DEU NA FOLHA.COM

NELSON BARROS NETO
DE SALVADOR

Claudionor Vianna Teles Velloso, 105, a Dona Canô, está internada no Hospital São Rafael, em Salvador, após sofrer uma isquemia transitória –os sintomas são semelhantes aos de um AVC (Acidente Vascular Cerebral), devido à falta de sangue em uma região do cérebro.

Mãe dos músicos Caetano Veloso e Maria Bethânia, Dona Canô chegou ao hospital em estado grave por volta das 9h30 de sábado (15). “Hoje teve uma ligeira melhora e tem um quadro estável”, disse Mabel Velloso, filha de Dona Canô. “Estamos aqui todos reunidos em paz, Graças a Deus”, completou Mabel, em companhia de Caetano e Bethânia.

Há duas semanas, Dona Canô esteve em um show de Bethânia no Teatro Castro Alves, na capital baiana.

Em 16 de setembro, quando completou 105 anos com grande festa em Santo Amaro da Purificação (a 67 km de Salvador), onde mora, disse à Folha não ter medo da morte. “Não tenho, não, meu filho. Acredito em Deus e sempre vivi com a minha família, com pessoas do meu lado, com a casa cheia. Acho que esse é o segredo [da longevidade]”.

Apesar do corpo frágil, de 45 kg e 1,60 m, Dona Canô permanece lúcida.

DEU NO SITE DO LEÃO DA BARRA

Um carnaval lindo que só essa torcida sabe fazer.

A delegação rubro negra desembarcou esta tarde no Aeroporto de Salvador e foi recebido com festa pela torcida. O time campeão da primeira da Copa do Brasil SUB 20 chegou a Salvador sem quatro campeões que já desviaram seu caminho para se apresentar a Seleção Brasileira. São eles: Gustavo, Mansur, Gabriel Soares e Willie.

A direção do clube preparou um trio elétrico para a recepção dos campeões.

Bahia em Pauta saúda o time que representa promessas de mais frutos ainda de uma
das melhores safras de jovens craques baianos e brasileiros.

(Postado por Vitor Hugo Soares)


DEU NO PORTAL EUROPEU TSF

O corpo da enfermeira encontrada enforcada, depois de ser vítima de um trote telefônico de uma rádio australiana sobre a Duquesa de Cambridge, Kate Middleton, chegou este domingo à Índia, onde será realizado o seu funeral.

O corpo de Jacintha Saldanha, que foi encontrada enforcada no dia 07 de dezembro, foi transportado de Londres para Mangalore (no sul da Índia), de onde era originária a enfermeira.

Depois de uma missa na catedral católica de Westminster no sábado, na capital britânica, a família de Jacintha Saldanha anunciou que seu funeral será realizado na segunda-feira, na localidade de Shirva, no estado de Karnataka, no sul da Índia.

Jacintha Saldanha, de 46 anos, foi encontrada morta três dias depois de atender o telefonema dos apresentadores da rádio australiana, que se fizeram passar pela rainha Elizabeth I e o príncipe Charles, e transferir a chamada para outra enfermeira do hospital King Edward VII, na capital britânica. A segunda enfermeira revelou o estado de saúde da duquesa de Cambridge.

Jacintha Saldanha, que deixou três cartas, foi encontrada morta nos alojamentos para os funcionários do hosptital.

A Scotlad Yard investigará agora as chamadas telefónicas e o correio eletrónico da enfermeira para tentar entender o que poderia ter acontecido.

=================================
DEU NO GLOBO.COM

Dona Canô, mãe de Caetano e Bethânia, de 105 anos, sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Ela está internada em estado grave num hospital em Santo Amaro da Purificação, na Bahia.

Ao saberem da notícia, todos os filhos de Dona Canô foram para Santo Amaro da Purificação.

======================================

ANOTE PARA NÃO ESQUECER

dez
16

DEU NO “PÚBLICO”, DE LISBOA

VANDERLEI ALMEIDA/AFP

A Presidente do Brasil Dilma Rousseff é quem terá a palavra final. No seu gabinete, está um decreto preparado por responsáveis do seu Governo para adiar a plena aplicação do Acordo Ortográfico (AO), que apenas aguarda aprovação presidencial

Inicialmente, no Brasil, a data para a plena aplicação do acordo era 1 de Janeiro de 2013. A data agora mais badalada e que apenas aguarda decisão presidencial é 1 de Janeiro de 2016, a mesma para a entrada em vigor total do AO decidida em Portugal.

Ao longo da última semana várias foram as vozes que deram como certo um adiamento. Será para esse cenário que aponta o consenso. Mas nem todos os setores têm os mesmos interesses. De um lado, estariam editores e orgãos de comunicação social que já adotaram as novas regras, a pressionar para uma entrada em vigor obrigatória já em 2013. Do outro, os mais céticos tenderiam para o adiamento e mesmo uma revisão do acordo. Chegou a haver uma proposta para se adiar a entrada em vigor obrigatória para 1 de Janeiro de 2019. E há senadores que defendem mesmo a revisão do acordo.

Janeiro de 2016 terá sido a data de meio-termo ou de compromisso encontrado para aproximar as posições mais extremas. O PÚBLICO sabe que representantes da Casa Civil da Presidência e dos ministérios da Cultura, Educação e Relações Exteriores tentaram, numa reunião realizada a 28 de Novembro, definir uma posição comum e da qual apenas resultou um “consenso possível”.

Dúvidas de professores, pedidos de revisão
A proposta de prorrogação foi avançada depois das dúvidas levantadas por professores e opositores do AO que pediram um prolongamento do período de convivência entre a ortografia em vigor e a estabelecida no acordo por considerarem que não houve tempo suficiente de adaptação.

Para a senadora Ana Amélia, da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, autora da proposta de adiamento, “o prazo de adaptação foi curto”. “A senadora justifica ainda o pedido para prorrogar o período para a obrigatoriedade do acordo com a necessidade de “uma integração mais ampla com os outros países envolvidos” que adotaram períodos de transição mais longos, lê-se no portal de notícias do Senado.

Além do adiamento, o senador Cyro Miranda, membro das comissões de Educação e Relações Exteriores, prevê a sua inevitável revisão. Em declarações à Lusa, na semana passada, considerou o acordo ortográfico “muito confuso” e disse estar convencido de que “tanto Portugal como o Brasil” iriam pedir para que ele fosse “revisto”.

Apesar da reticências manifestadas pelos mais cépticos, a entrada em vigor avança. O jornal O Globo noticiava em Fevereiro que o Ministério da Educação, responsável por encaminhar livros didácticos para 99% das escolas públicas de todo país, procedeu à actualização dos manuais por fases e em 2012 a substituição terá ficado completa.

Dos oito países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), só Angola ainda não ratificou o acordo. Moçambique fê-lo em Junho deste ano, antes assumir a presidência da CPLP.

dez
16
Posted on 16-12-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 16-12-2012

SALVE SÃO CASSIO!!! SALVE O SANTO PERUANO GUERRERO!!!

SALVE O CORINTHIANS!!!

(Vitor Hugo Soares)

dez
16
Posted on 16-12-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 16-12-2012


—————————————————————-
Mário Alberto, hoje, no LANCENET

http://youtu.be/fpsds1_LC4I

===================================


DEU NO IG

Guarulhos, Espírito Santo, Bela Vista, Vila Moraes, Interlagos, Cohab 5, Capão Redondo, Curitiba, Pirituba, Itaquá, Tatuapé, Praia Grande, Americana, Pindamonhangaba, Tucuruvi, Jundiaí, Itaquera, Mooca, Mogi Guaçu, Canadá, Cubatão, Indaiatuba, Suzano, Serra Negra, Sorocaba, Francisco Morato, Cangaíba, Austrália. Essas foram algumas das faixas de corintianos espalhadas em todo o anel superior e parte do inferior do Yokohama Stadium neste domingo 16 de dezembro. Nesses lugares e em todo mundo só há uma certeza: o Corinthians é o campeão mundial de 2012.

Não havia faixas do Peru. Mas camisas de um tal centroavante com a tradicional faixa transversal em vermelho havia, sim. Camisas de Guerrero, o autor dos dois gols que deram ao Corinthians o seu segundo título mundial. O segundo na vitória por 1 a 0 sobre o Chelsea, no estádio que já havia visto a seleção brasileira, o São Paulo e o Internacional triunfarem.

O peruano e o goleiro Cássio, com pelo menos cinco defesas importantes, mereceriam bicho dobrado após a noite que viu o Corinthians se igualar ao Barcelona como único bicampeão mundial em torneios organizados pela Fifa.

Numa invasão que tomou conta de Yokohama e de todo o Japão, corintianos de todas partes da capital paulista e de todo o mundo, fizeram o mundo conhecer o que é Corinthians. E com um título que já entra para história, não só pelo resultado, mas pelo que se viu fora dos estádios e nas cidades japoneses por onde passaram os loucos do bando.

Jornalistas ingleses, australianos, alemães, japoneses, espanhóis, franceses, indonésios… não há um gringo presente neste Mundial que não tenha se impressionado com o esforço de milhares de corintianos de estarem ali. No público de 68.275 divulgados pela Fifa ao menos 2/3 era de torcedores alvinegros, que fizeram do Yokohama Stadium um Pacaembu.

O jogo
Aos 9 minutos, a bola com chip talvez tenha tido sua primeira dura tarefa desde que foi adotada pela Fifa neste Mundial. Após cobrança de escanteio, Chicão não conseguiu cortar de dentro da pequena área, a bola sobrou para Cahill, que a queima roupa perdeu grande chance. Cássio salvou em cima da linha, claramente fora do gol, para alívio dos corintianos.

E mais: Após balançar no cargo, Tite conquista o mundo e todos os títulos possíveis
Reuters
De outro ângulo, Guerrero sobe para marcar o gol do título do Corinthians

O Chelsea era melhor. Tinha mais de 65% da posse de bola até os 20 minutos do primeiro tempo, mas o Corinthians, bem postado, começava a arriscar depois de ser pressionado pelo time inglês nos primeiros minutos. Com Emerson, em roubada de bola depois de erro de Ramires, o Corinthians entrou com perigo na área rival pela segunda vez (Paulinho havia furado alguns minutos antes). De fora da área, Jorge Henrique e Paulinho também arriscaram mas sem obrigar Cech a fazer nenhuma defesa.

O Corinthians equilibrou o jogo e foi melhor na metade final do primeiro tempo. Aos 34, Chicão lançou na área, Guerero disputou com David Luiz, ganhou, cortou para a perna direita, mas chutou mal. A bola saía pelo lado direito do gol de Cech, mas Emerson a alcançou e conseguiu acertar o pé da trave direita do goleiro checo.

O assanhamento do Corinthians fez o Chelsea acordar e por pouco abrir o placar. Cássio evitou o pior. Primeiro aos 37, após chute de Torres e depois ao 39, em chute colocado de Moses, em que o goleiro se esticou todo para afastar para escanteio. O arqueiro foi peça fundamental do Corinthians para que o primeiro tempo terminasse sem gols.

No segundo tempo, sem mudanças em nenhum dos times, o Corinthians foi melhor. Controlou os nervos e contou com ótima partida de Danilo e o faro de Guerrero para sacramentar o placar final da vitória. O gol saiu após jogada iniciada pelo camisa 20 e que acabou na cabeça de Guerrero, como na semifinal contra o Al Ahly. O mundo é preto e branco pela segunda vez.

FICHA TÉCNICA – CORINTHIANS 1 X 0 CHELSEA

Local: Estádio Internacional de Yokohama, em Yokohama (JAP)
Data: 16 de dezembro de 2012 (domingo)
Horário: 8h30 (de Brasília)
Árbitro: Cüneyt Çakir (TUR)
Assistentes: Bahattin Duran (TUR) e Tarik Ongun (TUR)
Cartões amarelos: Jorge Henrique (Corinthians); Cahill e David Luiz (Chelsea)
Cartão vermelho: Cahill (Chelsea)

Gol: CORINTHIANS: Guerrero, aos 23 minutos do segundo tempo
Público: 68.275 pagantes

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho; Jorge Henrique, Danilo e Emerson (Wallace); Guerrero (Martínez)
Técnico: Tite

CHELSEA: Cech; Ivanovic (Azpilicueta), Cahill, David Luiz e Ashley Cole; Ramires e Lampard; Moses (Oscar), Juan Mata e Hazard (Marin); Fernando Torres
Técnico: Rafael Benítez

  • Arquivos

  • dezembro 2012
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31