dez
10
Postado em 10-12-2012
Arquivado em (Artigos) por vitor em 10-12-2012 10:37

===================================================

A AUSÊNCIA PRESENTE DE CLARICE

MARLON MARCOS

1977, em 09 de dezembro, na cidade do Rio de Janeiro, um dia antes de completar 57 anos, morria a escritora Clarice Lispector. Legado literário imensurável. Impressões profundas sobre a humanidade. Traços de um feminino que me acompanha, me fascina, me orienta, me comanda. Segredos revelados, ela, Clarice, foi e é a maior epifania artística da minha vida.

Eu sinto assim: “mas eu não sabia que se pode tudo, meu Deus!”, e rezo desacreditando no impossível. Reluto a partir desta escritura marcada em sombras e luz, cheia de vida.

35 anos de ausência presente no âmago da cultura brasileira. Retrato pintando paredes, discursos teatrais, oralidade política, rezas noturnas, textos acadêmicos, lágrimas no cinema, poema divino, à espera do beijo, encontro com o amor, doença, morte, continuação… Um livro a traz assim: “Sentia o mundo palpitar docemente em seu peito, doía-lhe o corpo como se nele suportasse a feminilidade de todas as mulheres”. Para mim, como se suportasse a humanidade de todos os humanos.

Clarice nunca morreu. Vívida naquelas palavras que furam a alma da gente. Em lições de vida que não amainaram a sua dor. Ela, dona da solidão total. Morreu para a vida de mito e artista que só faz se eternizar. Mito maculado, mas arrolado entre a sofisticação e a ignorância que perfila o nosso país.

Canto contando as horas e sonhando como literatura. A que me faz escapar de mim e da solidão, me reflete não sendo eu no meu eu mais profundo. Toco nela no livro que agora abro e pergunto onde deixar a minha Macabea… 35 anos do que se foi como completude, a obra, mas tendo muito a dizer.

Ardo de saudade e loto-me do que desaprendo para permanecer na delicadeza que me deixa amar e querer assim… Clariceanamente,
Iemanjá e Sagitário.

Marlon Marcos – um poeta em busca da poesia da antropologia.
Só sei do Mar que habita em mim.
http:// www.memoriasdomar.blogspot.com

Be Sociable, Share!

Comentários

Rita Poli on 12 setembro, 2016 at 23:01 #

Não morrem quem nos vivos vive! Carrego o coração da Clarice, carrego-o em meu coração!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2012
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31