Sombra e luz sobre a Cãmara de Salvador

====================================

DEU NO CORREIO DA BAHIA

Da Redação

A bancada governista na Câmara Municipal derrubou ontem, 17, a sessão e impediu, por falta de quorum, que fosse realizada votações das contas do prefeito João Henrique (PP) de 2010 – as de 2009, já foram rejeitadas. De acordo com a oposição, existia acordo para que as contas do prefeito João Henrique fossem votadas na segunda-feira.

“Agora, deve ficar para quarta (19). Eles esvaziaram o quorum de novo”, reclamou Vânia Galvão (PT), líder da oposição na Câmara. Segundo o presidente da Casa, Pedro Godinho (PMDB), não existiu acordo, uma vez que o dia habitual para votação é quarta-feira.

“Não estava previsto para hoje (ontem). Deve ser (votado) na próxima quarta ou na semana que vem”. Para ele, o resultado “é imprevisível”, pelo fato da votação ser secreta.

Na última semana, as contas de 2009 de João foram rejeitadas pela Casa. 28 votos eram necessários para a aprovação das finanças e apenas 25 vereadores foram a favor de João.

Outros 15 membros da Câmara seguiram o parecer do Tribunal de Contas (TCM) e da Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização da Câmara. “Eles devem estar articulando para conseguir os votos que precisam”, comentou Aladilce Souza (PCdoB).

Segundo o líder do governo, Téo Senna (PTC), a pretensão dos vereadores é votar as contas de 2010 no mesmo dia do Orçamento de 2013. A Comissão de Finanças ainda analisa a lei e ela só deve ficar disponível para votação a partir desta quarta-feira (19).

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2012
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31