DEU NA UOL

Pelo segundo ano consecutivo, a Folha venceu o Grande Prêmio Esso de Jornalismo, a principal premiação do gênero no Brasil.

As reportagens sobre a atuação e a queda do ex-presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) Ricardo Teixeira ganharam o prêmio de 2012. A série “O jogo suspeito e a queda de Ricardo Teixeira” foi produzida pelos jornalistas Filipe Coutinho, Julio Wiziack, Leandro Colon, Rodrigo Mattos e Sérgio Rangel.

O resultado do Prêmio Esso foi divulgado nesta segunda-feira. Ao todo, 20 reportagens foram publicadas pela Folha entre os dias 15 de fevereiro e 5 de junho.

Após 23 anos comandando a CBF, Teixeira deixou o cargo em março deste ano, em meio às reportagens da Folha, por pressão do governo federal e da cúpula da Fifa. As reportagens mostraram a ligação de Teixeira com a Ailanto Marketing, empresa acusada de desvio de dinheiro público num amistoso entre Brasil e Portugal, em 2008, no Distrito Federal.

Em 2012 foram avaliados 1.302 trabalhos. Desse total, 70 foram escolhidos pelos 38 jurados para integrar a lista de finalistas.

No ano passado, a Folha já havia conquistado o Grande Prêmio Esso com a série de reportagens sobre o enriquecimento do então ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, produzida pelos jornalistas Andreza Matais, José Ernesto Credendio e Catia Seabra. O escândalo culminou na queda de Palocci.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2012
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930