DEU NO IG

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pediu nesta semana ao Supremo Tribunal Federal a apreensão dos passaportes dos condenados no processo do mensalão para evitar que os réus deixem o País, afirmou à Reuters uma fonte do STF nesta sexta-feira.

A análise do pedido cabe ao relator da ação penal, ministro Joaquim Barbosa, que viaja à Alemanha para um tratamento de saúde e não deve avaliar o pedido antes da viagem, dia 28, disse a fonte que pediu para não ser identificada.

Barbosa estará de volta ao País no dia 7 de novembro quando será retomado o julgamento do mensalão.

Se houver pedido de urgência, a avaliação caberá ao revisor do processo, ministro Ricardo Lewandowski. A tendência, segundo outra fonte do STF, é de que o pedido da Procuradoria-Geral da República seja acatado, já que a conclusão do processo – quando não restará mais possibilidade de recurso ou alteração do resultado – pode levar um ano.

O escândalo do chamado mensalão, um esquema em que parlamentares receberiam dinheiro em troca de apoio político ao governo no Congresso, foi deflagrado em 2005 no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


Lula com ACM (Claudio Lembo ao fundo):
palanque sem memória e delicadeza

======================================

ARTIGO DA SEMANA

Salvador e Lula em cinco minutos

Vitor Hugo Soares

Salvador segue em labaredas, já quase na boca das urnas do segundo-turno. A quentura ficou ainda mais inclemente (quase insuportável para os de pele e olfato mais sensíveis) a partir da última quarta-feira, desta semana explosiva e decisiva na campanha que confronta os candidatos ACM Neto, do DEM, e Nelson Pelegrino, do PT, em disputa – canelada a canelada, bairro a bairro, casa a casa, voto a voto – pela histórica prefeitura da terceira capital do País.

Na quarta, 25, entre o começo da manhã e o princípio da tarde, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez uma de suas mais apressadas e radicais visitas a Salvador. Foi tempo suficiente, no entanto, para mexer com nervos, interesses e sentimentos à flor da pele dos dois lados em choque na soterópolis dividida.

Tensão, emoção, agressividade e polêmica. Tudo misturado e atirado de supetão em uma das áreas mais pobres e problemáticas da capital baiana. Principalmente no discurso, de contados cinco minutos, que o ex-presidente da República fez, no palanque armado pelos petistas, na suburbana comunidade de Paripe. Às vésperas da votação deste domingo, 28, carregada da imprevisibilidade que “a barriga das urnas costuma esconder”, como dizia Raimundo Reis, saudoso político pessedista e sábio cronista do cotidiano da Bahia.

A última pesquisa disponível, no entanto, mostrava ha uma semana quando foi divulgada, vantagem de oito pontos percentuais, da intenção de votos, para ACM Neto sobre Pelegrino

Foi tudo tão rápido e instintivo, a ponto de muita gente – incluindo políticos e jornalistas em cima e nas imediações do palanque – nem ter tido tempo de perceber, de imediato, e avaliar direito toda a virulência, nuances e sentido de um dos discursos mais simbólicos e reveladores sobre a relevância atribuída pelo PT, e seus aliados atuais de poder no governo, ao resultado da segunda rodada de votação amanhã.

Em especial, a gana governista de trituração das forças de oposição em algumas grandes cidades brasileiras, a exemplo do DEM, na Bahia, e do PSDB, em São Paulo.

Vale a pena recordar o que falou o ex-presidente no comício de Paripe – vindo de Fortaleza e com pressa de chegar a Cuiabá antes do anoitecer. Isso quatro dias depois do arrepiante e não menos agressivo e pouco sutil discurso da presidente Dilma Rousseff, no palanque de Nelson Pelegrino, no periférico, pobre e populoso bairro de Cajazeiras, ao lançar sobre o eleitor soteropolitano a cobrança de alinhamento do futuro prefeito de Salvador com os governos do petista Jaques Wagner (no Estado da Bahia) e o seu próprio governo, para conquistar simpatias em Brasília.

Lula disparou contra o candidato ACM Neto e seu falecido avô, Antonio Carlos Magalhães (sem citar seus nomes) praticamente um arsenal inteiro de munição retórica pesada. Primeiro, lembrou mais uma vez a ameaça de “surra” recebida do deputado quando ainda exercia a presidência da República (apesar dos reiterados pedidos de desculpas do ofensor, antes e durante a atual campanha).

Depois, “partiu para cima” do ACM vivo e do morto.

“Ele (ACM Neto) tem dito que o programa Bolsa Família foi criado pelo seu falecido avô enquanto senador da República, com um fundo nacional de combate à pobreza, mas a Bolsa Família que eles criaram foi outra, que não repartiram com o povo, que ficou só para uma família . O Bolsa Família que atende aos interesses da maioria do povo certamente vocês me ajudaram a criar neste país”, atirou o ex-presidente na manifestação.Na verdade, o que ACM Neto tem propagado em sua campanha, é que o avô criou o Fundo de Combate à Pobreza, no ano 2000, como está nos registros históricos, não a Bolsa Família, que veio depois.

No palanque petista, entre sorrisos e aplausos para Lula, algumas das mais expressivas figuras do antigo carlismo na Bahia. Entre eles, Otto Alencar, vice-governador de Jaques Wagner, e o ex-governador e ex-senador Cesar Borges. Na plateia, cerca de quatro mil ouvintes (o número é do próprio vice-governador na Rádio Metrópole), boa parte formada por integrantes de famílias pobres da área suburbana, beneficiadas com a bolsa governamental.

E o ex-presidente continuou acionando a metralhadora verbal: “O povo pobre deste país não merece um político mentiroso. Eu não vou falar mal de ninguém, mas tem um companheiro aí, que está concorrendo contra o Nelson, que disse que ia me bater, que ia dar uma surra em mim. Primeiro é que jamais eu iria brigar com ele, porque se eu batesse nele seria uma vergonha e se eu apanhasse uma vergonha e meia. Então, eu preferi ficar quieto. Agora ele plantou uma mentira sórdida de que foi o avô dele que criou o Bolsa Família. Aí é demais, aí é demais”, concluiu Lula em Paripe.

Ainda no palanque, o governador Jaques Wagner, que não falou no comício, limitou-se a puxar um coro de“Parabéns prá Você” antecipado, a propósito do aniversário do ex-presidente, que comemora 67 anos este sábado, 27 de outubro, em São Paulo. Apesar das advertências dos aliados adeptos do Candomblé em cima do palanque de Paripe ( “festejar aniversário antes da data pode afugentar a boa sorte”, alertou um deles), o governador foi em frente com o canto e as palmas de festejos.

O resto é a verdade eleitoral que sairá “da barriga das urnas” este domingo. A conferir.

Bom voto a todos.

Vitor Hugo Soares é jornalista. E-mail: vitor_soares1@terra.com.br

out
27
Posted on 27-10-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 27-10-2012


===================================
Amorim, hoje,no Correio do Povo(RS)

out
27

=======================================

Salve Jobim!!! Salve Gabriela, maravilha da criação de Jorge Amado.
Salve a canção brasileira. Sempre!!!

BOM SÁBADO!!!

(vhs)

==================================================

OPINIÃO POLÍTICA

Véspera de eleição

Ivan de Carvalho

Estamos afinal na véspera do segundo turno das eleições para prefeito. Em Salvador, depois da pesquisa Ibope realizada de 17 a 19 deste mês e que deu oito pontos de vantagem ao candidato democrata ACM Neto sobre seu competidor, o petista Nelson Pelegrino – tanto nas intenções de voto considerando-se o total do eleitorado quanto em relação aos chamados votos válidos – não houve uma nova oportunidade de avaliação técnica da situação eleitoral.

Claro que amostragens para consumo interno das campanhas, de modo a orientar suas estratégias ocorreram, mas foram mantidas sob reserva, de modo que têm muito pouco valor para análises de jornalistas e muito menos para o eleitorado em geral, ao qual delas nada lhe foi dado saber.

Neste segundo turno, quatro fatores beneficiaram a campanha de ACM Neto. O primeiro deles foi o impacto psicológico da classificação para o segundo turno em primeiro lugar. Embora pela diferença mínima de 5.626 votos sobre o concorrente, primeiro lugar é primeiro lugar e isso tem força. Praticamente embutido neste primeiro fator está o fato de que o Ibope, único instituto a divulgar pesquisas eleitorais sobre as eleições de Salvador durante a campanha para o primeiro turno, apontava, desde 27 de setembro, o candidato do PT, Nelson Pelegrino, como vencedor, com uma vantagem crescente, que chegou a seis pontos percentuais no sábado véspera da eleição e a incríveis sete pontos na pesquisa de boca de urna, no domingo, 7 de outubro. Então abrem-se as urnas e, do começo ao fim das apurações, Neto se mantém à frente. Isso foi um anticlímax doloroso para a campanha do petista e um empurrão vigoroso na campanha de ACM Neto.

O terceiro fator a beneficiar Neto, e muito, foi a lei, que estabelece condições iguais de tempo na propaganda eleitoral pela televisão e rádio para o segundo turno. Diferentemente do que aconteceu na campanha para o primeiro turno, quando a campanha de Pelegrino teve quase o triplo do tempo da campanha de Neto, este passou, no segundo turno, a dispor de tempo igual ao do adversário.

O quarto fator benéfico foi a adesão do PMDB. Da mesma forma que para Pelegrino foram benéficas as adesões do ex-candidato peemedebista Mário Kertész e do ex-candidato do PRB, deputado bispo Márcio Marinho. Ah, Da Luz também aderiu. Claro que outro fator favorável à campanha de Pelegrino foram as visitas da presidente Dilma e do ex-presidente Lula, que participaram de comícios.

Saindo de fatores estritamente locais, há que registrar a permanente presença em toda a campanha eleitoral no país – como um ruído de fundo para toda a mobilização eleitoral – do julgamento do processo do Mensalão pelo Supremo Tribunal Federal. Um ruído de fundo muito desagradável para o PT, não especificamente em Salvador, mas em todo o país.

Os eleitores curiosos poderão conhecer, na noite de hoje, a pesquisa do Ibope (a segunda do instituto neste segundo turno) que a TV Bahia divulgará. E talvez o Babesp, um instituto ligado ao presidente da Assembléia Legislativa, Marcelo Nilo, também divulgue sua própria amostragem.

Uma coisa, no entanto, é certa. Foi uma campanha difícil para os dois lados, dura, disputada voto a voto, no primeiro como no segundo turno, com muitos debates – somente na televisão foram quatro neste segundo turno, outro tanto durante a campanha para o primeiro turno.

Depois disso tudo, deve ser hoje muito baixo o número de indecisos. Agora é ir às urnas e manifestar, nelas, a decisão que vai determinar como será a administração da cidade nos próximos quatro anos como a correlação de forças políticas na Bahia, além de contribuir significativamente para definir a correlação de forças no país, especialmente porque em São Paulo o PT deverá tomar a prefeitura.

out
26

http://youtu.be/HwE6O9HvIsU

Do jornalista Claudio Leal, amigo e colaborador deste Bahia em Bauta, postado no Twitter esta sexta-feira, 26:

“Hj tem “Recanto”, de Gal Costa, no imenso TCA, em Salvador. Como não tô lá, me contento com um vídeo do show: “Mãe” migre.me/bm2Q8″ (Claudio Leal)

DEU NO IG

O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp, afastou hoje (26) a possibilidade de sabotagem nos quatro eventos de falta de energia que ocorreram em pouco mais de um mês. Segundo ele, um ato de vandalismo teria causado danos aos equipamentos, que não foi verificado nesses casos.

Perguntado sobre a hipótese de sabotagem, o ministro interino de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, disse que o governo “trabalha para aprofundar todas as alternativas, mas de forma serena”. Para ele, a ocorrência de quatro eventos de falta de energia em pouco mais de um mês, com causas parecidas, foi classificada como um “evento raríssimo de ocorrer, com probabilidade quase zero”.

Zimmermann, que coordenou a reunião extraordinária do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico ocorrida hoje (26), disse que, em todos os eventos recentes, houve falhas na proteção primária dos equipamentos, o que acabou estendendo a falta de energia para diversas regiões.

A falta de energia na madrugada de hoje deixou 100% do Nordeste e 77% dos estados do Pará, Tocantins e Maranhão sem energia. Segundo o ONS, o problema foi provocado por um curto-circuito na linha de transmissão entre Colinas (TO) e Imperatriz (MA), que interliga os sistemas Norte/Nordeste ao Sul/Sudeste.

Uma equipe de técnicos já foi enviada para as subestações que apresentaram falhas a fim de avaliar as causas do problema, e deve apresentar alguma conclusão na próxima semana. José Ragone, presidente da Taesa, empresa responsável pela linha de transmissão, explicou que a causa primária do problema provavelmente foi uma descarga elétrica que ocasionou uma sobrecarga na linha de transmissão, que acabou sendo desligada por falha do sistema de proteção.

Este foi o quarto problema de abastecimento de energia registrado no país em pouco mais de um mês. No dia 22 de setembro, um incêndio em um transformador na Subestação de Imperatriz (MA) atingiu as regiões Norte e Nordeste.

Na madrugada do 4 de outubro, uma pane em um transformador de Furnas em Foz do Iguaçu (PR) causou falta de energia nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

No dia 19 de outubro, o Distrito Federal ficou sem energia, com o desligamento de linhas de transmissão da Companhia Energética de Brasília (CEB).

Zimmermann disse que o governo também trabalha para restabelecer a confiabilidade do sistema elétrico brasileiro. “O sistema elétrico brasileiro foi planejamento para operar em determinado nível de confiabilidade. Se há redução dessa confiabilidade, como agora nessa sequência de eventos, tem que tomar ações necessárias para restabelecer essa confiabilidade que foi projetado para isso”

=================================================
INFORMAÇÃO PUBLICADA ORIGINALMENTE NA COLUNA TEMPO PRESENTE, DO JORNAL A TARDE, ASSINADA PELO JORNALISTA LEVY VASCONCELOS

“Casamento com Dilma A presidente Dilma estará de volta a Salvador amanhã (sábado, 27/10), mas nada a ver com política. Vem para ser madrinha de casamento de Eduardo Mendonça, filho do primeiro casamento de Fátima Mendonça (e do publicitário Guilherme Sodré), a esposa do governador Jaques Wagner e primeira-dama da Bahia, com Boni Bonilha. Será uma cerimônia discreta, sem alarde, só para 200 convidados. O governo não quis divulgar o local, mas um dos 200, de convite em punho, vazou: será no Solar Cunha Guedes, na Vitória. Segundo a coluna Painel, da Folha de São Paulo, Dilma conheceu os noivos quando era ministra de Minas e Energia. Disse que, quando se casassem, gostaria de ser madrinha. Em 2011, eles levaram 0 convite ao Palácio da Alvorada. Amanhã, paga a promessa.”

:


Salvador na escuridão: apagão deixa Norte
e Nordeste sem luz outra vez- Foto:Furura Press

=============================================


DEU NO ESTADÃO

Pela primeira vez, o Ministério de Minas e Energia (MME) admitiu que a sequência de quedas de energia, que têm afetado diversas regiões do País nas últimas semanas, pode não se tratar apenas de coincidências. O ministro interino, Márcio Zimmermann, disse há pouco que esse tipo de evento “não é normal” e que “essas coincidências são menos ainda”. Na madrugada desta sexta-feira, um apagão atingiu estados do Nordeste e do Norte do País.

“Já é a terceira semana seguida em que isso acontece e vamos tomar todas as providências para análise do que ocorreu”, disse o ministro interino ao chegar ao MME para reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), marcada para às 11 horas. Segundo Zimmermann, o problema de hoje ocorreu em uma linha de transmissão da Cemig, entre as cidades de Colinas e Imperatriz, ambas no Maranhão. O problema teria ocorrido, segundo ele, em uma chave seccionadora de um banco de capacitores.

“O sistema elétrico brasileiro é um dos maiores do mundo e é muito seguro, mas tivemos uma diminuição dessa confiabilidade no último mês”, completou o ministro interino. “Estas ocorrências têm sido registradas sempre com uma falha de equipamento e com a não atuação da primeira proteção, levando a eventos de grandes proporções”, concluiu.

Ainda de acordo com Zimmermann, técnicos do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) estão se dirigindo para a subestação de Imperatriz para obter mais dados sobre a falha de hoje.

out
26
Posted on 26-10-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 26-10-2012


========================================
Sid, hoje, no portal Metro1

Pages: 1 2 3 4 5 6 7 ... 26 27

  • Arquivos