Ideia original da TB como proposta
para a âma de Salvador

====================================

Tempo de esperança

Gilson Nogueira

Para o bem de minha saúde física e mental, havia-me prometido não mais falar de Salvador, a cidade onde nasci. O seu completo estado de abandono leva-me a pensar que o orgulho de ser baiano não passa de um apelo publicitário na parede da farmácia.

Apesar disso, resisto, com a força da fé no Senhor do Bonfim e a velha esperança, remédio genérico gratuito, sem contra indicações, indispensável para o dia a dia da população da capital do berimbau e, agora, diante do seu estado deplorável, do Abandono, isso, com A maiúsculo.

Salvador geme, silenciosamente, na unidade de emergência do tempo, “compositor de destinos, tambor de todos os ritmos”, como define o genial Caetano em sua Oração ao Tempo.

Ao sair de casa, não consigo sorrir na janela do ônibus, ao ver minha terra arrasada pela incompetência dos poderes públicos. Ontem, não foi diferente. Entre a estupefação, ao constatar a construção da nova Fonte Nova, em ritmo de “ Dança do Fogo”, e a melancolia, por avistar, da Caixa D`Água até a Vasco da Gama, o mato e o lixo lado a lado com o povo, ao som de uma sirene distante, lembrei-me do seguinte:

Na década de 1970, aos sábados, pela manhã, a Tribuna da Bahia enchia de repórteres sua Kombi de entrega de jornal e os colocava em bairros de Salvador, com o propósito de levantar, ao vivo, carências urbanas e queixas das comunidades, objetivando transformá-las em matérias jornalísticas.
Dessa forma, contribuia, e ainda colabora, o jornal, para o diagnóstico dos problemas da cidade, através da denúncia contundente, visando à ação da Prefeitura Municipal de Salvador.Da morte de um morador por leptospirose, doença provocada pela urina do rato, à água empoçada da rua sem calçamento, falta de escola municipal para o filho do trabalhador e carência de transporte público, a cidade ficava ciente, através da apuração meticulosa daqueles jovens e desassombrados repórteres.

Hoje, a idéia do Sr. Redator: poderia ser copiada pelos novos integrantes da Câmara de Vereadores que assumirão em 2013. Seria bem -vinda a chegada deles, em uma Kombi, de preferência, para conversar com os moradores dos bairros centrais e da periferia da Cidade da Bahia.

Agindo assim, indo para a rua, como faz o bom repórter, eles irão sentir, de perto, os problemas de quem convive com o cheiro de esgoto e as promessas que envelheceram por não terem sido cumpridas. Salvador pode ser salva, ACM Neto!

Gilson Nogueira é jornalistas, colaborador da primeira hora do BP

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2012
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930