Muniz Sodré: um mestre, de verdade,
fala na Facom-UFBA

==================================================

DEU NO UFBA EM PAUTA


O Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas da UFBA (PósCom), na Faculdade de Comunicação, realiza no dia 26 de novembro a conferência de abertura de seu semestre 2012.2, intitulada “O campo científico da comunicação”, a ser proferida pelo Prof. Muniz Sodré, no ano em que ele completa 70 anos. Como atividade de abertura, o PósCom homenageia o ilustre professor por meio da fala de dois de seus docentes, os professores André Lemos e Wilson Gomes. O local é o auditório da Faculdade de Comunicação da UFBA (Campus de Ondina), a partir das 19h, com transmissão ao vivo – link a ser divulgado no site do PósCom (http://www.poscom.ufba.br/).

Poliglota, Muniz Sodré é um dos mais importantes e respeitados intelectuais brasileiros, tendo se dedicado a pensar como poucos o campo da comunicação e da cultura dos media no Brasil. Baiano de São Gonçalo dos Campos, Sodré se formou em direito em 1964 pela Universidade Federal da Bahia, fez mestrado em Sociologia da Informação e Comunicação na Université de Paris IV (Sorbonne) em 1967 e doutorado em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1978). É Livre-Docente em Comunicação pela UFRJ e Professor Emérito da Universidade Federal do Rio de Janeiro, foi Presidente da Fundação Biblioteca Nacional de 2005 a 2011.

Intelectual versátil, possui mais de 30 livros nas áreas de Comunicação e Cultura, centenas de ensaios e artigos publicados em revistas acadêmicas e jornais, bem como livros de ficção. Proferiu conferências e ministrou cursos em universidades da Europa, Estados Unidos e da América Latina. Como professor foi responsável pela formação de toda uma geração de excelentes pesquisadores no campo da comunicação. Alguns de seus livros são referência na área, como Monopólio da Fala e Comunicação do Grotesco. Seus últimos livros publicados são “Reinventando a educação – diversidade, descolonização e redes”, de 2012, Editora Vozes, e “A Narração do Fato – Notas para uma teoria do acontecimento”, de 2009, pela mesma editora. Seus últimos artigos são “Comunicação: um campo em apuros teóricos”, de 2012 publicado na revista Matrizes (USP), “O Real Espaço do Livro”, de 2012, no livro “Paradigmas Brasileiros em Ciências da Comunicação”, da INTERCOM, 2012, “A cor como patrimônio ou defeito”, de 2012, no livro “Território Livre da Democracia – Os novos debates do Teatro casa Grande”, da Editora Jardim Objeto, e “Informação e boato na rede”, no livro de 2011 “Jornalismo_Contemporâneo: figurações, impasses e perspectivas”, publicado pela Editora da Universidade Federal da Bahia.

(Bahia em Pauta agradece à jornalista Dalva Santos pela dica, via Twitter)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2012
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930