out
24

DEU NO CORREIO DA BAHIA

Da Redação

A presidente Dilma Rousseff divulgou nesta quarta-feira (24) que o governo vai prorrogar o benefício de redução do IPI para veículos até o final do ano. Essa é a segunda vez que o governo prorroga a redução do benefício.

A medida estava prevista para acabar em 31 de outubro. A próxima semana, última do mês de outubro, era o prazo final para o governo bater o martelo sobre a manutenção do benefício.

No final de maio, o governo federal reduziu o IPI para os carros – os de motor 1.0 – até 31 de agosto. A medida foi prorrogada até outubro e agora novamente estendida até 31 de dezembro.

O anúncio da presidente foi feito ao final de seu discurso no Salão do Automóvel, em São Paulo, segundo o G1. “Queria fazer um anúncio para vocês antes de encerrar, eu hoje vim aqui também anunciar que nós vamos prorrogar a redução do IPI até 31 de dezembro de 2012”, disse. O evento começou nesta quarta-feira e vai ate 4 de novembro.

Dilma demonstrou ter gostado de ver a capacidade tecnológica das 49 marcas e dos 500 modelos de veículos em exposição no salão e, por mais de uma vez, defendeu a necessidade de o Brasil qualificar melhor sua mão de obra para tornar-se referência no mercado internacional.

A presidente disse ainda que a melhoria da mão de obra reduz, simultaneamente, a dependência por alta tecnologia estrangeira. “Não acho que o Brasil deva abrir mão de produzir aqui o que pode produzir aqui”, disse Dilma.

O corte do IPI, depende da potência do motor e se a produção é nacional ou importado. A alíquota normal do imposto foi de 7% para 0% para carros novos com motor de mil cilindradas (1.0) e fabricados no Brasil. Os nacionais são os mais vendidos. Para os importados com o mesmo tipo de motor, a alíquota foi de 37% para 30%.

Recorde de vendas
A redução do IPI e a expansão das linhas de financiamento motivaram o recorde nas vendas de veículos em agosto, com alta de 15,3% na comparação com julho.

De acordo com o balanço da Associação Nacional dos Veículos Automotores (Anfavea), foram vendidas 420.080 unidades em agosto, contra 364.196 em julho. Na comparação com agosto de 2011, quando foram comercializadas 327.610 unidades, o aumento foi 28,2%. No acumulado do ano, o crescimento é 5,5%, com a venda de 2,371 milhões de unidades.

A produção da indústria automobilística cresceu 10,6% em agosto, com 329.266 novas unidades produzidas. Com relação ao mesmo mês do ano passado, a produção aumentou 1%. Já no acumulado do ano, foram produzidas 2,180 milhões de unidades, contra 2,349 milhões nos oito primeiros meses do ano passado – queda de 7,2%. Com informações da

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos