DEU NO CORREIO

Midiã Noelle Santana
redacao@correio24horas.com.br

Dona Canô, a matriarca da família Veloso, mesmo internada no hospital (São Rafael, em Salvador) não deixa de ficar atenta e observa tudo que acontece ao seu redor. Ao abrir os olhos na manhã desta quarta-feira (7) e ver o noticiário da televisão, exclamou animada: “Obama ganhou!”, segundo revelou a filha Mabel Veloso.

A mãe de Caetano e Bethânia, que pelo visto gosta do Presidente reeleito nos Estados Unidos, passa bem, mas ainda não tem previsão de alta do Hospital São Rafael, onde está desde a última segunda (5), devido a problemas respiratórios.

Ainda de acordo com Mabel, Dona Canô não teve alta da unidade porque os médicos indicaram que ela fique pelo menos mais um dia para que a medicação tenha melhor efeito. “Sai de lá 18h30 e a informação é de que é preciso ficar mais um dia por causa do antibiótico”, contou. A matriarca foi levada de Santo Amaro para a capital baiana pelo filho Rodrigo Veloso e pela neta Maria Clara.

Em julho de 2011, Dona Canô passou mal em sua casa e foi transferida de helicóptero para o mesmo hospital que está agora. Após uma semana de internação, em que passou por exames, recebeu alta. Na época, a assessoria da unidade informou que ela deu entrada com quadro de traqueobronquite, associada a broncoespasmo e ficou na Unidade Cárdio Vascular Intensiva (UCI). Em agosto do mesmo ano, retornou ao hospital com dores na coluna e só foi liberada após conseguir um colete ortopédico.

Do CD e DVD Salve São Francisco de Geraldo Azevedo!
Coisa finissima!!!
BOA NOITE

(VHS)


Imagem do Nego D`àgua, entre Juazeiro e Petrolina

====================================

Grazzielli Brito

De Juazeiro

A região do Vale do São Francisco e o semiárido baiano são conhecidos pela procura para locações cinematográficas, geralmente de equipes do sul do país que aproveitam as características da região para grandes filmes nacionais e novelas de grande audiência. O que o restante do Brasil precisa descobrir é que aqui também existe muita riqueza criativa e capacidade artística pra suas próprias produções. É isso que Flávio Henrique Fonseca pretende mostrar com sua ousada produção Nego d’água – O Filme.

Flávio é autor, roteirista e produtor executivo do longa metragem e tem feito de tudo para conseguir concretizar esse projeto arrojado que tem como protagonistas os globais Rafael Zulu (Nego d’água) e Maria Flor (Marta). O mentor do projeto encabeça agora a campanha ‘Ivete Sangalo ajuda o filme Nego d’água’ através das redes sociais, que já tem mais de 900 compartilhamentos no facebook.

Campanha ‘Ivete ajuda o filme Nego d’água’

Ele conta como aconteceu a campanha. “Postei no face se alguém poderia me ajudar a chegar na cantora, um dia uma empresária aqui da cidade, Ana Carolina, me respondeu que tinha como me ajudar porque ela tem uma prima que é assessora de Ivete, a Fátima. Daí surgiu a ideia da campanha nas redes sociais e Ana Carolina gentilmente ligou para Fátima, que entrou em contato com Ivete”.

Alem do contato de Fátima, Flávio garante que a cantora acompanha a campanha pela internet. “A campanha que está no facebook tem uma quantidade imensa de compartilhamentos e ela sabe disso porque quando fiz a postagem eu ‘linkei’ no perfil dela, então cada pessoa que compartilha ela vê, até no celular dela aparece a mensagem ‘fulano compartilhou foto que você foi marcada’”.

“A equipe dela já entrou em contato com a gente através de Cíntia Sangalo, irmã dela e pessoa que toma conta das coisas dela atualmente, semana que vem iremos a Salvador, Cíntia está agendando uma data. E agradeço isso demais a Ana Carolina, a Fátima e a todo mundo que compartilha a campanha no face”, disse.

Quando questionado sobre que apoio ele espera receber da cantora ele explica. “Nego d’água é uma produção que fala da lenda, do resgate do folclore da cidade de Juazeiro, é importante que ela contribua. Quero a adesão dela somente no sentido dela dizer que apoia. Queremos chegar a Globo Filmes e ela pode ajudar nisso, gostaria de uma musica cantada por ela para o filme e se ela nos der essa colher de chá, gostaria até de uma participação especial. Eu crio um personagem pra ela da noite pro dia só pra ela fazer parte desse trabalho”, disse se divertindo.

Projeto cinematográfico

O autor do projeto conta que há três anos e meio vive em função de realizar o filme. Com o lendário personagem, Nego d’água, tatuado no braço, Flávio fala com muito entusiasmo de sua luta, determinação e ousadia. “É importante a gente acreditar na gente e o quanto é importante realizar aquilo que se acredita. Passei muito sufoco, mas me organizei, não fiz de qualquer maneira. Tivemos muito cuidado passamos o ano de 2009 fazendo roteiro e projeto, em 2010 analisando as locações e o elenco regional, em 2011 fizemos a divulgação, agora ganhamos visibilidade,mas deu muito trabalho”.

O primeiro cuidado tomado pela equipe foi oficializar o filme. “Os artistas de Juazeiro gostam muito de se juntar pra criticar outros artistas, mas não temos uma política publica cultural que atenda a demanda de cada artista aprender como se elabora um projeto, como se participa de edital, como se gasta dinheiro público. Ao invés de ficar criticando projeto de um ou de outro, deveriam estar tomando um curso de elaboração de projeto, participação de edital e administração do dinheiro público para a cultura, porque foi isso que fiz”.

Segundo Flávio, esse é o primeiro projeto cinematográfico, de Juazeiro, registrado na ANCINE – Agência Nacional do Cinema, e foi por isso que ele conseguiu através da Lei Rouanet e Lei de Audiovisual, captação de recursos e patrocínios para o filme. “Temos o apoio do governo federal estadual e municipal. Ouvi do secretário de cultura do estado que o apoio ao filme era uma maneira de saudar um pouco da dívida com a cultura na cidade. E isso tem acontecido através do Fundo de Cultura oferecido pelo estado da Bahia”.

Além do registro da ANCINE, Nego d’água está oficializado na Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro, tem seus direitos autorais da Produtora Macambira, e roteiro registrados em cartório.

O Filme

Em 92 minutos, o longa conta a história de Marta, menina romântica, sonhadora e humilde que vive com a família às margens do São Francisco, e se apaixona pelo Nego d’água, lenda ribeirinha de um homem negro que vive nas águas do Rio e assombra os pescadores do local.

Alem de Rafael Zulu e Maria Flor que vivem esse casal surreal, estão no elenco Anamara (ex-bbb), Camila Amado e Walmor Chagas, que disse ser esse o ultimo filme de sua consagrada carreira.

Camila Amado foi professora de Flavio Henrique, no Rio de Janeiro, onde ele cursou artes cênicas. “Estamos tomando aula agora com Roque Araujo, renomado diretor cinematográfico, que vai fazer direção geral do filme. Temos esses monstros consagrados do cinema. Walmor Chagas não me cobrou nada pra atuar, só quer a hospedagem e as passagens, isso é de uma grandeza da parte dele inimaginável”.

Mas a grande protagonista do filme é a bela Juazeiro, que será retratada com suas lendas e também mazelas. “Vamos retratar a falta de saneamento básico, necessidade de revitalização do São Francisco, preservação do meio ambiente, das matas ciliares e a importância do Rio para o município. Essa é uma manifestação popular viva em defesa pelo social, ambiente e cultura da cidade. Eu não quero fazer um filme só pra Juazeiro assistir, quero fazer o mundo ver Juazeiro”.

“Todas as produções que aconteceram aqui, a gente serviu pra ser dublê, figurante, carregador de água e Nego d’água é diferente, a gente dá prioridade aos artistas locais, 85% do elenco é da região”.

Flávio Henrique revela que em 8 semanas serão feitas as gravações que devem acontecer até o fim deste ano. “Estamos finalizando figurino e cenário. Rafael Zulu e Maria Flor passam 8 dias aqui pra gravar as cenas deles, enquanto isso a galera aqui de Juazeiro já esta ensaiando, mas com muita calma pra fazer um trabalho sério. Sei que vou ser alvo de críticas, não sou cineastas, sou formado em artes cênicas, por isso faço tudo com muita cautela”.

Histórias de bastidores

Com muita descontração, o autor do filme conta como chegou até seus protagonistas. “Cheguei a Rafael Zulu, através do twiter, daí ele pediu que eu fosse até o Rio pra conversar com ele. Fui com o dinheiro contado, só comia macarrão instantâneo, o dinheiro era mirrado. Peguei metrô, desci uma estação antes pra poder pegar um taxi e chegar até ele, mas ele foi maravilhoso topou participar e ainda me deu carona de volta”.

“Com Anamara passei um sufoco, ela marcou em um restaurante em Salvador caríssimo, quando a gente chegou lá pra almoçar só um suco custava 25 reais e quem paga essas despesas somos nós que somos produtores. Aí o produtor, Tácio Murilo, teve uma sacada, levantou e foi conversar com o dono do restaurante. Chegou perguntando ‘o senhor já viu quem esta aí? A Anamara do BBB’. Depois disso o almoço foi cortesia da casa”, contou Flávio rindo muito.

“Outra vez um menino da equipe fazendo um serviço para o filme bateu com a moto em uma banca de pastel, a gente sem um real e tivemos que pagar o prejuízo de R$ 500,00 da barraca. Mas, isso só faz a gente se unir ainda mais. Tenho certeza que esse filme vai fazer muito sucesso porque tem muito amor envolvido”, finalizou.

Grazzi Brito, jornalista, mora em Juazeiro , na margem baiana do Rio São Francisco, de onde colabora com o Bahia em Pauta


Tammy:”não concorri nessas eleições para fazer
história e sim para fazer a diferença”

=====================================
deu no Estadão

A democrata Tammy Baldwin tornou-se ontem(6/1) a primeira senadora americana abertamente gay, embora as bandeiras do movimento GLBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros) não tenham sido temas centrais nem em sua campanha, nem no discurso de agradecimento feito após o anúncio da vitória.

“Estou ciente de que serei a primeira integrante do Senado americano abertamente gay, mas não concorri nessas eleições para fazer história e sim para fazer a diferença”, explicou Baldwin, prometendo lutar por toda a classe média de seu estado, Wisconsin.

“Quero fazer a diferença na vida de famílias que estão lutando para conseguir trabalho e pagar as contas, na vida de estudantes preocupados com suas dívidas, idosos preocupados com suas aposentarias e veteranos (das Forças Armadas) que lutaram por nós e agora precisam de alguém para lutar por eles e por suas famílias”. Baldwin, de 50 anos, derrotou o ex-governador de Wisconsin Tommy Thompson e assumirá a cadeira do senador democrata Herb Kohl, que se aposentou após quatro mandatos.


“Aí vem Obama, vai discursar , afinal, ele ganhou!”

=======================================

Obama na madrugada (outra vez)

Maria Aparecida Torneros

O mundo não dormiu ainda, são 3 e meia da madrugada, horário de Brasília e esperamos o discurso da vitória com que Barack Obama brindará seus eleitores, entre delegados que lhe garantiram a vitória, e população que votou com entusiasmo para fazer frente ao fenômeno do país dividido, nas eleições que mobilizaram correntes oponentes em termos de sociedade americana conservadora contra a América que avança na luta pela reconstrução econômica e social, diante da crise mundial.

O presidente norte-americano, Barack Obama, foi reeleito para um segundo mandato na Casa Branca nesta quarta-feira (7), projetaram emissoras de televisão dos Estados Unidos, que também apontaram que o Congresso do país permanecerá dividido, com os democratas controlando o Senado e os republicanos com o domínio na Câmara. Fontes da Agência de notícias Reuters asseguram que “Obama venceu o republicano Mitt Romney em uma série de Estados-chave, apesar da fraca recuperação econômica e do elevado desemprego persistente. Os eleitores tiveram de escolher entre duas visões completamente diferentes para o país.”

Destacou-se a vitória de Obama em Ohio, o Estado mais disputado, conforme as projeções das emissoras de TV, o coloca no topo da briga pelos 270 votos do Colégio Eleitoral necessários para permanecer na Casa Branca, acabando com as esperanças de Romney de vencer em uma série de Estados-chave.

Obama obteve vitórias apertadas em Ohio, Wisconsin, Iowa, Pensilvânia e New Hampshire, enquanto o único Estado-chave conquistado por Romney foi a Carolina do Norte, de acordo com as projeções das emissoras.

Até o momento, não havia comentários da campanha de Romney sobre os resultados.

Pelo menos 120 milhões de pessoas eram esperadas para decidir entre o democrata e Romney após uma longa, cara e amarga campanha presidencial centrada em como reparar a economia em crise dos Estados Unidos.

Obama começa o seu segundo mandato de quatro anos com a difícil tarefa de enfrentar um déficit anual de 1 trilhão de dólares, reduzir a dívida nacional de 16 trilhões de dólares, reformar os caros programas sociais e lidar com um Congresso dividido que parece manter o mesmo impasse partidário.

O noticiário brasileiro da Globo News informou que ambos os candidatos obtiveram pouco mais de 45 milhões de votos cada um, mas a diferença que atingiu 25 mil votos somente, com 75 por cento dos votos apurados, expressa o que os analistas comentam sobre uma América dividida com necessidade de negociações em torno dos projetos e expectativas para o segundo mandato do presidente que afirmou, há quatro anos: “yes, we can”.

Sim, nós podemos era um lema certeiro para aquele momento de 2008 quando uma bomba explodiu sobre o sonho americano e a crise começou pela falência do sistema hipotecário e imobiliário, mas se alastrou pelo mundo interno e externo, num efeito dominó que resultou na reordenação dos valores capitalistas não só norte americanos, mas na grande e grave desestabilização dos países do mercado comum europeu.

No site do IG, a correspondente Leda Balbino – enviada a Chicago, descreve assim: ” após uma votação acirrada, o presidente dos Estados Unidos, o democrata Barack Obama , conquistou na noite desta terça-feira (madrugada de quarta no Brasil) sua reeleição ao derrotar o candidato republicano, o ex-governador de Massachusetts Mitt Romney . Por volta das 3h, Obama tinha superado os 270 delegados necessários para vencer o Colégio Eleitoral.

A festa dos partidários do presidente começou antes mesmo de o número ser superado, quando a rede americana CNN projetou sua vitória. Ao som de Beatles, Michael Jackson e outra estrelas da música, milhares comemoraram a reeleição de Obama no centro de convencoes McCormick, em Chicago.”

O dia 7 de novembro de 2012 marca uma nova era , e está em curso um sem número de análises sobre o que aconteceu nos últimos 4 anos e o que deve acontecer nos próximos 4, tendo em vista as mudanças que os americanos divididos esperam e anseiam.

A correspondente também do portal IG, Carolina Cimenti – de Nova York , aponta detalhes importantes do que se viu nos EUA no período Obama: “Em 2008, os EUA viveram uma das piores recessões de sua história. O Produto Interno Bruto (PIB) do país caiu mais de 5% entre 2008 e 2009. A taxa de desemprego começou a subir e não parou mais. Foi nesse cenário que o democrata Barack Obama foi eleito presidente, com slogans que pediam mudança (Change) e garantindo que, sim, era possível (Yes, we can). Conforme os números mostram, porém, até houve mudanças, mas não necessariamente para melhor. O PIB do país, considerada a inflação nos últimos quatro anos, praticamente ficou estagnado. O número de milionários cresceu nos últimos quatro anos no mundo, mas principalmente nos países emergentes (como a China e o Brasil), e não nos EUA.
Apesar de o governo Obama ter avançado com reformas da saúde e ter investido vários trilhões de dólares em infraestrutura e educação, além de ter salvado a indústria automobilística do país, os EUA ficaram mais pobres e ainda sofrem com as perdas contabilizadas durante a crise financeira.”

Aí vem Obama, vai discursar , afinal, ele ganhou!

Cida Torneros, jornalista e escritora, mora no Rio de Janeiro, onde edita o Blog da Cida e colabora com o BP)

DEU NO IG

Na manhã desta quarta-feira, a Polícia Civil de Campina Grande (na Paraíba) concedeu uma entrevista coletiva para explicar os detalhes sobre o desaparecimento de Angélica Aparecida Vieira de Sousa, de 22 anos, irmã do atacante Hulk, do Zenit (Rússia) e da seleção brasileira. De acordo com as autoridades, um sequestro foi planejado pelo seu ex-chefe.

Segundo os policiais, o empresário Hélio Pereira da Silva, dono do restaurante que empregava Angélica, tramou o rapto com Rodolfo Sinfrônio, um candidato a vereador da cidade paraibana pelo PSD (Partido Social Democrático). Os dois passavam por “dificuldades financeiras” e viram o plano como uma “mina de ouro”.

Rodolfo Sinfrônio, que recebeu apenas 265 votos nestas últimas eleições, forneceu o seu veículo para o rapto na segunda-feira, como revelou o titular da delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande, Henry Fábio. Os dois a prenderam em uma casa alugada no bairro de Catolé, para, depois, pedir um valor de R$ 300 mil para o resgate.

Angélica, na terça-feira, conseguiu escapar do cativeiro e entrar em contato pelo celular com os seus familiares.

nov
07
Posted on 07-11-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 07-11-2012


Clayton, hoje, no jornal O Povo


Obama comemora vitória com Michele

=================================


Comemorações da vitória em Chicago
=================================

Com menos sonhos e mais modéstia, Barack Obama foi reeleito esta terça-feira presidente dos Estados Unidos. Sua vitória não foi tão impactante quanto há quatro anos, mas o candidato democrata se impôs com nitidez a Mitt Romney inclusive em Estados onde os republicanos esperavam ganhar.

Depois de mais de um ano de campanha multimilionária em um país polarizado, o presidente seguirá na Casa Branca. Pouco convencidos pela alternativa e admirados pela atuação de Obama durante o furacão ‘Sandy’, os estadounidenses acorreram em massa às urnas e deram uma segunda oportunidade ao candidato democrata. Os tempos determinam mais modéstia. Em 2008, Obama celebrou sua vitória diante de 240.000 pessoas no Grant Park, bello e histórico parque no centro de Chicago. Esta terça-feira, Obama fez seu discurso em um escuro local, mais afastado do centro,  diante de uns 10.000 fieis escolhidos. A maioria era formada de voluntários mais abenegados, entre eles os do escritório do bairro de Obama, premiados por seu entusiasmo e suas viagens a Wisconsin, Iowa ou Indiana para registrar eleitores.

A disputa parecia mais apertada que em 2008, mas Obama ganhou com clareza em Ohio, Wisconsin e Iowa e também em alguns onde Romney tinha esperanças como New Hampshire, Pensilvania ou Michigan. O Meio Oeste assegurou a vitória do presidente, que se beneficiou do apoio atual ao resgate da indústria de automóveis de Detroit. Obama perdeu por uns 17 pontos entre os membros da classe operária branca em todo o país, mas só por dois no Estado industrial de Ohio, segundo as pesquisas de boca de urna.

(Texto do jornal El Mundo, da Espanha, traduzido por Vitor Hugo Soares, postado às 03:11, horário de verão em Brasília)

======================================

OPINIÃO POLÍTICA

Presidência da Assembléia

Ivan de Carvalho

Depois de informar o governador Jaques Wagner de sua intenção de reeleger-se presidente da Assembléia Legislativa – com o que conquistaria o quarto mandato bienal de consecutivo de presidente – o deputado Marcelo Nilo, do PDT, intensificou o trabalho para consolidar sua candidatura.

Alguns fatos o estão ajudando.

Um deles é uma questão de configuração política. O governo estadual tem em sua base um arco muito grande e variado de partidos. O principal, no qual milita o governador Jaques Wagner, é o PT. O segundo mais importante hoje é o PSD, presidido e liderado pelo vice-governador e secretário de Infraestrutura, Otto Alencar. Mas existem outros, muitos, até se poderia dizer, em excesso.

Ora, não é o caso do PT, mas os demais aliados do governo tendem naturalmente a não desejar uma hegemonia política petista. Como o comando do Poder Executivo está com o PT, os partidos aliados do PT preferem que o comando do Poder Legislativo esteja em mãos governistas, mas não as do PT. Porque a conquista da presidência do Legislativo pelo PT já configuraria hegemonia política deste partido, não ainda na Bahia, mas dentro da coalizão governista.

Além disso, os deputados em geral, governistas e oposicionistas, não sabem exatamente como se comportaria um petista – e aí não importa muito quem seja ele – na presidência do Legislativo. Há uma evidente cautela dos deputados, individualmente, independente dos partidos a que pertençam, em relação a essa hipótese.

Tudo que foi descrito até aqui representa, sem dúvida, um quadro que ajuda a candidatura de Marcelo Nilo ao quarto mandato de presidente.
Dois outros fatos, de relevância ainda em avaliação no meio político, parecem, por enquanto, levar mais água ao mesmo moinho.

Um deles é que o deputado Paulo Rangel, que foi por três anos consecutivos líder da bancada do PT, acaba de declarar abertamente apoio à candidatura de Marcelo Nilo à reeleição, mesmo sabendo que o petista Rosemberg Pinto (estreitamente ligado a José Sérgio Gabrielli, secretário do Planejamento, ex-presidente da Petrobrás e aspirante ao governo estadual preferido pelo ex-presidente Lula) tenta construir a própria candidatura a presidente do Legislativo.

Ao declarar seu apoio a Nilo, mesmo sabendo que a bancada do PT se prepara para discutir a questão da presidência da Assembléia, Rangel deu-se ao luxo de fazer comentários sobre a pretensão do colega petista Rosemberg Pinto. Vale a pena transcrever o que disse ao site Política Livre: “Gosto muito de Rosemberg, acho que é uma pessoa preparada e que ele pode inclusive vir a ser governador do Estado, mas tem pouco tempo de Casa para se viabilizar para uma candidatura à presidência. Eu, Paulo Rangel, apoio a reeleição de Marcelo. Acredito que Rosemberg ainda precisa passar pela presidência de algumas comissões importantes na Casa. A vida tem fila”.

O outro fato que parece levar água ao moinho de Nilo está em entrevista do vice-governador Otto Alencar à Tribuna da Bahia. Disse que o partido não disputa o cargo para um de seus filiados (se disputasse, seria para Gildásio Penedo ou Alan Sanches) e elogiou o trabalho de Nilo, “que tem o apoio de seus pares”, acrescentando que é favorável à reeleição como princípio.

Bem, há quem sustente, provavelmente com razão, que coincidências não existem, no sentido de que não são casuais.

nov
07
Posted on 07-11-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 07-11-2012

Ótima virada de noite e feliz quarta-feira

(VHS)

  • Arquivos

  • novembro 2012
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930