out
28
Postado em 28-10-2012
Arquivado em (Artigos) por vitor em 28-10-2012 19:44


ACM Neto: “Não duvidei um só minuto”/Imagem:iBahia

=====================================

DEU NO CORREIO DA BAHIA

Da Redação

ACM Neto (DEM) foi eleito Neste domingo (28) o novo prefeito de Salvador, derrotando o candidato do PT Nelson Pelegrino no segundo turno. Neto assume a prefeitura em janeiro, substituindo João Henrique Carneiro (PP).

Depois de um primeiro turno disputadissímo, a briga este domingo foi novamente acirrada. Com 97,07% das urnas apuradas, Neto tem 53,71% dos votos e Pelegrino 46,29% e já tem a vitória garantida. Ele comemorou o resultado em sua página no Facebook. “Não duvidei um só minuto da força do nosso povo. Hoje, começamos a escrever uma nova história e Salvador vai reconquistar seu brilho e orgulho. Obrigado pela confiança! Vamos juntos defender Salvador!”, postou.

O resultado confirma pesquisa Ibope divulgada na véspera da eleição, que trazia Neto com 55% dos votos válidos frente a 45% de Pelegrino, com margem de erro de 3 pontos para mais ou para menos.

No primeiro turno, contrariando as pesquisas, Neto acabou em primeiro lugar, com 40,17% dos votos válidos – Pelegrino teve 39,17%. A diferença foi de apenas 5.626 votos. Eles deixaram para trás Mário Kertész (PMDB), Márcio Marinho (PRB), Hamilton Assis (PSOL) e Rogério Da Luz (PRTB). Três dos candidatos derrotados – Kertész, Marinho e Da Luz, anunciaram apoio a Pelegrino. Hamilton Assis declarou neutralidade. Neto contou com apoio do PMDB baiano.

O candidato democrata acompanhou a votação em sua casa, com a presença de familiares e correligionários. Ele irá comemorar a sua vitória nos comitês da Vasco da Gama e no Subúrbio.

Aos 33 anos, ACM Neto disputou a prefeitura de Salvador pela segunda vez – em 2008, perdeu ainda no primeiro turno. Ele está no terceiro mandato na Câmara dos Deputados e é líder do DEM na Casa. Formado em Direito pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), ele também já foi vice-presidente e corregedor da Câmara.

Oitavo maior Produto Interno Bruto (PIB) entre as capitais do país, com riquezas estimadas em R$ 32,8 bilhões pelo Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2009, a capital baiana tem economia baseada no serviço e na indústria, segundo informações da Agência Brasil.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos