Comicio nas Cajazeiras:Dilma no
palanque, Carminha fora

=================================================

DEU NO GLOBO.COM

A juíza da 9ª Zona Eleitoral de Salvador, Ana Conceição Barbuda, deferiu na tarde desta quinta-feira uma medida liminar proibindo o candidato à prefeitura de Salvador pelo PT, Nelson Pelegrino, de exibir amanhã em um telão o último capítulo da novela da TV Globo “Avenida Brasil”, depois do comício que terá a participação da presidente Dilma Rousseff. O evento está marcado para às 19 horas na periferia da capital baiana.

Segundo a juíza, a iniciativa foi considerada de uso eleitoreiro por parte do petista.“Se pretende a coligação transmitir a novela é porque evidencia que tal conduta tem fins eleitorais, usufruindo das imagens de artistas globais e do ibope da programação para beneficiar a sua campanha”, escreveu a magistrada.

A decisão ocorreu depois que a campanha do candidato do DEM, ACM Neto, adversário de Pelegrino no segundo turno, entrou na Justiça Eleitoral contra a intenção do petista.

– Essa decisão está obedecendo a lei eleitoral que proíbe showmício ou qualquer evento semelhante. O candidato do PT durante toda semana anunciou que exibiria o final da novela após o comício. Agora, quem quiser ver a Carminha que fique em casa. Quem quiser ver a Dilma vai para o comício – afirmou o advogado de ACM Neto, Ademir Ismerim.

Nelson Pelegrino ainda não se manifestou sobre a decisão.


=========================================
É preciso dizer mais alguma coisa? Confira ao por do sol sobre a Baia de Todos os Santos. Ou quando o dia raiar de novo, amanhã, em Salvador.

(Vitor Hugo Soares)

(


Caetano e Gil:show em Brasília para lembrar Ulysses Guimarães

=============================================

DEU NA FOLHA

LUCAS NOBILE
ENVIADO ESPECIAL A BRASÍLIA

Após quase 18 anos, Caetano Veloso e Gilberto Gil voltaram a fazer um show que reunisse só os dois no palco.

A apresentação, para 500 convidados, aconteceu na terça (16), no teatro Ulysses Guimarães da universidade Unip de Brasília, lembrando os 20 anos da morte do ex-presidente nacional do PMDB.

Em 1994, a dupla fez turnê aberta ao público, divulgando o disco “Tropicália 2”.

O título do espetáculo de anteontem, “Navegar É Preciso”, fazia menção aos versos de Fernando Pessoa presentes na canção “Os Argonautas”, de Caetano.

Caetano Veloso e Gilberto Gil no show “Navegar É Preciso”, em Brasília
Caetano Veloso e Gilberto Gil no show “Navegar É Preciso”, em Brasília

Os versos foram símbolo do discurso feito por Ulysses Guimarães em 1973. Ícone da resistência democrática, o político era amigo do empresário João Carlos Di Genio, reitor da Unip.

Embora o show fosse em homenagem a Ulysses, Caetano e Gil fizeram uma apresentação sem menções a política. Citaram brevemente o homenageado da noite só depois da 15ª música.

Após o show, questionado sobre assuntos políticos, como o julgamento do mensalão, Caetano não quis se pronunciar. “Estou acompanhando à distância. As pessoas estão fazendo o trabalho delas. Prefiro não me intrometer”, disse o cantor.

Sobre as eleições para prefeito em Salvador, o compositor declarou sua preferência por ACM Neto. “Eu prefiro que ele ganhe. Logo eu, que passei a vida inteira me opondo ao avô dele.”

Antes da apresentação, Gil também falou sobre política, dizendo-se favorável ao projeto de editais voltados para negros e para a produção de cultura afrobrasileira, anunciado recentemente pelo Ministério da Cultura.

“Eu sempre fui a favor de todas as cotas. Penso que, se aplicadas de forma criteriosa, são um instrumento para diminuir desequilíbrios muito drásticos”, declarou o ex-ministro da Cultura (2003-2008) do governo Lula.

REPERTÓRIO

Caetano e Gil se alternaram em números solo, cantando 22 músicas, além de sucessos da carreira dos dois, como “Desde Que o Samba é Samba”, “Sampa”, “Refazenda”, “Leãozinho”, “Um Índio”, “Domingo no Parque”, “Expresso 2222” e “Esotérico”, tocaram “Saudade da Bahia”, de Dorival Caymmi.

http://youtu.be/gq8hwzYtFKQ
===========================================
Clip com cenas do filme “Emmanuelle” . Com saudades!!!

(VHS)

==============================================

O atriz Sylvia Kristel, conhecido por ter protagonizado o filme “Emmanuelle”, morreu durante a noite desta quarta para quinta-feira aos 60 anos, anunciou a sua agente.

«Ela morreu durante a noite, durante o sono», indicou Marieke Verharen, da agência Features Creative Management, que confirmou que a atriz morreu devido a um câncer.

A atriz holandesa mais conhecida no estrangeiro tinha sido tratada de um cancer na garganta e tinha sido vítima de um ataque cerebral no início de julho.

Kristel tornou-se famosa graças ao seu primeiro filme intitulado “Emmanuelle”, de 1974, que conta as aventuras sexuais de uma jovem na Ásia.

Depois deste filme, Kristel rodou “Emmanuelle 2”, em 1975, “Goodbye Emmanuelle”, em 1977, e “Emmanuelle 4”, em 1984, mas sempre com menos sucesso.

(Informações do portal português TSF )

out
18
Posted on 18-10-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 18-10-2012


=================================
Sid, hoje, no portal Metro1


Barbosa:dores aumentadas durante julgamento

============================================

OPINIÃO POLÍTICA

Uma semana de Mensalão

Ivan de Carvalho

O Supremo Tribunal Federal decidiu, ontem, marcar uma sessão extra para a próxima terça-feira, com o objetivo de acelerar o julgamento do processo do Mensalão. Assim, na próxima semana serão realizadas quatro reuniões para julgamento desse processo, ao invés de três, como tem ocorrido semanalmente até aqui. O objetivo é tentar concluir o julgamento ainda na próxima semana.

A decisão de marcar a sessão extra decorreu de pedido do relator, ministro Joaquim Barbosa, que precisa fazer com urgência tratamento de seus graves problemas de coluna, devido ao intenso recrudescimento das dores. Ele explicou que já havia adiado duas vezes o início do tratamento para evitar a suspensão do julgamento durante seu afastamento.

Mas agora ele entende que existe a chance de terminar o julgamento na semana que vem com a sessão extra que pediu e já tem viagem marcada à Alemanha, de 29 de outubro a 3 de novembro, onde fará o tratamento recomendado por seus médicos. Se o STF não conseguir concluir o julgamento na semana que vem, terá de interrompê-lo até o retorno do relator.

Este problema de saúde do relator pode ter duas implicações políticas no segundo turno das eleições municipais, nas grandes cidades onde a segunda etapa eleitoral vai se realizar, especialmente naquelas em que o PT ou o governo federal petista estão diretamente envolvidos, das quais são exemplos mais evidentes São Paulo, Salvador e Manaus, mas também outras, a exemplo de Campinas, em São Paulo.

Isto porque, embora o Mensalão, agora sob julgamento no STF, haja envolvido vários partidos, ele foi gestado e nucleado no PT e no governo petista de Lula – ainda que o ex-presidente haja se declarado traído, sem nunca revelar os nomes dos traidores, e depois haja mudado sua teoria para afirmar que o Mensalão fora uma farsa, teoria que o Supremo Tribunal Federal já desconsiderou com as condenações que determinou até aqui.

Então, com as três sessões semanais normais sobre o Mensalão e mais a sessão extra, o STF passará a semana toda julgando o processo. Mais especificamente, a acusação de formação de quadrilha, tema que já começou a ser examinado ontem – e isto resultará em um noticiário mais intenso sobre o assunto, o que, em princípio, não favorece os interesses eleitorais do PT.

Além da questão do noticiário desagradável na semana que precede o segundo turno das eleições – facilitando a inserção do Mensalão na campanha eleitoral pelas oposições – pode haver uma implicação político-eleitoral ainda maior, caso o tribunal conclua mesmo o julgamento e condene (há divergências de opinião entre os ministros) os acusados por formação de quadrilha, o que inclui o ex-todo poderoso ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, José Dirceu, que já recebeu uma primeira condenação no processo por outra acusação. Ele, com isto, ficaria com duas condenações e não teria como escapar à prisão quando se esgotarem as possibilidades de recursos ao próprio STF (embargos).

Cito especificamente Dirceu porque ele, da mesma maneira que era, na chefia da Casa Civil, o grande articulador político do governo Lula, é ainda o político mais influente no PT depois do ex-presidente da República. Nem mesmo a presidente Dilma Rousseff tem, no partido, a mesma influência que ele. E foi ostensiva a solidariedade que recebeu do PT após sofrer a primeira condenação pelo STF. De modo que uma nova condenação dele às vésperas do pleito, por formação de quadrilha, pode ter influência desagradável para o PT nas eleições. Já a absolvição seria um alívio para o partido.

out
18

http://youtu.be/QKJ8z7ep8S8

======================================
Piano na Mangueira foi gravada no album Gal Canta Tom Jobim (1999)

BOA QUINTA-FEIRA, COM AGRADECIMENTOS AO POETA LUIZ FONTANA, EDITOR DO BLOGBAR.

BOA NOITE!

(VHS)

  • Arquivos