=================================================


DEU NO ESTADÃO

DAIENE CARDOSO – Agência Estado

Após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de cassar o mandato dos deputados condenados no processo do mensalão, o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), pediu que os críticos da decisão do tribunal mantenham a calma e aguardem a publicação dos acórdãos das condenações e a apresentação dos recursos da defesa para discutir a questão da perda dos mandatos. “É óbvio que o episódio é traumático, mas creio que devemos ter tranquilidade. Todo mundo tem que ter calma. Então, acho que é melhor esperar a publicação e (o julgamento dos) embargos”, disse Wagner, antes de encontro nesta terça-feira (18) com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Paulo.

O governador da Bahia disse que considera prerrogativa da Câmara dos Deputados a cassação de mandatos. “Pertence à Câmara proclamar a perda do mandato”, afirmou. Wagner também criticou os que afirmam que a democracia está comprometida após a decisão do STF sobre a cassação de mandatos. “Não tem quebra de democracia porque não tem nenhum golpe de Estado”, avaliou.

Wagner condenou a repercussão das novas declarações do empresário Marcos Valério ao Ministério Público Federal (MPF), na qual revelou que o esquema do mensalão pagou despesas pessoais do ex-presidente Lula. “Declaração por declaração, todo mundo dá a que quer”, minimizou, enfatizando que Marcos Valério estaria “fragilizado” com sua condenação pelo STF. Segundo ele, há grupos interessados em desmontar a popularidade de Lula. “Existe uma vontade de quem trabalha contra um ícone com 80% de popularidade para desmontar essa popularidade, por motivos maiores ou menores. É óbvio que há”, afirmou.

Para o governador, as condenações no processo do mensalão geram “traumas”, que geram oportunidade de reflexão e aprendizado. “As coisas se fazem com traumas, infelizmente. Mas é no trauma que a gente aprende”, disse o petista, defendendo que o episódio servia de estímulo para a reforma política e a criação de um sistema de financiamento público de campanha eleitoral.

Presente em parte da reunião em que oito governadores prestaram solidariedade a Lula, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, também defendeu o financiamento público de campanhas políticas. “É um problema sério que tem de ser discutido, que leva muitos candidatos a cometer deslizes e praticar ilegalidades”, comentou Okamotto, que foi o tesoureiro da campanha de Lula à presidência da República, em 1989.

“Muitas vezes neste processo há troca de cargos, de pontos do programa de governo (nas coligações de segundo turno) e também se compromete a ajudar a pagar a dívida de campanha. Isso acontece no Brasil desde quando se fundou a República”, afirmou. “Acho um absurdo o PT não ter feito desde o começo um cavalo de batalha para fazer o financiamento público de campanha. Não é que vai acabar com os problemas e a corrupção, mas vai acabar com a desculpa de muitos políticos que são obrigados a arrumar recursos antes do processo eleitoral.”

Críticas

No novo depoimento ao Ministério Público Federal (MPF) em setembro, Marcos Valério acusou Okamotto de tê-lo ameaçado. Na tarde desta terça, Okamotto disse a um grupo de jornalistas que o teor do depoimento, publicado com exclusividade pelo jornal O Estado de S.Paulo, teria sido “roubado” ou obtido de forma ilegal. Em seguida, Okamotto voltou atrás da declaração ao ouvir esclarecimentos dos jornalistas presentes sobre a forma como as notícias são apuradas. Ele, no entanto, reclamou da divulgação pelo jornal do conteúdo do depoimento do empresário ao Ministério Público. “Essa é uma peça que não tem credibilidade, não tem fundamento. Não estou nem um pouco preocupado com isso”, reiterou Okamotto.


Presidente do TRE, Sara Silva, diplomou ACM Neto

==========================================


DEU NO CORREIO DA BAHIA

Da Redação

Na tarde desta terça-feira (18), a solenidade de diplomação dos eleitos para 2013 foi realizada no auditório do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA). Autoridades, parentes e amigos dos diplomados participaram da cerimônia.

O futuro prefeito da capital baiana, ACM Neto, foi o primeiro a receber o documento entregado pela presidente do TRE, a desembargadora Sara Silva de Brito.Em seguida, foi a vez da vice-prefeita eleita Célia Sacramento. A desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, vice-presidente do órgão, entregou o diploma.

O terceiro a ser diplomado foi o vereador mais votado, Carlos Muniz (PTN), que recebeu o documento das mãos da juíza Ângela Bacellar Batista, titular da 18ª Zona Eleitoral. Então, os outros 42 vereadores eleitos e os 16 primeiros suplentes de cada coligação ou partido foram chamados.

DEU NO CORREIO

Da Redação

Um homem invadiu uma clínica de fisioterapia e pilates e matou a tiros a esposa na tarde desta terça-feira (18). Clarissa Nunes, de 34 anos, era dona do estabelecimento, localizado no bairro de Vilas do Atlântico, na cidade de Lauro de Freitas, e morreu no local.

A vítima foi surpreendida por Anderson Coelho Nunes dentro da Clínica Galleria Corpore, na rua Praia de Itapoan, no início da tarde de hoje. Ele efetuou diversos disparos contra Clarissa e fugiu do local após o crime. Em seguida, Anderson foi para o condomínio Albatroz, na praia de Jauá, na cidade de Camaçari, e cometeu suicídio. O casal tinha três filhos.

O delegado da 23ª Delegacia Territorial (DT/ Lauro de Freitas), Joelson Santos Reis deu início às investigações, mas ainda não tem informações sobre a motivação do crime. No corpo de Clarissa, foram encontradas dez lesões provocadas pelos disparos de arma de fogo.

Crime passional na Graça

Nesta segunda-feira (17), um homem de 40 anos matou a ex-mulher a tiros próximo ao restaurante Mignon, no bairro da Graça. O crime aconteceu por volta das 8h30, na rua da Amélia Rodrigues. De acordo com informações da 11ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM-Graça), o atirador, identificado como Guilherme Marotta Soares de Almeida matou a companheira porque não aceitava o fim do relacionamento do casal.

Guilherme, que trabalhava como vigilante na empresa Áquila, esperou a ex-mulher próximo ao local de trabalho e atirou diversas vezes contra ela numa rua ao lado do restaurante. Sônia Bárbara Oliveira Souza, 32 anos, trabalhava como cozinheira no restaurante Mignon e foi atingida por quatro tiros.

Bahia: violência contra mulher

A morte de Sônia Souza foi a terceira em casos de violência contra a mulher com motivação passional, registrados em Salvador e Região Metropolitana em menos de 24 horas. Na rua Dr. Jorge Costa Andrade, em Águas Claras, Maria Climendes Silva, 40 anos, morreu após ser atingida por vários golpes de faca no tórax.

O assassino era seu marido, Cosme de Assis Souza, 46, com quem ela teve três filhos. De acordo com a polícia, Cosme desconfiava que estava sendo traído, por isso cometeu o crime. Já em Alto de Coutos, uma adolescente de 17 anos morreu depois de ser esfaqueada na casa do namorado na noite de domingo. A suspeita da polícia é que o crime tenha sido cometido pelo companheiro da jovem.

Crimes semelhantes a estes compõem as estatísticas de assassinatos de mulheres na Bahia, oitavo estado do país onde mais ocorrem mortes desta natureza. A taxa é de 5,6 homicídios para cada grupo de 100 mil mulheres, de acordo com o Mapa da Violência 2012, produzido pelo Instituto Sangari e publicado pelo Ministério da Justiça.

A mesma taxa foi verificada em Salvador, que ocupa a 16ª posição entre as capitais do país. O índice supera o nacional, que é de 4,4 homicídios para cada grupo de 100 mil mulheres.

Na sexta-feira passada, os membros da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPI) do Congresso Nacional encerraram a etapa de visitas e diligências nos estados. A previsão é que o relatório final da senadora Ana Rita (PT-ES) seja finalizado em março, quando é comemorado o Dia Internacional da Mulher.

Na Bahia, a visita da comissão ocorreu no mês de julho e, na época, foi constatado que o atendimento das mulheres vítimas de violência é comprometido pelo déficit de funcionários, equipamentos públicos e a falta de capacitação de quem trabalha diretamente com as vítimas. Dados fornecidos à CPMI revelam que na Vara Especializada de Atendimento às Mulheres de Salvador tramitam mais de 10 mil processos.

============================================

Estampas Eucalol

Estampas Eucalol

Xangai e Hélio Contreiras

Montado no meu cavalo
Libertava prometeu
Toureava o minotauro
Era amigo de teseu
Viajava o mundo inteiro
Nas estampas eucalol
A sombra de um abacateiro
Ícaro fugia do sol.

Subia o monte Olimpo
Ribanceira lá do quintal
Mergulhava até netuno
No oceano abissal
São Jorge ia prá lua
Lutar contra o dragão
São Jorge quase morria
Mas eu lhe dava a mão
E voltava trazendo a moça
Com quem ia me casar
Era minha professora
Que roubei do Rei Lear.

=================================
Composição: Hélio Contreiras

Saudades do grande poeta baiano, autor da letra desta magnifica canção.

ÓTIMA TERÇA-FEIRA PARA TODOS

(Vitor Hugo Soares)

=============================================

Deu no Portal Comunique-se, especializado em notícia de bastidores da imprensa.Enviada ao BP pela jornalista e escritora carioca Maria Aparecida Torneros. (VHS)
==============================================

O Brasil é o quarto país mais perigoso do mundo para profissionais da imprensa, segundo dados da organização não-governamental Press Emblem Campaign (PEC – Campanha Emblema para a Imprensa), divulgados nesta segunda-feira, 17. Em 2012, 11 jornalistas morreram no país durante o exercício da profissão, número recorde.

A situação brasileira é igual à mexicana e pior que a de Afeganistão, Iraque e Gaza, territórios em guerra. Somando os assassinatos de jornalistas nesses três locais, o número de vítimas chega a oito. Considerando por regiões, o Oriente Médio tem a maior incidência de mortes, onde 44 jornalistas morreram durante o exercício da profissão. A América Latina vem logo atrás, com 35 vítimas. Na Europa, apenas um caso foi registrado.

Neste ano, 139 jornalistas foram mortos durante o trabalho. O índice é 30% superior que o registrado em 2011 (107), principalmente por causa do crescimento do número de óbitos na Síria, Somália e no Brasil. A PEC aponta que a maioria dos casos aconteceu em áreas de conflito, durante distúrbios civis e que poucas investigações foram conduzidas, por desinteresse político, falta de acesso às zonas em briga e inexistência de pulso firme do Estado para que as leis fossem cumpridas.

Dados da PEC mostram que desde janeiro de 2008, o número de jornalistas mortos no mundo alcançou 569, uma média anual de 114 ou dois por dia. Os locais mais perigosos são: Filipinas (62), México (59) e Paquistão (53). Com 22 óbitos registrados, o Brasil ficou em oitavo, na frente de Rússia (20) e Índia (16).

A entidade ressalta que se 2012 foi o ano mais sangrento para jornalistas desde a II Guerra Mundial, o período também foi marcado por esforços internacionais contra a impunidade. A conferência de Doha, Qatar, por exemplo, estabeleceu uma resolução para aumentar a segurança de profissionais da mídia e tem um plano de ação piloto previsto para entrar em vigor a partir de 2013.


Sombra e luz sobre a Cãmara de Salvador

====================================

DEU NO CORREIO DA BAHIA

Da Redação

A bancada governista na Câmara Municipal derrubou ontem, 17, a sessão e impediu, por falta de quorum, que fosse realizada votações das contas do prefeito João Henrique (PP) de 2010 – as de 2009, já foram rejeitadas. De acordo com a oposição, existia acordo para que as contas do prefeito João Henrique fossem votadas na segunda-feira.

“Agora, deve ficar para quarta (19). Eles esvaziaram o quorum de novo”, reclamou Vânia Galvão (PT), líder da oposição na Câmara. Segundo o presidente da Casa, Pedro Godinho (PMDB), não existiu acordo, uma vez que o dia habitual para votação é quarta-feira.

“Não estava previsto para hoje (ontem). Deve ser (votado) na próxima quarta ou na semana que vem”. Para ele, o resultado “é imprevisível”, pelo fato da votação ser secreta.

Na última semana, as contas de 2009 de João foram rejeitadas pela Casa. 28 votos eram necessários para a aprovação das finanças e apenas 25 vereadores foram a favor de João.

Outros 15 membros da Câmara seguiram o parecer do Tribunal de Contas (TCM) e da Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização da Câmara. “Eles devem estar articulando para conseguir os votos que precisam”, comentou Aladilce Souza (PCdoB).

Segundo o líder do governo, Téo Senna (PTC), a pretensão dos vereadores é votar as contas de 2010 no mesmo dia do Orçamento de 2013. A Comissão de Finanças ainda analisa a lei e ela só deve ficar disponível para votação a partir desta quarta-feira (19).

dez
18
Posted on 18-12-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 18-12-2012

Aroeira, hoje, no jornal O SUL (RS)


DEU NO PORTAL EUROPEU TSF

O porta-voz da Casa Branca indicou esta segunda-feira que o controle de armas nos EUA «não tem agenda específica» e acrescentou que o presidente Obama espera fazer algo sobre isto nas próximas semanas.

Entretanto, dois senadores do Partido Democrata, que têm defendido que as leis atuais sobre armas não se devem modificar, entendem agora que se deve fazer alguma coisa após o massacre da escola de Newtown, onde morreram 27 pessoas.

Joe Manchin, um destes senadores, que tem tido o apoio da poderosa Associação Nacional de Armas, lembrou que não conhece ninguém que seja caçador ou que faça tiro desportivo que tenha armas automáticas.

Por seu lado, Mark Warner, outro senador do partido de Barack Obama, entende que o atual “status quo” relativamente a esta matéria não é aceitável e apelou mesmo a um controle racional das armas no país.

Reagindo também ao massacre de domingo, o presidente da câmara de Nova Iorque considerou que é uma «vergonha que nos estejamos a matar uns aos outros» e que os EUA sejam o único país industrializado onde este tipo de situações acontece.

http://youtu.be/nuSNxZb47Ns

===========================================
A incrível interpretação de Eva Cassiby para a canção que Judy Garland imortalizou no cinema.
Agradecimentos do BP a Jader.

BOA NOITE!!!

(Vitor Hugo Soares)

  • Arquivos

  • dezembro 2012
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31