=====================================
Motriz

Maria Bethânia

Embaixo a Terra e em cima o macho, o céu
E, entre os dois, a idéia de um sinal
Traçado em luz e em tudo a voz de minha mãe
E a minha voz dela e a tarde dói de tão igual

A tarde que atravessa o corredor
Que paz! Que luz que faz! Que voz! Que dor!
Que doce amargo cada vez que o vento traz
A nossa voz que chama verde do canavial, Canavial

E nós, mãe…
Candeias, motriz!

Aquilo que eu não fiz e tanto quis
É tudo o que eu não sei, mas a voz diz
E que me faz e traz capaz de ser feliz
Pelo Céu, pela terra a tarde igual pelo sinal, pelo sinal

E nós, mãe…
A penha – Matriz!
Motriz…
Matriz…
Motriz…

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2012
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31