=======================================

OPINIÃO POLÍTICA

A vitória do Democratas

Ivan de Carvalho

Muitas são as análises, conclusões e consequências que podem fluir da vitória eleitoral do democrata ACM Neto. Está longe da pretensão deste repórter, não só agora como em escritos posteriores, qualquer tentativa de sequer abordar, muito menos esgotar, todos os aspectos envolvidos. Muitas outras pessoas, jornalistas, políticos e cientistas políticos se dedicarão à mesma tarefa. É bom que um debate sobre isto se estabeleça.

Uma das coisas que cumpre dizer logo de saída é que a eleição de prefeito de Salvador tem suas repercussões de caráter nacional. Note-se que o PT elegeu ontem, e bem, o prefeito de São Paulo, maior e mais importante cidade do país, o que, isoladamente, representa um importante passo à frente no projeto de hegemonia política que move o partido que hoje detém o Poder Executivo federal.
Algumas derrotas importantes funcionam para neutralizar esse avanço petista. Logo no primeiro turno, o PT perdeu duas eleições em que se empenhou a fundo. Em Belo Horizonte, Patrus Ananias, cuja candidatura foi articulada principalmente pela presidente Dilma Rousseff, perdeu feio para o prefeito Márcio Lacerda, do PSB e reeleito já no primeiro turno com o apoio do senador tucano Aécio Neves.

Em Recife, o comando nacional do PT impôs a candidatura do ex-ministro da Saúde Humberto Costa e o governador pernambucano Eduardo Campos, presidente nacional do PSB, lançou um de seus secretários estaduais como candidato deste partido e venceu também no primeiro turno.

Em Fortaleza, ontem, o PT, que detinha a prefeitura há oito anos com Luiziane Lins perdeu-a também para o PSB, com a vitória por seis pontos percentuais dos votos válidos sobre o candidato do PT. Completando o quarteto de capitais politicamente importantes em que o PT foi derrotado, em Salvador o democrata ACM Neto venceu o petista Nelson Pelegrino com sete pontos de vantagem, considerados os votos válidos. .

Creio que vale a pena assinalar, embora não seja Manaus uma capital de muita importância política, a vitória espetacular que lá obteve o tucano Arthur Virgílio Neto, com 32 pontos percentuais de vantagem sobre a candidata do PC do B apoiada pelo PT, Vanessa Grazziotin. Isto porque Lula considera o ex-senador Arthur Virgílio um inimigo (ele foi importante para a rejeição, no Congresso, da proposta de emenda constitucional para eternização da CPMF) e até, além de ir, convenceu a presidente Dilma Rousseff a também fazer comício em Manaus contra Arthur Virgílio.

Uma outra repercussão nacional da decisão dos eleitores de Salvador incide sobre o Democratas. Tecnicamente sucessor do PFL, o DEM, por alguns contratempos, eleitorais e não eleitorais, e também pela migração de uma grande parte de sua bancada no Congresso para o PSD fundado pelo ex-democrata Gilberto Kassab (prefeito de São Paulo) deixou de ser um grande partido e tornou-se um partido médio sob ameaça de transformar-se em um pequeno partido.

A vitória de ACM Neto (atualmente, líder do Democratas na Câmara dos Deputados) em Salvador, terceiro maior colégio eleitoral do país, dá um sopro de vida ao partido, proporcionando-lhe a chance de deter a queda para pequeno partido e alguma condição para tentar uma eventual recuperação. Até porque o PSDB, maior partido na oposição, não sabe fazer oposição e o DEM pode atender a esta necessidade democrática, na qual tem adquirido prática.

Atuação oposicionista, não por intermédio de Neto, que vai ocupar-se muito com os problemas de Salvador, mas de suas bancadas no Congresso.

Creio que as mais notórias implicações nacionais da vitória democrata na capital da Bahia – enfrentando uma imensa aliança política, mas contando com uma admirável teimosia ou rebeldia do eleitor, que rejeitou a tese do “alinhamento” – estão aí ligeiramente assinaladas. A tese do “alinhamento” e sua rejeição constituem tema de inegável interesse, para futuras considerações

Be Sociable, Share!

Comentários

geraldo geiger calmon on 29 outubro, 2012 at 20:07 #

A partir do momento que o PT, escolheu um dos alunos de ACM para ser vice do atual governador baiano. deu-se o pontapé inicial de resgate ao carlismo, que para mim morreu com o próprio senador ACM. ACM neto não representa o retorno do carlismo, assim como também, se Pelegrino fosse eleito não significava a volta do verdadeiro e falecido PT. o PT que não fazia coligação com ninguém, que fio contra o Plano Real em 1994, dizia que era medida eleitoreira. o PT que votou contra em 2001 a criação dos programas socias do governo FHC, Bolsa Escola,Vale Gás, Vale Alimentação que eram classificadas pelo PT como Esmolas Eleitoreiras, o PT que foi contra tudo e contra todos. E depois de tudo criaram um filosofia para os seus candidatos de time de futebol. alinhamento é bom quando dar bons resultados para o povo. E o povo de Salvador não se intimidou diante da pressão que o candidato do PT fazia a população de Salvador durante os seus debates. A gora atribui a sua derrota as fortes greves que aconteceram na capital de Salvador. É claro que eles influenciaram e muito. Quero dizer a turma do PT, que governar para o povo é uma coisa, querer ter puder é outra. Apesar de tudo o PT foi o grande vitorioso nessas eleições fez 4 capitais.


geraldo geiger calmon on 29 outubro, 2012 at 20:15 #

A partir do momento que o PT, escolheu um dos alunos de ACM para ser vice do atual governador baiano. deu-se o pontapé inicial de resgate ao carlismo, que para mim morreu com o próprio senador ACM. ACM neto não representa o retorno do carlismo, na capital Salvador assim como também, se Pelegrino fosse eleito não significava a volta do verdadeiro e falecido PT. o PT que não fazia coligação com ninguém, que foi contra o Plano Real em 1994, dizia que era medida eleitoreira. o PT que votou contra em 2001 a criação dos programas sociais do governo FHC, Bolsa Escola,Vale Gás, Vale Alimentação que eram classificadas pelo PT como Esmolas Eleitoreiras, o PT que foi contra tudo e contra todos. E depois de tudo criou uma filosofia para os seus candidatos de time de futebol. alinhamento é bom quando dar bons resultados para o povo. E o povo de Salvador não se intimidou diante da pressão que o candidato do PT fazia a população de Salvador durante os seus debates. quando dizia de certa forma, que se ele não fosse eleito o dinheiro do governo Federal, e do governo Estadual, não seria liberado para a prefeitura de Salvador. A gora atribui a sua derrota as fortes greves que aconteceram na capital de Salvador. É claro que eles também influenciaram e muito. Quero dizer a turma do PT, que governar para o povo é uma coisa, querer ter puder é outra. Apesar de tudo o PT foi o grande vitorioso nessas eleições fez 4 capitais.


geraldo geiger calmon on 29 outubro, 2012 at 20:20 #

A partir do momento que o PT, escolheu um dos alunos de ACM para ser vice do atual governador baiano. deu-se o pontapé inicial de resgate ao carlismo, que para mim morreu com o próprio senador ACM. ACM neto não representa o retorno do carlismo, a capital de Salvador assim como também, se Pelegrino fosse eleito não significava a volta do verdadeiro e falecido PT. o PT que não fazia coligação com ninguém, que foi contra o Plano Real em 1994, dizia que era medida eleitoreira. o PT que votou contra em 2001 a criação dos programas sociais do governo FHC, Bolsa Escola,Vale Gás, Vale Alimentação que eram classificadas pelo PT como Esmolas Eleitoreiras, o PT que foi contra tudo e contra todos. E depois de tudo criou uma filosofia para os seus candidatos de time de futebol. alinhamento é bom quando dar bons resultados para o povo. E o povo de Salvador não se intimidou diante da pressão que o candidato do PT fazia a população de Salvador durante os seus debates. quando dizia de certa forma, que se ele não fosse eleito o dinheiro do governo Federal, e do governo Estadual, não seria liberado para a prefeitura de Salvador. A gora atribui a sua derrota as fortes greves que aconteceram na capital de Salvador. É claro que elas também influenciaram e muito. Quero dizer a turma do PT, que governar para o povo é uma coisa, querer ter puder é outra. Apesar de tudo o PT foi o grande vitorioso nessas eleições fez 4 capitais.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos