=======================================

DEU NO BLOG DO ZÉ . Mensagem do ex-ministro e ex-deputado José Dirceu, sobre a sentença de 10 anos e 10 meses de prisão que lhe foi aplicada hoje pelo STF por crime de formação de quadrilha e corrupção ativa.

INJUSTA SENTENÇA

“Dediquei minha vida ao Brasil, à luta pela democracia e ao PT. Na ditadura, quando nos opusemos colocando em risco a própria vida, fui preso e condenado. Banido do país, tive minha nacionalidade cassada, mas continuei lutando e voltei ao país clandestinamente para manter nossa luta. Reconquistada a democracia, nunca fui investigado ou processado. Entrei e saí do governo sem patrimônio. Nunca pratiquei nenhum ato ilícito ou ilegal como dirigente do PT, parlamentar ou ministro de Estado. Fui cassado pela Câmara dos Deputados e, agora, condenado pelo Supremo Tribunal Federal sem provas porque sou inocente.

A pena de 10 anos e 10 meses que a suprema corte me impôs só agrava a infâmia e a ignomínia de todo esse processo, que recorreu a recursos jurídicos que violam abertamente nossa Constituição e o Estado Democrático de Direito, como a teoria do domínio do fato, a condenação sem ato de ofício, o desprezo à presunção de inocência e o abandono de jurisprudência que beneficia os réus.

Um julgamento realizado sob a pressão da mídia e marcado para coincidir com o período eleitoral na vã esperança de derrotar o PT e seus candidatos. Um julgamento que ainda não acabou. Não só porque temos o direito aos recursos previstos na legislação, mas também porque temos o direito sagrado de provar nossa inocência.

Não me calarei e não me conformo com a injusta sentença que me foi imposta. Vou lutar mesmo cumprindo pena. Devo isso a todos os que acreditaram e ao meu lado lutaram nos últimos 45 anos, me apoiaram e foram solidários nesses últimos duros anos na certeza de minha inocência e na comunhão dos mesmos ideais e sonhos.

José Dirceu

=================================


DEU NO ESTADÃO

Eduardo Bresciani e Ricardo Brito

BRASÍLIA – O Supremo Tribunal Federal (STF) condenou o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu a 10 anos e 10 meses de prisão pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção ativa. Com isso, Dirceu terá de iniciar o cumprimento de pena em regime fechado, o que ocorre quando a punição é superior a 8 anos.

Dirceu foi condenado a 2 anos e 11 meses por formação de quadrilha e de 7 anos e 11 meses por corrupção ativa por ter atuado na compra de apoio político no Congresso Nacional. Também foi aplicada a sanção de 260 dias-multa, o que supera os R$ 600 mil.

O relator afirmou que o ex-ministro se valeu do cargo para praticar os crimes e que sua atuação foi contrária a princípios democráticos. “Foi um crime de lesão gravíssima à democracia, que se caracteriza pelo diálogo e opiniões divergentes dos representantes eleitos pelo povo. Foi esse diálogo que o réu quis suprimir pelo pagamento de vultosas quantias em espécie a líderes e presidentes de partidos”.

Barbosa afirmou que a ação de Dirceu “colocou em risco a independência dos poderes”. “Restaram diminuídos e enxovalhados pilares importantíssimos de nossa sociedade”, afirmou o relator.

No crime de quadrilha, todos os seis ministros que condenaram apoiaram a pena sugerida por Barbosa. No caso da corrupção ativa foram oito os ministros que comendaram e apenas dois, Cármen Lúcia e Marco Aurélio Mello, sugeriram punições mais baixas.

===========================

QUASE SETE ANOS PARA GENOINO

O Supremo Tribunal Federal (STF) fixou a pena do ex-presidente do PT José Genoino em 6 anos e 11 meses de prisão: 2 anos e 3 meses pelo crime de formação de quadrilha e 4 anos e 8 meses por corrupção ativa no episódio de compra de votos de parlamentares. A pena ainda é provisória, mas, se a somatória for mantida, Genoino deve cumprir a pena em regime semi-aberto. A dosimetria definitiva e o regime de cumprimento serão decididos no final do julgamento.

Genoino era presidente do PT à época do escândalo de desvio de dinheiro público para compra de apoio político ao governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no rto

A sessão desta segunda-feira do julgamento do mensalão teve novo bate-boca entra o relator Joaquim Barbosa e o revisor Ricardo Lewandowski . Barbosa inverteu a pauta e em vez de iniciar a dosimetria do núcleo financeiro, como havia dito na semana passada, deu início à definição da pena do ex-ministro José Dirceu e do núcleo político.

A inversão surpreendeu Lewandowski, que reclamou da falta de transparência de Barbosa.

“Vossa Excelência toda hora traz uma surpresa. Está surpreendendo a Corte e a todo mundo”, disse o revisor. Barbosa reagiu: “A surpresa que está havendo é a lentidão, esse joguinho. Lewandowski reclamou da insinuação. Barbosa acusou o colega de obstruir o julgamento para tentar atrasá-lo. “Eu é que estou surpreendido com a ação de obstrução de Vossa Excelência. Leu até artigo de jornal”, disse o relator.
(Com informações do IG)

nov
12
Posted on 12-11-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 12-11-2012

————————————————-

==========================

Deu no Jornal do Brasil

Morreu nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro, aos 90 anos, o ex-mestre-sala Delegado, símbolo da Estação Primeira de Mangueira.

Hélio Laurindo da Silva, apelidado de Delegado pela habilidade que tinha para conquistar as mulheres, na época de juventude, era presidente de honra da verde e rosa desde a morte de Jamelão. Ele estava internado no CTI da Clínica Santa Branca, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. A família ainda não divulgou os detalhes sobre as causas da morte e nem sobre o velório.

A Mangueira confirmou a morte de Mestre Delegado. Em nota, o presidente da agremiação, Ivo Meirelles, lamentou a morte do sambista: “Estou muito triste e abalado com a notícia que acabo de receber… Lamento, profundamente, informar que acaba de falecer o maior mestre sala de todos os tempos e nosso presidente de honra, Mestre Delegado. Que Deus possa receber em paz a alma deste que, pra mim, foi o mais mangueirense dentre todos os mangueirenses… Amém”


Marta:”O Brasil em Lisboa, além das novelas”
Imagem:Reuters/Público

===========================

Deu no jornal português PÚBLICO

A ministra da Cultura do Brasil, Marta Suplicy, estará em Lisboa na próxima sexta-feira para inaugurar o Espaço Brasil, que abre ao público na Lx Factory, em Alcântara, e pretende ser o centro cultural do Brasil contemporâneo em Lisboa.

Além da inauguração da exposição O Brasil na Arte Popular: Acervo do Museu Casa do Pontal está marcado para o dia um concerto da fadista Mariza e o espectáculo O Baile do Simonal, de Wilson Simoninha (filho do famoso cantor Wilson Simonal) e de Max de Castro.

Até 10 de Junho de 2013 estão previstos neste espaço, que faz parte do programa do Ano do Brasil em Portugal, concertos, exposições, palestras e workshops. “Há um desconhecimento muito grande por parte dos brasileiros, em todas as áreas, do Portugal contemporâneo. Por outro lado, a nossa grande diversidade musical também não ecoa em terras lusitanas. Ou seja, há vários exemplos de um Portugal novo, diferente das ‘caravelas do nosso imaginário’. E também precisamos levar para o outro lado do oceano o Brasil que não é só o das novelas”, afirma Antonio Grassi, o comissário-geral do Ano do Brasil em Portugal e Presidente da Funarte, no comunicado de imprensa.

A Roda de Choro de Lisboa, uma formação de músicos portugueses, franceses e brasileiros passará a atuar no Espaço Brasil todas as quintas-feiras, interpretando música de Pixinguinha, Jacob do Bandolim e Waldyr Azevedo. No sábado, 17, e no domingo, 18 de Novembro, O Baile do Simonal volta ao palco do Espaço Brasil. Até ao final de Dezembro, haverá espectáculos de Moraes Moreira e Davi Moraes com Acabou Chorare (23 e 24 de Novembro); Banda Black Rio (30 de Novembro e 1 de Dezembro), Fernando Caruso & Amigos (7, 8 e 9 de Dezembro), André Abujamra (14 e 15 Dezembro) e Chico César (21 e 22 Dezembro).

O Espaço Brasil abre com uma sala de espectáculos, galeria, bares, terraço e no futuro terá ainda um cineclube. Está aberto ao público de quinta-feira a domingo, das 14h às 19h a entrada é gratuita – a partir das 20h, a entrada passa a ser paga para se assistir aos espectáculos.


Gabinete da Presidência confirma presença
de Dilma na posse de Joaquim Barbosa

============================

COM INFORMAÇÕES DA AGÊNCIA BRASIL

A pouco mais de uma semana da cerimônia de posse de Joaquim Barbosa como novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro foi hoje (12) ao Palácio do Planalto para convidar pessoalmente a presidenta Dilma Rousseff para a solenidade no dia 22. A assessoria de imprensa da

Presidência informou que Dilma comparecerá à solenidade. Tradicionalmente, a cerimônia de posse na Corte Suprema marca o encontro dos presidentes dos Três Poderes – Executivo, Judiciário e Legislativo.

Antes da cerimônia de posse, o ministro-relator da Ação Penal 470, o processo do mensalão, assume interinamente a função no dia 19, devido à aposentadoria do atual presidente da Corte, Carlos Ayres Britto, que completa 70 anos.

Inicialmente, houve dúvidas se a presidenta compareceria à posse de Barbosa já que ela viaja no próximo dia 15 para a Espanha e deve retornar apenas no dia 20, às vésperas da solenidade.

Barbosa, 58 anos, cumprirá dois anos de mandato como presidente do STF. A eleição do presidente da Corte ocorre por meio de um sistema de rodízio entre os integrantes da instituição, permitindo a alternância do poder. O vice-presidente na gestão de Barbosa e o próximo na linha de sucessão à presidência do Supremo será o ministro-revisor do processo do mensalão, Ricardo Lewandowski.

Joaquim Barbosa será o primeiro presidente negro da Corte Suprema. Indicado para a instituição em 2003 pelo então presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, Barbosa tem uma trajetória de vida que demonstra esforços pessoais e determinação.

Filho de dona de casa e pedreiro, nascido em Paracatu (Minas Gerais), ele ajudou o pai, foi oficial de chancelaria, professor universitário e procurador do Ministério Público Federal. Fez doutorado na França e mestrado na Universidade de Brasília (UnB).

Barbosa é fluente em francês, inglês, alemão e italiano. Ao ser sorteado relator do processo do mensalão passou a chamar a atenção do público por sua postura determinada e destemida. Em geral, participa das sessões na Corte Suprema em pé ou em movimento constante devido a inflamações na coluna.

DEU NA UOL

Pelo segundo ano consecutivo, a Folha venceu o Grande Prêmio Esso de Jornalismo, a principal premiação do gênero no Brasil.

As reportagens sobre a atuação e a queda do ex-presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) Ricardo Teixeira ganharam o prêmio de 2012. A série “O jogo suspeito e a queda de Ricardo Teixeira” foi produzida pelos jornalistas Filipe Coutinho, Julio Wiziack, Leandro Colon, Rodrigo Mattos e Sérgio Rangel.

O resultado do Prêmio Esso foi divulgado nesta segunda-feira. Ao todo, 20 reportagens foram publicadas pela Folha entre os dias 15 de fevereiro e 5 de junho.

Após 23 anos comandando a CBF, Teixeira deixou o cargo em março deste ano, em meio às reportagens da Folha, por pressão do governo federal e da cúpula da Fifa. As reportagens mostraram a ligação de Teixeira com a Ailanto Marketing, empresa acusada de desvio de dinheiro público num amistoso entre Brasil e Portugal, em 2008, no Distrito Federal.

Em 2012 foram avaliados 1.302 trabalhos. Desse total, 70 foram escolhidos pelos 38 jurados para integrar a lista de finalistas.

No ano passado, a Folha já havia conquistado o Grande Prêmio Esso com a série de reportagens sobre o enriquecimento do então ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, produzida pelos jornalistas Andreza Matais, José Ernesto Credendio e Catia Seabra. O escândalo culminou na queda de Palocci.


Marcos Paulo:dois ingredientes de risco

================================

DEU NO G1

Tadeu Meniconi

Do G1, em São Paulo

A embolia pulmonar, doença que matou o ator e diretor Marcos Paulo, “é uma das principais emergências médicas”, segundo médicos ouvidos pelo G1. O artista, que morreu na noite de domingo (11), acumulou dois fatores de risco – o histórico de câncer e uma longa viagem de avião.

Embora o nome remeta para os pulmões, a embolia atinge, na verdade, as veias que levam o sangue até o órgão. “Os pulmões são o grande filtro da circulação venosa”, explicou o cirurgião vascular Francisco Osse, diretor do Centro Endovascular de São Paulo.

O sangue que vem das células de todo o corpo passa pelo pulmão para receber oxigênio – transformando-se de sangue venoso para sangue. De lá, ele vai para o coração e é bombeado para todo o corpo novamente.

As veias de várias partes do corpo acumulam coágulos, que é quando plaquetas se acumulam e formam uma estrutura maior. A embolia acontece quando um coágulo entope a veia e obstrui a chegada do sangue ao pulmão – um fenômeno parecido com o que acontece nas artérias do coração, no infarto, ou do cérebro, no acidente vascular cerebral (AVC). É, portanto, um evento que surge de repente e pode ser fulminante.

Segundo Osse, a “esmagadora maioria” dos casos de embolia tem origem em uma trombose nas pernas. “Trombose é a formação de um coágulo dentro de uma veia. É mais comum nas pernas, mas pode ser em qualquer lugar do corpo”, afirmou.

Câncer

O câncer pode ser um fator de risco para a formação de coágulos, pois as células cancerosas liberam fragmentos de substâncias na circulação, e eles podem se acumular. Marcos Paulo foi diagnosticado com um tumor no esôfago em maio de 2011 e já tinha passado por tratamento para a doença.

Caso o paciente faça quimioterapia – o que não foi o caso de Marcos Paulo –, o risco cresce, pois o tratamento agressivo aplicado direto nas veias agride a parede dos vasos sanguíneos.

‘Trombose do viajante’

Uma origem comum para a formação dos coágulos são as longas viagens de avião, no que constitui a “trombose do viajante”. “Qualquer voo com mais de quatro horas aumenta em cinco vezes o risco de uma trombose em uma pessoa normal”, disse o cirurgião vascular.

Quando uma pessoa passa muito tempo sem andar – ou, principalmente, sem ativar o músculo da panturrilha – a circulação da perna fica comprometida e o sangue tende a coagular. Além disso, o ar seco do ar condicionado faz com que o organismo perca líquido e o sangue fique mais espesso, o que também aumenta a coagulação. O avião reúne essas duas condições. Na manhã de domingo, Marcos Paulo voou de Manaus para o Rio de Janeiro.

Para evitar o problema, os médicos recomendam que os passageiros sempre procurem fazer caminhadas dentro do avião para exercitar a panturrilha. Contra a desidratação, a dica é beber bastante água e evitar bebidas alcoólicas.

O câncer e a falta de movimentação nas pernas estão entre os principais fatores de risco, mas não são os únicos. “Tudo que facilite a coagulação do sangue aumenta o risco”, apontou Roberto Stirpulov, presidente da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia e professor da Santa Casa de São Paulo.

Entre os fatores mais comuns, o médico citou o tabagismo e o uso da pílula anticoncepcional.

Tratamento

O pneumologista definiu a doença como “uma situação potencialmente fatal”. “O embolismo [outro termo usado para a embolia] pulmonar é uma das principais emergências médicas. A única coisa a ser feita é ir logo para o hospital”, afirmou.

O principal sintoma é um quadro agudo de falta de ar, geralmente acompanhado de fortes dores no peito. Em algumas ocasiões, o paciente pode ter tosse com sangue no escarro.

No entanto, o tratamento de emergência, feito com medicamentos anticoagulantes, tem sucesso em 95% dos casos, segundo o especialista.

Para ler mais notícias do Bem Estar, clique em g1.globo.com/bemestar/. Siga também o Bem Estar no Facebook.


Tuna Eapinheira, o diretor
=================================


Othon Bastos, em Cascalho

===============================

De André Setaro, crítico e professor de cinema da Faculdade de Comunicação da UFBA, publicado originalmente no Setaro`s Blog

Anote e não esqueça, que o programa é opção cultural da melhor qualidade e bom gosto para esta segun-feira, 12, em Salvador:o filme Cascalho, de Tuna Espinheira, será exibido às 18 horas, no Espaço Itaú Glauber Rocha, Praça Castro Alves, dentro da programação do Cine Futuro. Outros filmes baianos também serão exibidos logo mais.

A propaganda é a alma do negócio, distribuir um filme é uma dura questão negocial, é preciso propagar/divulgar, e, neste caso fala mais alto o vil metal. O cinema jamais teve vocação para a clandestinidade. A arte do filme, em termos de vida e morte, necessita do aconchego da luminosa tela grande do escurinho do cinema e do seu distinto público. Apartado desta circunstância o ar fica rarefeito. É uma falácia a classificação de filmes de público e aqueles sem. Toda obra cinematográfica, (ressalvando a sua qualidade técnica/estética , de nível aceitável), nunca ficaria clamando no deserto por falta de espectadores.

Gosto não se discute, mas tem gente prá tudo. Violência, sexo explicito, dramalhão, segundo os esfarrapados comentaristas dizem, é o que o povo quer.
O imperialismo da indústria cinematográfica americana chega a ocupar a quase totalidade das salas exibidoras da terrinha, quando dos seus grandes lançamentos. O país expõe suas veias abertas, com um sorriso escancarado! Ser colonizado é isto aí!

Lançar um filme, adentrar no mercado, é a hora e a vez de um número reduzido de filmes nacionais, motivo: custa muito caro.

Somos um povo sem Livrarias, Educação, Saúde, Desdentados, Descamisados, gado humano detentor da sexta economia mundial, segundo a classificação dos países ricos.

Muito semelhantes aos Cartolas do futebol, o cinema tupiniquim, também tem os seus, que decidem quais os filmes o povo quer ver. Vale não se perder de vista que todas as produções, incluindo aqui as chamadas independente e aqueloutras cheias de grana, no que diz respeito à produção e a distribuição, são dependentes do dinheiro público, jorrado das famigeradas Lei de Incentivo, e aqueles mesmos citados (os Cartolas) são os donos da bola e fazem girar a roleta, acintosamente viciada…

Urdi estes dois dedos de prosa para contraditar crítica azeda dos que falam mal da agônica briga de foice ente filmes nacionais e mercado. O espaço é curto, mas é sempre bom lembrar que, neste assunto, o buraco é muito mais embaixo…

nov
12
Posted on 12-11-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 12-11-2012


====================================
Mario, hoje, no jornal Tribuna de Minas (MG)

Pages: 1 2

  • Arquivos

  • novembro 2012
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930