro na capital onde fui com duas jornalistas amigas e permanecemos por uma semana.
em março vôltei para o circuito de Gramado e da região do vinho. meu coração tem um lado gaúcho muito forte. povo nacionalista e guerreiro. como aceitar tamanha tragédia que atingiu população jovem cujos sonhos param agora nos ares e na perplexidade? impossível achar q é apenas fatalidade. mega eventos são planejados e devem ser cuidadosamente organizados quanto à segurança. pelo que estamos observando houve descaso e irresponsabilidade de muitos. os jovens que promovem suas festas enquanto cidadãos devem tb exigir padrões de conforto e cuidados com suas vidas. ekrs pagam. alguém lucra. quem responde se uma coisa assim acontece? meu coração dói com uma dor bem gaúcha. que os jovens que partiram em agonia possam nos dar uma lição: eventos assim daqui para frente precisam cumprir novas e rígidas regras. o Brasil vai sediar Copa e olimpíadas. nossa juventude gauchá é mártir mas passa a ser referência a um novo comportamento de respeito as vidas. sugiro que em tidos os estádios e ginásios do Brasil se coloquem placas com todos os nomes das vítimas fatais deste trágico episódio para que nunca mais isso se repita. com muita dor cumprimento os familiares dos que se foram e dos sobreviventes. Cida Torneros


Mariana on 29 Janeiro, 2013 at 11:37 #

Cida querida, admiro a sabedoria e clareza com que sempre expõe seus comentários aqui no BP, sem falar, é claro, nas belissimas crônicas com que nos premia regularmente.
Mas, o mais legal mesmo é que você consegue dizer coisas tão reais e, muitas vezes, duras, como agora, sem perder a doçura e a elegancia.
Parabéns! Viva a você!
Concordo plenamente com seu comentário e assino em baixo!
É preciso que a responsabilidade seja sempre muito maior do que a festa que se está preparando, para que se possa comemorar e celebrar com as pessoas vivas e seguindo suas vidas e sonhos.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos