DEU NO ESTADÃO (ONLINE)

A vantagem de Fernando Haddad (PT) sobre José Serra (PSDB) oscilou de 16 para 13 pontos porcentuais desde a semana passada, segundo a pesquisa Ibope/Estadão/TV Globo. O petista continua com 49% das intenções de voto dos paulistanos, enquanto o tucano recuperou três dos quatro pontos que havia perdido e tem agora 36%. Em taxa de votos válidos, que é como a Justiça eleitoral divulga os resultados da urna, Haddad tem 57%, e Serra, 43%.

Os eleitores recuperados por Serra haviam declarado voto em branco ou nulo na pesquisa anterior. Agora, esse contingente passou de 13% para 10%. A taxa de indecisos continua a mesma da semana passada: 5%.

A pesquisa foi feita entre 22 e 24 de outubro. Foram entrevistadas 1.204 pessoas. A margem de erro é de 3 pontos porcentuais, para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. Seu registro no TSE é o SP-01912/2012. A pesquisa foi contratada pelo Estado e pela Rede Globo.

Na intenção de voto espontânea, Haddad permaneceu com 47%, e Serra oscilou de 32% para 35%, voltando ao mesmo porcentual que ele obteve na primeira pesquisa do segundo turno, duas semanas atrás. Na espontânea o eleitor responde em quem vai votar sem ter que ver antes a cartela com os nomes dos candidatos.

Aumentou, porém, o favoritismo de Haddad aos olhos do público. Agora, 58% acham que ele será eleito o próximo prefeito de São Paulo, contra 31% que ainda apostam em Serra. O favoritismo do petista vem crescendo desde o primeiro turno: foi de 45% para 52% e, agora, chegou a 58%. Enquanto isso o de Serra caiu de 44% para 36% e 31%.


Paripe:Lula e Pelegrino acenam pelo voto do subúrbio

===========================================

DEU NO PORTAL METRO1

Com quase uma hora de atraso e após participar de uma carreata no subúrbio de Salvador, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva esteve no Clube de Paripe para ato público de apoio ao candidato petista Nelson Pelegrino na tarde desta quarta-feira (24). Foi a segunda vez que Lula veio à capital baiana: no primeiro turno, esteve na Praça Castro Alves e foi acusado de fazer o “discurso do medo”. Dessa vez, também não poupou críticas ao adversário ACM Neto.

Lula discursou rapidamente e lembrou do episódio tão explorado pela campanha petista: o discurso do democrata dizendo que seria capaz de dar uma surra no então presidente.

“O povo pobre não merece mentira. Eu jamais bateria nele, mas agora ele mente dizendo que o avô dele criou o Bolsa Família. Não temos culpa de um prefeiro fracassado e o melhor agora é Pelegrino”, defendeu.

Lula reconheceu, no entanto, que existe uma insatisfação com o PT na cidade. “A gente percebe um povo alegre abanando a mão pra ele [Pelegrino], mas tem gente chateada e temos que conquistar essas pessoas. (…) Não acredito que alguém respeite o pobre mais do que e eu e em nome disso que quero Nelson Pelegrino!”.

Antes de ir embora, o ex-presidente, que completa 67 anos no sábado, mas disse “ainda parecer um menino de 30”, teve um parabéns puxado pelo governador Jaques Wagner.

(Redação de Larissa Oliveira – Metro1)

DEU NO CORREIO DA BAHIA

Da Redação

A presidente Dilma Rousseff divulgou nesta quarta-feira (24) que o governo vai prorrogar o benefício de redução do IPI para veículos até o final do ano. Essa é a segunda vez que o governo prorroga a redução do benefício.

A medida estava prevista para acabar em 31 de outubro. A próxima semana, última do mês de outubro, era o prazo final para o governo bater o martelo sobre a manutenção do benefício.

No final de maio, o governo federal reduziu o IPI para os carros – os de motor 1.0 – até 31 de agosto. A medida foi prorrogada até outubro e agora novamente estendida até 31 de dezembro.

O anúncio da presidente foi feito ao final de seu discurso no Salão do Automóvel, em São Paulo, segundo o G1. “Queria fazer um anúncio para vocês antes de encerrar, eu hoje vim aqui também anunciar que nós vamos prorrogar a redução do IPI até 31 de dezembro de 2012”, disse. O evento começou nesta quarta-feira e vai ate 4 de novembro.

Dilma demonstrou ter gostado de ver a capacidade tecnológica das 49 marcas e dos 500 modelos de veículos em exposição no salão e, por mais de uma vez, defendeu a necessidade de o Brasil qualificar melhor sua mão de obra para tornar-se referência no mercado internacional.

A presidente disse ainda que a melhoria da mão de obra reduz, simultaneamente, a dependência por alta tecnologia estrangeira. “Não acho que o Brasil deva abrir mão de produzir aqui o que pode produzir aqui”, disse Dilma.

O corte do IPI, depende da potência do motor e se a produção é nacional ou importado. A alíquota normal do imposto foi de 7% para 0% para carros novos com motor de mil cilindradas (1.0) e fabricados no Brasil. Os nacionais são os mais vendidos. Para os importados com o mesmo tipo de motor, a alíquota foi de 37% para 30%.

Recorde de vendas
A redução do IPI e a expansão das linhas de financiamento motivaram o recorde nas vendas de veículos em agosto, com alta de 15,3% na comparação com julho.

De acordo com o balanço da Associação Nacional dos Veículos Automotores (Anfavea), foram vendidas 420.080 unidades em agosto, contra 364.196 em julho. Na comparação com agosto de 2011, quando foram comercializadas 327.610 unidades, o aumento foi 28,2%. No acumulado do ano, o crescimento é 5,5%, com a venda de 2,371 milhões de unidades.

A produção da indústria automobilística cresceu 10,6% em agosto, com 329.266 novas unidades produzidas. Com relação ao mesmo mês do ano passado, a produção aumentou 1%. Já no acumulado do ano, foram produzidas 2,180 milhões de unidades, contra 2,349 milhões nos oito primeiros meses do ano passado – queda de 7,2%. Com informações da

out
24
Posted on 24-10-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 24-10-2012

============================================

DEU NO PORTAL EUROPEU TSF

A atriz Anita Björk, uma das musas do reconhecido realizador sueco Ingmar Bergman, morreu aos 89 anos. A notícia, segundo o portal português TSF, foi divulgada hoje a rádio estatal sueca, citando o filho da artista.

A atriz, que sempre teve uma ligação privilegiada com o teatro, ingressou na década de 1940 no Teatro Real de Estocolmo, uma relação que resistiu até ao fim da sua carreira artística.

O reconhecimento internacional de Anita Björk chegou em 1951 com o filme «Mademoiselle Julie», uma obra de Alf Sjoberg que foi reconhecida então pelo Festival de Cannes.

A ligação artística entre o reconhecido realizador sueco Ingmar Bergman, que morreu em julho de 2007 aos 89 anos, e Anita Björk percorreu várias décadas e vários meios de representação.

Em 1952, Bergman dirigiu Anita Björk no filme «Segredos de Mulheres». Anos mais tarde, em 1989, voltam a trabalhar juntos na peça «A Marquesa de Sade», uma parceria que seria repetida em 1997, desta vez na televisão, com a obra «Na Presença de um Palhaço».

Anita Bjork foi casada com o escritor sueco Stig Dagerman, de 1953 até à morte do autor em 1954.

=======================================
Paulinho da Viola & Convidados

Hotel Nacional – Rio de Janeiro

Abril/1994

==========================================

DO YAHOO/NOTÍCIAS
AFP

Gilberto Gil, Paulinho da Viola e Arnaldo Antunes são algumas das estrelas de “Vozes da América Latina”, festival de um mês de duração organizado em novembro no famoso Carnegie Hall de Nova York com o objetivo de promover a rica cultura da região.

Além dos brasileiros, o maestro venezuelano Gustavo Dudamel e a lenda do jazz cubano Chucho Valdés estão entre as atrações deste evento que combina música, dança, cinema, fotografia, literatura e artes visuais.

“Dos irresistíveis ritmos do jazz afrocubano até a sofisticação do samba brasileiro, da intensa paixão das rancheras mexicanas à alegria contagiante do movimento de ação social venezuelano El Sistema, a cultura latino-americana capturou a atenção do mundo”, afirmam os organizadores.

“Vozes da América Latina” terá início no dia 8 de novembro com um show de Gilberto Gil, centrado no forró, que também será representado pelo grupo “Cordestinos”.

O sambista Paulinho da Viola e o compositor e cantor Arnaldo Antunes são outros nomes brasileiros que se apresentarão no Carnegie Hall, inaugurado em 1891 pelo russo Pyotr Tchaikovsky e que é, junto com o Metropolitan Opera, uma das salas de concertos de maior prestígio de Nova York.

No programa de mais de 70 atividades, que também acontecerão em diferentes locais de Nova York, figura também o escritor peruano e Nobel de Literatura Mario Vargas Llosa, que falará de seu romance “O sonho do celta” (2010), junto com a tradutora Edith Grossman.

O festival vai ser concluído com três concertos da Orquesta Sinfônica Simón Bolívar dirigida por Gustavo Dudamel, com um programa que anuncia obras como “Choros No. 10” de Heitor Villa-Lobos e “Cantata criolla” do venezuelano Antonio Estévez.


Em nota divulgada na noite de terça-feira, o PSDB cobrou respeito da presidenta Dilma Rousseff “ao cargo exercido e à sua obrigação de preservar a vontade democrática dos eleitores, nesta reta final das eleições municipais”.

O texto, assinado pelo presidente em exercício e primeiro vice-presidente da Executiva Nacional da legenda tucana, Alberto Goldman, afirma ainda que “a promessa da presidente de limitar o envolvimento de seus ministros na disputa eleitoral deste ano não resistiu às pressões” do PT.

O PT reagiu emitindo nota assinada pelo presidente do partido, Rui Falcão. No comunicado, o partido diz que a participação de Dilma nos comícios “obedeceu estritamente às normas vigentes, ocorrendo sempre fora do horário de trabalho e com as despesas sob a responsabilidade do PT”.

A nota do PSDB afirma que a atitude da presidenta tinha por objetivo “reverter o fraco resultado que se desenhava antes do primeiro turno”, a pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva . “Dilma não só liberou seus ministros, como ela própria sucumbiu aos pedidos de seu antecessor e mergulhou de cabeça na agenda eleitoral, na tentativa de ajudar aliados. Do primeiro turno para cá, a situação só se agravou. Não satisfeita em colocar cargos federais a serviço das campanhas petistas, como vimos acontecer em São Paulo, a presidente da República decidiu partir para o confronto com a oposição.”

O texto cita os comícios que Dilma participou em Salvador, São Paulo, Campinas e Manaus. “Em todos esses eventos, mais do que pedir votos para os candidatos da base aliada, a presidente optou por atacar a oposição. Pior, em atentado à própria Constituição Federal, procurou transmitir a ideia de que apenas os eleitos de sua preferência teriam um tratamento do governo federal à altura das necessidades do povo.”

Em seu comunicado, o PT diz que o partido adversário deveria “parar de medir a atuação da presidenta Dilma Rousseff com a régua de suas práticas políticas” e ressalta que as participações de Dilma foram feitas foram do seu horário de trabalho e com as despesas pagas pelo próprio partido.

“Em seus discursos, a presidenta reafirmou que ‘somos de um governo e de uma proposta política que não persegue e não discrimina ninguém, que respeita todas as posições políticas, ideológicas e religiosas'”, acrescenta a nota, dizendo que a prática da presidenta é “muito diferente da costumeira dos governadores do PSDB”.

O presidente do PT diz que a nota assinada por Goldman “é mais um sinal do desespero diante da iminente rejeição nas urnas a seu projeto elitista e diante da aprovação popular aos presidentes Lula e Dilma”.

(Deu no IG, com Agência Estado)

===============================================

DEU NA COLUNA DE MÔNICA BERGAMO, NA FOLHA:

O “Jornal Nacional” da TV Globo, programa jornalístico mais assistido da televisão brasileira, dedicou ontem 18 dos 32 minutos de sua edição a um balanço do julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal.

O telejornal exibiu oito reportagens sobre o tema, contemplando desde o que chamou de “frases memoráveis” proferidas no plenário do STF às rusgas entre os ministros Joaquim Barbosa e Ricardo Lewandovsky, respectivamente relator e revisor do processo na corte.

O segmento mais “quente” do telejornal, dedicado às notícias do dia (debate do tamanho das penas e a decisão de absolver réus de acusações em que houve empate no colegiado) consumiu 3min12s.

O restante foi ocupado pelo resumo das 40 sessões de julgamento.

out
24
Posted on 24-10-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 24-10-2012


============================================
Aroeira, hoje, no Jornal do Sul (RS)

==================================================

OPINIÃO POLÍTICA

Campanha e ruído de fundo

Ivan de Carvalho

O comando político e de marketing do governismo baiano e da campanha do petista Pelegrino a prefeito de Salvador fizeram uma distribuição inteligente das presenças da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula em Salvador para participar da campanha para o segundo turno.

Na semana passada, a presidente Dilma foi a um comício em Cajazeiras. Tentou, até beirando os limites da ética democrática, dar um certo respaldo à tese da suposta importância de um alinhamento político entre os governos federal, estadual e municipal, sugerindo aos eleitores que este é o caminho que eles devem seguir.

Aliás, se todos os eleitores aceitassem a sugestão da presidente da República, digamos, nas eleições de 2012 e 2014, estaria extinta a democracia no país, pois não haveria mais oposição e todos os governantes estariam do mesmo lado. Não haveria debate nem contraditório político, muito menos a fiscalização da conduta governamental pela oposição e acabaria a possibilidade de alternância no poder. A democracia extinta levaria embora com ela a liberdade.

A sugestão da presidente, feita do palanque do comício de Cajazeiras, é perigosa, e creio que uma presidente da República deveria pensar mais antes de dizer coisas assim. O assunto admite e merece um tratamento mais aprofundado, que, no entanto, fica para outra ocasião.

Voltando à questão mesma da distribuição das presenças de Dilma e Lula na campanha para o segundo turno em Salvador, nota-se que a presidente foi levada a Cajazeiras – um dos maiores “colégios” eleitorais da capital e que está posto com ênfase nas campanhas de ACM Neto e Pelegrino – e Lula vai hoje à tarde ao subúrbio ferroviário, onde deverá, segundo anunciado, desfilar em carro aberto. O subúrbio é outro grande colégio eleitoral.

O ex-presidente Lula não vem a Salvador em um momento muito feliz para ele e seu partido. Ainda que o ex-presidente esteja a um pequeno passo de eleger um “poste” chamado Fernando Haddad para prefeito de São Paulo, o que é muito importante politicamente, as duras condenações pronunciadas pelo Supremo Tribunal Federal no processo do Mensalão (Ação Penal 470) representam, a curto e longo prazos, um grande revés político para o PT (pelo carimbo que as decisões judiciais a respeito impõem ao partido) e uma pesada sombra que passa a acompanhar, sob o aspecto histórico, o governo Lula, embora tendo manchado apenas o primeiro quatriênio.

Não dá para por tudo na conta do partido, porque, entre outras razões, o ex-presidente do PT, José Dirceu, foi condenado por acusações relacionadas com sua atuação como ministro-chefe da Casa Civil da presidência da República. E não dá para por tudo à conta do governo e deixar o partido inocentado por causa de outras condenações, como as do presidente e do tesoureiro do PT e do então presidente da Câmara dos Deputados, outro petista, por ações declaradas crimes pelo tribunal.

Evidentemente que não há como – e não seria correto nem aceitável – sequer sugerir que os petistas, indiscriminadamente, teriam responsabilidade no caso do Mensalão. Implicados estão os que foram julgados e condenados – isto é onde se pode chegar, sem prejuízo de outros processos, em curso ou que venham a ser instaurados.

Na campanha eleitoral deste ano, o julgamento do Mensalão representou uma espécie de ruído de fundo e, sem dúvida, prejudicou o PT. Depois da campanha, o que pode reincidir negativamente na imagem deste partido é a solidariedade política (não humana, que seria louvável) que vem prestando a alguns dos réus condenados e na contramão das sentenças do STF. A solidariedade política aos réus condenados é uma forma enviesada de auto-solidariedade. A médio e longo prazos isto pode custar caro ao partido hoje no poder.

=======================================

Uma dupla nota 10! Um samba idem!

BOA QUARTA-FEIRA PARA TODOS!!!

(vhs)

  • Arquivos