Shankar e Norah:relação difícil

===============================================
DEU NA FOLHA

DE SÃO PAULO

Em razão da morte de seu pai, o músico indiano Ravi Shankar, a cantora Norah Jones cancelou o show marcado para a noite desta quarta-feira (12), em Porto Alegre.

“Tomei a difícil decisão de cancelar o resto de minha turnê no Brasil, para que assim possa estar com a minha família neste momento tão difícil”, escreveu a cantora através de seu perfil no Facebook. “Todos sentiremos a falta de meu pai. Espero que meus fãs brasileiros entendam e aceitem minhas sinceras desculpas por esses cancelamentos. Espero que eu possa voltar ao Brasil em breve.”

Jones se apresentaria também em São Paulo no sábado (15) e encerraria sua turnê no Brasil com um show no Rio no domingo (16).

Os fãs que adquiriram ingressos para o evento terão os valores reembolsados, mediante apresentação dos originais no mesmo ponto de venda em que foram adquiridos. O reembolso para o show de Porto Alegre será realizado somente a partir de sexta-feira (14).

O relacionamento entre Norah Jones e seu pai sempre foi conturbado. Conforme publicado no site do jornal britânico “Daily Telegraph”, em abril deste ano, a cantora somente soube que Shankar ele era seu pai em 1996 e não fez questão de se aproximar dele.

De acordo com o jornal, ele teria deixado sua mãe criá-la sozinha quando a cantora tinha apenas quatro anos. Os pais de Norah se conheceram na década de 1970, quando sua mãe trabalhava na divulgação dos shows de Shankar em Nova York.

Na biografia que o músico indiano publicou em 1999, ele menciona Norah somente uma vez e a chama de “minha outra filha do Ocidente”.

Ravi Shankar, mestre indiano da cítara que exerceu grande influência sobre músicos ocidentais, dos Beatles aos Rolling Stones, morreu na última terça-feira (11) aos 92 anos. Ele estava internado no hospital de San Diego, na Califórnia, onde passou por uma cirurgia.

“Com grande tristeza escrevemos para informar que Pandit Ravi Shankar, marido, pai e alma musical, faleceu hoje”, afirma o comunicado assinado por Sukanya e Anoushka Shankar, mulher e filha do músico. “Como todos sabem, a saúde dele era frágil nos últimos anos e na quinta-feira passou por uma cirurgia que, potencialmente, poderia ter dado uma nova vida”.

“Infelizmente, apesar dos melhores esforços dos cirurgiões e médicos, seu corpo não foi capaz de suportar a pressão da cirurgia. Estávamos a seu lado quando morreu”, completa a nota. “Seu espírito e legado viverão em nossos corações e em sua música.”


Lilian:três vezes a melhor na cobertura da ALBA

===========================================

Odília Martins

Da TB

A jornalista Lilian Machado repórter do Jornal Tribuna da Bahia recebe hoje pela terceira vez consecutiva o Prêmio Quintino de Carvalho, promovido pela Assembleia Legislativa da Bahia na categoria jornalismo impresso pela melhor cobertura dos trabalhos na Casa.

Além de Lilian, outros profissionais da imprensa que fazem a cobertura do Legislativo também foram premiados. Na categoria site, o jornalista do Blog Por escrito, Luiz Augusto Gomes e no rádio, foi escolhido Itamar Ribeiro, da Rádio Sociedade de Feira de Santana. A premiação será realizada hoje, às 17 horas, no saguão do plenário.

O Prêmio Quintino de Carvalho tem como objetivo reconhecer o desempenho dos profissionais da imprensa. “Para mim é uma honra e satisfação grande receber este prêmio que leva inclusive o nome do primeiro chefe de reportagem do veículo onde trabalho e aprendi os primeiros passos da profissão.

Para a jornalista o maior prêmio é a confiança das fontes. Agradeço aos deputados que através deste prêmio demonstraram o crédito no meu trabalho. Tenho aprendido diariamente com a cobertura do cotidiano desta Casa Legislativa. Obrigada também aos meus colegas, amigos e a minha família que me ajudam a não perder o romantismo diante da vida”, disse Lilian Machado.

BAHIA EM EM PAUTA PARABENIZA, VIBRA E COMEMORA TAMBÉM O PRÊMIO À ÓTIMA PROFISSIONAL DE JORNALISMO DA BAHIA E GRANDE AMIGA DO BP

(Vitor Hugo Soares, editor)

DEU NO PORTAL EUROPEU TSF

A polícia espanhola deteve no aeroporto El Prat, de Barcelona, uma mulher proveniente da Colômbia com próteses mamárias, onde transportava 1,3 quilos de cocaína no total.

A mulher, que chegou ao aeroporto de Barcelona num voo proveniente de Bogotá, levantou suspeitas aos agentes responsáveis pelo controle dos chamados “voos suspeitos”, por causa das respostas ambíguas sobre os motivos da viagem, disse a polícia.

A polícia revistou a mulher e encontrou faixa de gaze manchadas de sangue, tapandor feridas abertas na parte debaixo dos seios.

A passageira, com cerca de 20 anos e de nacionalidade panamenha, alegou que tinha sido operada há dois meses para colocar implantes mamários e que as feridas não tinham sarado completamente.

Através das feridas, a polícia conseguiu detetar “um corpo estranho de cor branca” e, depois de ter feito uma radiografia, a mulher foi enviada para um hospital para ser observada.

No hospital, os médicos retiraram um saco, de cada uma das mamas, em forma de prótese e cheio de cocaína, com o peso de 1,3 quilos no total.

http://youtu.be/316xH6tgobQ

EASY feat Norah Jones
(Lyrics by A. Shankar , N. Jones

Its only love
Its only love
you know
How it feels
feelin is easy
I know

When I was young
When I was young
you know
it was real
My heart was open
but now
I know
I know

I know better

Ive been shown
the other side
and now I see the way
thing are

Its only love
Its only love
you know
how it feels
feelin is easy
I know
feelin is easy
I know
feelin is easy
I know….

=================================

BOA TARDE!!!

(vhs)

http://www.youtube.com/watch?v=ugIbmTKrcHc&feature=share&list=AL94UKMTqg-9CPjKgW3JloeIgXbY3Uiy0E

============================================

Aos 92 anos de idade, sem conseguir se recuperar de uma operação cardíaca, o músico indiano Ravi Shankar faleceu ontem(11) à noite, no hospital de San Diego, no sul da California.

Para além da sua música, Ravi Shankar era também célebre por ser pai da cantora de jazz Norah Jones e, como explica o jornalista português Ricardo Oliveira Duarte, por algumas das suas amizades famosas.

Nascido na cidade santa de Varanasi, na India, Ravi Shankar é para muitos, o homem que colocou a cítara no mapa mundo da música.

O ex-Beatle George Harrison chamou-lhe o “padrinho da World Music”, enquanto o violinista Yehudi Menuhin o apelidava de “Mozart da cítara”.

Com origem numa família de artistas, Ravi Shankar começou pela dança, tendo ido estudar para França aos 10 anos, na companhia de Uday.

Regressou depois à India, onde aprendeu a tocar cítara e aos 19 anos, dava o primeiro concerto. Em 1946, escreveu a banda sonora de dois aclamados filmes indianos: Children of the Earth e The City Bellow. Compôs ainda músicas para ballet e companhias de teatro. Nos anos 60, foi estudar Jazz e acabou a ensinar música indiana a John Coltrane e Don Ellis. Foi ganhados de vários prêmios, entre eles 4 Grammys.

(Com informações do portal europeu TSF )

=====================================

DEU NO TERRA MAGAZINE E NA TV GAZETA

Dilma e Lula decidem reagir à sucessão de denúncias

Sobre as denúncias de Marcos Valério, o ex-presidente Lula disse, em Paris: “É tudo mentira”.

Também em Paris, ao lado de François Hollande, presidente da França, a presidente Dilma Rousseff reagiu:

– Considero lamentáveis essas tentativas de desgastar a imagem do presidente Lula. Acho lamentável…

E completou:

– Todos sabem do meu respeito e da minha amizade pelo presidente Lula. Então, eu repudio todas as tentativas, e essa não seria a primeira vez, de tentar destituí-lo da imensa carga de respeito que o povo brasileiro lhe tem. Respeito porque o presidente Lula foi o presidente que desenvolveu o país e é responsável pela distribuição de renda mais expressiva dos últimos anos, pelo que fez internacionalmente, por sua extrema amizade pela África, por seu olhar para a América Latina e pelo estabelecimento de relações iguais com os países desenvolvidos do mundo…

Em Paris, Dilma e Lula decidiram, conjuntamente, reagir à sucessão de denúncias. Lula e seus assessores ainda avaliam de que forma, como, quando, onde e SE Lula fará ampla explanação do que pensa sobre a sequência de denúncias contra ele. Denúncias que se sucedem há quase quatro meses, de maneira ininterrupta.

Essa denúncia de Marcos Valério é a coisa mais fácil de ser apurada. Valério diz, por exemplo, que repassou R$ 100 mil para Freud Godoy, ex-assessor de Lula. Disse que tal quantia seria para pagamento de “despesas pessoais” do ex-presidente. Basta rastrear o dinheiro depositado. E checar o que Godoy pagou e para quem. Qualquer policial, qualquer procurador sabe qual é o ritual num caso como esse… se é que isso já não está sendo investigado pelo Ministério Público e/ou a Polícia Federal.

Quando corria o processo, anos atrás, o delegado Zampronha, da PF, insistiu para que Valério contasse o que tinha para contar. Ele, então, disse que não tinha mais nada a revelar. O mesmo disse à CPI e nos seus depoimentos à Justiça. Depois de condenado a 40 anos de cadeia, o que Valério quer e propõe é diminuir sua pena em troca de delação premiada.

Marcos Valério falou com a Procuradoria há quase três meses, no dia 24 de setembro. Se viu indícios suficientes, a Procuradoria teria que, de imediato, ter pedido investigação à Polícia Federal. Ou a própria Procuradoria teria que tocar a investigação, mesmo sem avisar à polícia.

Como já se passou tanto tempo desde o depoimento de Valério, é de se supor dois cenários: ou a Procuradoria e/ou polícia não viram indícios suficientes e não levaram o caso adiante, ou a investigação já está correndo em segredo de Justiça.

Um terceiro cenário é vazar o caso mesmo não existindo investigação. Vazado o caso, aí sim, a depender do barulho na mídia, iniciar-se uma investigação. Isso não é incomum. Basta lembrar a penúltima explosiva acusação.

Há 11 dias, em pleno “Caso Rose” (a ex-chefe de gabinete na Representação da Presidência da República em São Paulo), o deputado Garotinho (PMDB-RJ) fez uma denúncia. Denúncia com alarido, com repercussão viral nas redes sociais e em notas, cuidadosas, em jornais. Quem frequenta a Internet; Facebook, Twitter… e se liga em política, polícia ou fofocas, não teve como não ler ou, ao menos, receber essa denúncia.

Em resumo, segundo Garotinho, Rosemary Noronha, a Rose, teria levado 25 milhões de euros numa mala diplomática em uma viagem do ex-presidente Lula a Portugal. Dinheiro para ser depositado numa conta no Banco Espírito Santo, na cidade do Porto. Isso teria sido objeto de grampos telefônicos e estaria sendo investigado pela Polícia Federal, informou Garotinho.

Em depoimento no Congresso Nacional, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o diretor da Polícia Federal, Leandro Coimbra, não apenas negaram. Disseram que tal história era “inverossímil” e “fantasiosa”. Sem contar a mídia daqui e de lá, supõe-se que polícia e ministro falaram com autoridades de Portugal antes de desqualificar tão grave denúncia.

Pergunta: como é possível uma denúncia dessa gravidade não levar a nada? Se alguém, ilegalmente, depositou 25 milhões de euros (uns R$ 68 milhões) num banco em Portugal, os responsáveis já deveriam estar presos.

Mas se isso foi uma denúncia falsa, uma mentira como disseram no Congresso o ministro da Justiça e a Polícia Federal, quem pagará pelo crime? Ninguém?

Aguardemos o próximo capítulo.

dez
12
Posted on 12-12-2012
Filed Under (Charges) by vitor on 12-12-2012


=========================================
Amarildo, hoje, A Gazeta (ES)


Cachoeira: o quarto raio?

==========================================

OPINIÃO POLÍTICA

Atração fatal

Ivan de Carvalho

O conteúdo do depoimento prestado em 24 de setembro por Marcos Valério, considerado – ao lado do tesoureiro do PT, Delúbio Soares, o principal operador financeiro do esquema do Mensalão – ao Ministério Público Federal, vazou ontem, estrepitosamente. O jornal O Estado de São Paulo teve acesso ao documento, do qual publicou o essencial, sem esquecer, como convém a um jornal responsável, dos detalhes quase impensáveis, mas que constam do depoimento.

O país político foi incendiado. Em Paris, a presidente Dilma Rousseff, ao lado do presidente francês François Hollande, disse que não pretendia falar sobre o assunto fora do país, mas se sentiu instigada pelas denúncias (sic) a fazê-lo. Considerou “lamentável essas tentativas de desgastar a imagem do presidente Lula”, reiterando: “Acho lamentável”. Ao fim de seu discurso, Dilma obteve o aplauso de seus ministros e assessores presentes.

Dilma recebeu o socorro do presidente Hollande, que observou que Lula “tem na França uma imagem considerável”, de quem defendeu os “princípios da justiça e da igualdade” e conduziu o Brasil a um “desenvolvimento absolutamente excepcional”, completando: “Aqui o presidente Lula é visto como uma referência”.

O PT, no zeloso desempenho do seu dever partidário, derramou-se em contestações, desqualificações e desaforos direcionados a Marcos Valério e elogios endereçados a Lula. O leitor notará isso em todo o noticiário. Mas houve também o outro lado. O PSOL vai avaliar sobre um pedido de convocação de Marcos Valério para depor no Congresso. O presidente do PPS, deputado Roberto Freire, e o líder dessa legenda na Câmara, Rubens Bueno, cobraram a abertura imediata de inquérito pelo Ministério Público Federal para investigar a atuação do ex-presidente Lula “como verdadeiro chefe da quadrilha do Mensalão”. Freire lembrou que o PPS já apresentou, no início de novembro, o pedido à Procuradoria Geral da República. “Diante das declarações dadas ao Ministério Público, não resta outro caminho”, disse.

Mas isso é só o começo do cerco. O líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias, solicitou ontem à Procuradoria Geral da República cópia das declarações atribuídas a Marcos Valério e publicadas por O Estado de S. Paulo. Alegou o senador líder do PSDB na Câmara Alta que a matéria do jornal “traz novos elementos sobre o esquema de pagamentos a parlamentares, conhecido como Mensalão, e que ainda não constitui inquérito”. O procurador geral Roberto Gurgel ainda vai analisar o pedido do senador.

Há mais, porém. PSDB e DEM apresentaram requerimento conjunto na Comissão de Constituição e Justiça do Senado para que Marcos Valério seja convidado a depor na Casa. Os dois partidos declaram “extremamente graves” os novos fatos revelados no depoimento dele à PGR. Dizem os dois partidos: “São inúmeros novos fatos como, por exemplo, o de que o ex-presidente Lula teria atuado a fim de obter dinheiro da Portugal Telecom para o Partido dos Trabalhadores. Além disso, há afirmações do publicitário de que seus advogados são pagos pelo PT”, destacam o PSDB e o DEM, entre outras coisas.

Assinalei ontem aqui o ditado popular de que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar. E que, contrariando a sabedoria popular, no caso de Lula havia caído – o julgamento do processo do Mensalão, no qual não foi réu, mas colheu um péssimo resultado, e o Caso Rosemary. Aí vem o depoimento tardio de Marcos Valério e é o terceiro raio. Impressionante. Atração fatal.
Mas parece que não basta. Assim que deixou ontem à noite o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, Carlos Cachoeira afirmou que sua prisão é interesse do Partido dos Trabalhadores. “Eles sabem que sou o garganta profunda do PT”.

Comentários dispensáveis

Sobral, 26 de outubro de 1946, nasce Antônio Carlos Gomes Belchior Fontenelle Fernandes, ou simplesmente Belchior. Cantor, Compositor, pintor, desenhista, caricaturista e quase medico. Este cearense de sobral, filho de músicos amadores, foi bastante influenciado pelos cantores do rádio dos anos 50. Mais tarde trabalhou como programador de rádio e nos anos 60 participou de festivais de música no Nordeste, se aproximando de outros músicos cearenses como Fagner e Ednardo. Em 1971 mudou-se para o Rio de Janeiro, onde conheceu Sérgio Ricardo, que possibilitou a gravação de “Mucuripe”, sua parceria com Fagner.

Leia mais: http://www.opiniaodomau.com/2010/10/cardapio-musical-belchior.html
======================
BOA NOITE!!!

(vhs)

  • Arquivos

  • dezembro 2012
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31