out
07
Postado em 07-10-2012
Arquivado em (Artigos) por vitor em 07-10-2012 13:36


Barbosa:foto com eleitora na hora de votar no Rio
============================================

DEU NA VEJA (ONLINE)

O relator do processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, recebeu cumprimentos calorosos de eleitores ao votar neste domingo no Leblon, zona sul do Rio de Janeiro. O ministro deu autógrafos e posou para fotos na chegada e na saída.

Barbosa disse não acreditar que o julgamento do mensalão tenha influência no voto dos eleitores nesta disputa. “É uma eleição local. As pessoas estão preocupadas com questões locais”, afirmou.

Barbosa ainda indicou não simpatizar com os partidos de oposição no Rio de Janeiro, ao revelar que nas eleições de 2008 não votou no candidato do PV, Fernando Gabeira, em quem já tinha votado outras vezes, segundo ele. “Não gostei da aliança”, justificou o ministro. Gabeira concorreu por uma coligação com o PSDB, DEM e PPS e perdeu no segundo turno para o prefeito carioca Eduardo Paes (PMDB), que tenta a reeleição neste ano. Joaquim Barbosa, no entanto, não quis revelar em quem votou naquela ocasião e também não revelou em quem votou hoje.

O ministro disse que “é sempre boa” a realização de segundo turno das eleições, mas evitou palpitar em que cidades isso deve ocorrer.

(Com Agência Estado)

Be Sociable, Share!

Comentários

luiz alfredo motta fontana on 7 outubro, 2012 at 14:11 #

Barbosa é apenas um eleitor que não leva em consideração o mensalão.

Essa impressão deriva de matéria da folha de são Paulo de hoje:

———————————-

Folha de são Paulo (trecho da matéria:Relator do mensalão afirma que votou em Lula e Dilma)

” O ministro votou em Leonel Brizola (PDT) para presidente no primeiro turno da eleição de 1989. E depois em Lula, contra Collor. Votou em Lula de novo em 2002.

“Vou te confidenciar uma coisa, que o Lula talvez não saiba: devo ter sido um dos primeiros brasileiros a falar no exterior, em Los Angeles, do que viria a ser o governo dele. Havia pânico. Num seminário, desmistifiquei: ‘Lula é um democrata, de um partido estabelecido. As credenciais democráticas dele são perfeitas’.”

O escândalo do mensalão não influenciou seu voto: em 2006, já como relator do processo, escolheu novamente o candidato Lula, que concorria à reeleição.

“Eu não me arrependo dos votos, não. As mudanças e avanços no Brasil nos últimos dez anos são inegáveis. Em 2010, votei na Dilma.”

———————————–

Pelo visto, e lido, Barbosa não deu importância aos hábitos delituosos revelados pelo mensalão, ou pior que isso, acredita que Lula realmente não sabia.

Quanto a votar em poste, apenas alinha-se ao rebanho nacional.


Lucas Brito on 11 outubro, 2012 at 1:03 #

Luiz, você incorre num erro basilar: questionar o voto do Ministro; não compete à ninguém, exceto a ele, saber dos motivos de seu voto. E isso não interfere em nada na competência do Ministro, ou você acha que o Lula está adorando o que Joaquim Barbosa está fazendo com seus correligionários petistas? Deixe o voto como ele é, independente.


romilda on 30 dezembro, 2012 at 23:48 #

pata de camelo.repara!!!!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos