=====================================

Deu na coluna de Ancelmo.com, em O Globo

Presidente do TJ: ‘Não posso falar mais baianada?’

Quando a autoridade se revolta contra o politicamente correto. No almoço do Lide no Copacabana Place em homenagem a Sérgio Cabral, ontem, o presidente do TJ do Rio, desembargador Manoel Alberto Rebêlo dos Santos manifestou revolta por ouvir toda hora tratarem Dilma como presidenta.

– Essa história de presidenta é exagero desta turma do politicamente correto. É presidente Dilma. Temos que parar com isso, eu, por exemplo, não posso mais usar o termo baianada quando alguém faz uma bobagem? Acho isso uma besteira.

O público do recinto, na grande maioria empresários, fico em silêncio constrangedor…


Tuna, diretor de Cascalho: cópia
profissional no Cine Futuro
======================================

DICAS DE MARIA OLÍVIA SOARES PARA O BP

Mostra de filmes baianos na programação do VIII Seminário Internacional de Cinema e Audiovisual – Cine Futuro. Os filmes serão exibidos na Sala 4 do Itaú Cultural – Glauber Rocha, Praça Castro Alves, em Salvador. Confira dia e horário e coloque na agenda:

ANTONIO CONSELHEIRO – O TAUMATURGO DOS SERTÕES de José Walter Lima, Brasil, 2012, 86min – 10 de novembro, sábado, às 18h

O filme retrata um acontecimento social de grande importância na história do Brasil: a guerra de Canudos e o massacre de mais de 25 mil pessoas que resistiram a três batalhas com o exército republicano antes de serem derrotados. Para tanto, a narrativa acompanha a saga de Antônio Conselheiro combinando documentário, ficção e animação numa produção que valoriza elementos poéticos, reflexivos e imagéticos.

CASCALHO – Tuna Espinheira, Brasil, 2004, 104min – 12 de novembro, segunda-feira, às 18h

Coronéis, garimpeiros e civis comuns, todos motivados pela ambição, vão para Chapada Diamantina, na busca desenfreada para enriquecerem com os minérios do local, na década de 30. Com muitas brigas e muito esforço, contando sempre com a sorte, eles conseguiam pequenas fortunas que rapidamente eram gastas em prazeres passageiros e gastos descontrolados. No elenco, Harildo Deda, Othon Bastos, Lúcio Tranchesi, Irving São Paulo e muito mais.

BAHÊA MINHA VIDA de Marcelo Cavalcanti, Brasil, Documentário, 2011, 100min – 14 de novembro, quarta-feira, às 18h

BAHÊA MINHA VIDA é um filme, longa metragem, sobre a paixão da torcida do Esporte Clube Bahia, sobre sonhos e vida, muita vida, expressa em alegrias e lágrimas, em gritos
e silêncios, em desencantos e euforias. Uma verdadeira homenagem à nação tricolor. A
grande questão é o porquê de tanto amor. Existe explicação?

FILHOS DE JOÃO de Henrique Dantas, Brasil, Documentário, 2009, 76min – 11 de novembro, domingo, às 18h

O documentário Filhos de João, O Admirável Mundo Novo Baiano conta a história do grupo musical Novos Baianos. O filme se concentra em um dos períodos mais férteis e efervescentes da produção musical brasileira – final da década de 1960 – época em que o grupo eclodiu.
Foi neste período que João Gilberto, recém chegado dos Estados Unidos, começou a conviver com os Novos Baianos, tornando-se uma espécie de guru.. Com extrema sensibilidade, e absoluta despretenção, transformou a mentalidade daqueles jovens irreverentes e mudou o rumo da MPB.

JARDIM DAS FOLHAS SAGRADAS de Pola Ribeiro, Brasil, 2011, 90min – 9 de novembro, hoje, às 18h

Jardim das Folhas Sagradas é um longa de ficção construído a partir de Bonfim, um bancário bem sucedido, negro e bissexual, casado com uma mulher branca e de crença evangélica. Ele vive na Salvador contemporânea e recebe a incumbência de montar um terreiro de candomblé no espaço urbano. Para isto, enfrentará a especulação imobiliária numa cidade de crescimento vertiginoso, o preconceito racial e a intolerância religiosa. Este homem, embora questione a tradição da própria religião, tem a missão de montar um ambiente sagrado e de respeito à natureza, superando as contradições e conflitos trazidos pela modernidade.

O HOMEM QUE NÃO DORMIA de Edgar Navarro, ficção, 2011, 100min – 13 de novembro, terça-feira, às 18h

Numa mesma noite, cinco pessoas de uma cidadezinha do interior são acometidas por um mesmo pesadelo envolvendo um homem sinistro e um tesouro enterrado. Com a chegada de um misterioso peregrino, o vilarejo é arrebatado da rotina medíocre e os personagens são lançados num vórtice de acontecimentos insólitos. Será assim que cada um terá sua verdade trazida à luz e se libertará do jugo perverso das hipocrisias, medos e doenças, assumindo as rédeas de seus destinos e reescrevendo suas vidas.

DEU NA TRIBUNA DA BAHIA

Lilian Machado

Menos de um mês após ter participado na capital baiana da campanha petista, na corrida à prefeitura de Salvador, a presidente Dilma Rousseff (PT) desembarca nesta sexta-feira, em solo baiano, com dois objetivos: inaugurar no interior do estado, município de Malhada, oeste da Bahia, a primeira etapa da Adutora do Algodão, que inclui o sistema integrado de abastecimento de água de Guanambi, e também debater estratégias de solução da seca com governadores da região na 16ª reunião do Conselho Deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), evento na capital baiana. A estiagem na região Nordeste é uma das questões que mais têm preocupado os gestores, e a perspectiva é de que neste encontro sejam assinados convênios para obras preventivas. O evento com os governadores do Nordeste acontece a partir das 15h, no Hotel Deville, no bairro de Itapuã, em Salvador. A abertura do evento deve ser feita pela própria presidente Dilma, que fará um pronunciamento, além do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, e do governador Jaques Wagner (PT), que será o anfitrião.

Leia mais sobre este assunto na Tribuna da Bahia

nov
09
Posted on 09-11-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 09-11-2012

==================================

DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE PORTUGAL

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, emocionou-se e chorou no discurso de agradecimento aos voluntários que o apoiaram durante a campanha eleitoral, na sede da campanha, em Chicago, nos Estados Unidos.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama emocionou-se durante o discurso de agradecimento, em Chicago – sede da sua campanha -, aos voluntários que “com trabalho e empenho” o apoiaram durante a campanha eleitoral para as eleições presidenciais. Obama recordou ainda os ideais da sua juventude em Chicago quando trabalhava num grupo católico para ajudar as pessoas dos bairros mais pobres.

O discurso de Obama durou apenas cinco minutos, mas a sua voz quebrou-se várias vezes durante as palavras de agradecimento. No final limpou as lágrimas, como já havia feito, na segunda-feira passada, no último ato de campanha quando pediu o voto aos eleitores.

O presidente emocionou-se ao dizer aos voluntários o quanto estava orgulhoso deles, e que o seu trabalho tinha valido a pena. “Estou certo que farei coisas maravilhosas em vossas vidas”, disse Obama, não conseguindo segurar as lágrimas recebidas com aplausos.

=====================================

OPINIÃO POLÍTICA

Os helicópteros do Samu

Ivan de Carvalho

Uma Indicação de um deputado na maioria das vezes não produz resultado algum, salvo alguma simpatia do setor social, instituição ou comunidade local que procura favorecer. A Indicação é uma sugestão ou recomendação formal, feita por deputado, escrita, dirigida normalmente a alguma autoridade ou instituição, protocolada e, apreciada pela Mesa Diretora da Assembléia Legislativa, quase invariavelmente aprovada.

Sendo mera sugestão ou recomendação, não tem qualquer força mandatória, não vincula a autoridade, órgão ou entidade pública ou privada à qual é dirigida, não concede os meios para que a recomendação seja atendida. É apenas uma forma protocolar do parlamentar apresentar um pleito, seja ele governista ou da oposição, e fazer saber, aos interessados ou possíveis beneficiários, desse esforço dele, desse empenho, no exercício do mandato, para atendê-los.

Por exemplo: o deputado fulano “indica” ao governador do Estado, “com a máxima urgência”, a construção, por muitos e muitos anos ainda inviável, da ponte Salvador – Itaparica. Ao que se seguiria uma “justificativa” que buscaria demonstrar, imaginemos, ser a ponte indispensável para se transitar por cima dela a pé ou em veículos terrestres e, por baixo, em veículos marítimos ou a nado.

Bem, isto seria uma Indicação. Por enquanto, não apresentada, porque a reincidência da ideia da ponte surgiu no Executivo, não no Legislativo, de onde qualquer manifestação seria chover no molhado. E, mesmo no berço, a ideia já não está em pauta. Exigiria demasiados recursos financeiros e atitude política geradora de reações para se tornar economicamente viável. Trata-se de preço, pecuniário e político, muito alto, especialmente quando se tem questões exigindo resoluções muito mais urgentes e também nada baratas para o Estado da Bahia.

Mas o deputado Pastor Sargento Isidório… bem, há, na Bahia, uma espécie de epidemia de parlamentares que fazem seu nome ser precedido pela atividade ou profissão, tipo deputado Bispo Fulano, deputado Delegado Cicrano, deputado Capitão Beltrano, deputado, ah, não, esse não é deputado Coronel Ângelo, é deputado Ângelo Coronel.

Mas voltando ao deputado Pastor Sargento Isidório, motivação remota de todas as linhas anteriores, ele acaba de apresentar uma Indicação ao governador Jaques Wagner, recomendando “a aquisição de helicópteros para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu”. O objetivo principal, segundo o autor, é “agilizar o atendimento às vítimas dos graves acidentes que ocorrem no Estado, principalmente na capital e região metropolitana, onde os engarrafamentos constantes dificultam a mobilidade da ambulância, resultando em óbitos”.

Depois de descrever detalhadamente as finalidades do Samu, afirma o deputado Pastor Sargento Isidório, do PSB, que o “número de ambulâncias do Samu é insuficiente, diminuído pelas baixas mecânicas dos equipamentos, contrastando com o número elevado de ocorrências registradas”.

Durante a campanha eleitoral, houve críticas da oposição ao governador, por deslocar-se frequentemente em helicóptero da Polícia Militar, evitando os congestionamentos de trânsito. Pessoalmente, nada vejo a criticar nisso, nem penso ser válido o argumento de que o chefe do governo devia meter-se nos engarrafamentos para conhecer a perda de tempo e o aborrecimento que isso representa. Faltaria tempo para as outras coisas. Isso equivale a exigir de Obama que não use o Air Force One e transite pelo mundo em voos comerciais, inclusive nas classes econômicas da TAM e da GOL, com aquela pastinha do código nuclear no bagageiro.

Mas, avaliando a Indicação de Isidório, bem que o governador pode desarmar o ataque da oposição. Basta o Estado comprar a sugestão do deputado e comprar também, digamos, três helicópteros para o Samu usar no raio de ação dessas aeronaves.

http://youtu.be/enwHgXE-6HY

Dois grandes cantores da música popular brasileira e uma obra prima de música. Tudo de bom, como seu Cardoso gostava.

(Vitor Hugo e Margarida, pelo BP)

  • Arquivos

  • novembro 2012
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930