dez
02

===================================

” Seila”, para abraçar Dezembro, com Chet Baker e Boto Brasilian Quartet, suave como a lua baiana…

(Gilson Nogueira)

dez
02
Posted on 02-12-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 02-12-2012


======================================
Traço de Migué

Boa noite, torcida trocolor!!!


Carta preciosa assinada por “Nap”

=============================================

Deu no “Público”, de Lisboa

Uma carta de Napoleão Bonaparte na qual o imperador francês anuncia a intenção de destruir o Kremlin, foi hoje vendida por 187.500 euros num leilão, nos arredores de Paris, anunciaram os organizadores.

A carta, que se encontra em código, partia de uma estimativa de 10.000 a 15.000 euros no leilão organizado pela Osenat, em Fontainebleau. O manuscrito suscitou um grande interesse junto dos coleccionadores internacionais, muitos deles russos.

O documento de Napoleão Bonaparte, no entanto, acabou por ser comprado pelo Museu de Cartas e Manuscritos de Paris.

“Vou fazer explodir o Kremlin no dia 22, às três da manhã”, escreveu Napoleão na missiva datada de 20 de Outubro de 1812, em plena campanha militar na Rússia.

Assinada “Nap”, e dirigida ao seu ministro dos Negócios Estrangeiros, Hugues-Bernard Maret, duque de Bassano, a carta foi redigida após o imperador ter deixado Moscovo em ruínas, retirando-se para os arredores da cidade.

Napoleão pedia também ao ministro para reunir os víveres disponíveis e os cavalos, que estavam a morrer por causa de uma vaga de frio siberiano, que atravessava, na altura, a região de Moscovo.

A ordem de destruição do Kremlin foi finalmente cumprida pelo marechal Mortier, que fez explodir as torres do palácio, mas estas foram rapidamente reconstruídas para repor a arquitectura original.

Neste leilão, porém, foi outro documento que atingiu o valor mais elevado da sessão – 375.000 euros, pagos também pelo museu parisiense -, uma outra carta de Napoleão, que partiu com uma estimativa de 60.000 a 80.000 euros.

O valor do manuscrito, com 310 páginas e ilustrado com 44 desenhos, acabou por atingir um recorde mundial para uma carta de Napoleão, segundo a leiloeira.

DEU NO PORTAL A TARDE ONLINE

O Bahia se livrou de vez do fantasma do rebaixamento e a angústia da torcida tricolor, enfim, acabou. O esquadrão derrotou o time do Atlético-GO por 1 a 0, na tarde deste domingo, 02, no estádio Serra Dourada, em Goiás, em jogo válido pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, e garantiu a permanência na primeira divisão do futebol nacional.

Com o triunfo, o 11º em 38 jogos disputados, o tricolor baiano fecha o campeonato na 15ª posição, com 47 pontos ganhos, dois a mais que a Portuguesa – que empatou em 0 a 0 com a Ponte Preta – e seis a mais que o time do Sport, que foi derrotado pelo rival Náutico por 1 a 0, nos Aflitos, e está rebaixado a Série B, se juntando a Palmeiras, Atlético-GO e Figueirense.
Atlético-GO 0 x 1 Bahia – 38ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO.
Data: domingo, 2 de dezembro.
Horário: 16h (horário da Bahia).

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa/RS).
Assistentes: Altemir Haussmann (Fifa/RS) e Tatiana de Freitas (CBF/RS).

Público: 2.358
Renda: R$ 14.245

Atlético-GO: Márcio; Marcos, Gustavo, Leonardo e Diego Giaretta; Dodó, Pituca, Mahatma Gandhi e Rayllan; Diogo Campos e Patric. Técnico: Jairo Campos.

Bahia: Marcelo Lomba; Neto, Lucas Fonseca, Titi e Jussandro; Fahel, Diones Hélder e Zé Roberto; Gabriel e Jones Carioca. Técnico: Jorginho.

dez
02


Queda do rei Juan Carlos em caçada
na África deixou sequelas

=============================================
DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE LISBOA

O Rei Juan Carlos, de Espanha, recebeu hoje alta hospitalar depois da operação no quadril a que foi submetido há dez dias, uma vez que completou de forma “muito satisfatória” a primeira fase de reabilitação, segundo oa médicos.

O médico Ángel Villamor, responsável pela intervenção cirúrgica, leu para os jornalistas a alta à porta do Hospital Quirón San José, Madrid, na qual se especifica que Juan Carlos “conseguiu praticamente a plena autonomia para os movimentos quotidianos”, depois da implantação de uma prótese .

Nas próximas semanas, o chefe de Estado deve continuar com as revisões pós-operatórias e o “protocolo habitual de recuperação intensiva”.

O rei de Espanha poderia ter tido alta na quarta-feira, uma vez que a sua evolução foi muito positiva desde o primeiro momento, mas o médico convenceu-o a ficar mais uns dias no hospital para continuar o programa de reabilitação, com sessões de manhã e de tarde.

Foi esta fisioterapia intensiva que lhe permitiu conseguir a “plena autonomia para os movimentos quotidianos”, explicou o médico.

http://youtu.be/q1jV96rYdL8

Dá-lhe Riachão!!! Honra e glória do bairro do Garcia, da Bahia, do Brasil e do Samba em qualquer lugar.

BOM DOMINGO!!!

(Vitor Hugo Soares)


Cidade engarrada:tormento diá dos soteropolitanos

==============================================

DEU NA FOLHA

NELSON BARROS NETO

DE SALVADOR

Primeira capital e terceira maior cidade do Brasil, Salvador vive hoje uma disputa entre passado e presente.
Nessa competição, o lugar de cultura e natureza exuberantes, referência nacional de alegria, perde cada vez mais terreno para uma cidade engarrafada, suja e violenta.

Problemas afloram dos bairros de alto padrão à periferia da cidade.
Em dez pontos turísticos visitados pela reportagem, a reclamação das pessoas era constante.
Os diagnósticos ecoavam a análise do antropólogo Roberto Albergaria: a terra romanceada por Jorge Amado e cantada por Dorival Caymmi “está morrendo”.
O escritor Antônio Risério também lamenta o novo pessimismo soteropolitano.

“Essa postura é recente. Por muito tempo, Salvador ocupou lugar e função de mito no imaginário nacional. As pessoas celebravam isso em termos bem narcisistas. Tinha história, beleza urbana e natural”, diz Risério.
O prefeito João Henrique (PP) tem a maior rejeição entre os gestores das capitais (75%), conforme pesquisa Ibope de outubro.

Ele reconhece as mazelas, mas diz que pesquisas são “induzidas” e que é “cultural” culpar o prefeito.

“Pegue grandes expoentes da administração e bote aqui. Quero ver um Beto Richa, um Aécio Neves gerir uma cidade com a penúltima receita per capita das 26 capitais.”

Os soteropolitanos e os turistas reclamam: praias estão cada vez mais sombreadas por causa de prédios.

Junto com a especulação imobiliária e problemas no trânsito, o número de homicídios supera o de São Paulo.

No Pelourinho, adolescentes são flagrados fumando crack à luz do dia, entre casarões em risco de desabar.

Visitantes fogem p

dez
02
Posted on 02-12-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 02-12-2012


=====================================
Jader, hoje, no jorna O Correio (RS)

  • Arquivos

  • dezembro 2012
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31