DEU NA FOLHA DE S PAULO

NELSON BARROS NETO

DE SALVADOR

Após o PT reduzir pela metade a frente do DEM na disputa pela Prefeitura de Salvador, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve ontem na capital baiana e não poupou ataques ao principal rival do partido na cidade.

Em 16 minutos, Lula centrou críticas, sem citar nomes, em ACM Neto (DEM), que lidera as pesquisas -tem 39% das intenções de voto, contra 27% do petista Nelson Pelegrino, de acordo com a pesquisa Ibope desta semana.

Lula lembrou episódio de 2005, quando ACM Neto prometeu, na Câmara dos Deputados, à época das CPIs que investigaram o esquema do mensalão, dar uma “surra” no ex-presidente.

“Se esse cidadão teve coragem de dizer que queria bater no presidente da República, adivinha o que ele vai fazer com camelô aqui em Salvador”, disse Lula, que não fez menção ao mensalão durante o discurso na praça Castro Alves, centro da cidade.

A participação de Lula é vista como chave pela campanha petista, um dia após pesquisa Ibope indicar possível segundo turno, cenário até então distante.

Enquanto ACM Neto oscilou de 40% para 39% em relação ao levantamento anterior, do final de agosto, Pelegrino subiu de 16% para 27%.

A mudança de cenário se deu, de acordo com análises internas das campanhas, à ofensiva do PT no rádio e na TV contra o DEM, acusado de se opor às cotas raciais nas universidades públicas.

DISCURSO

No palanque, o ex-presidente procurou reforçar o principal mote da campanha petista em Salvador: a participação de Pelegrino no “time” de Lula, da presidente Dilma Rousseff e do governador Jaques Wagner (PT-BA).

“Outra mentira daquele cidadão, que me recuso a falar o nome, é que é possível governar sem o governador e a presidente. Não faltará dinheiro com Nelson aqui.”

Foi o terceiro ato público de Lula na atual campanha: antes, participou de comícios do PT com Fernando Haddad, em São Paulo, e com Patrus Ananias, em Belo Horizonte. Hoje, o ex-presidente deverá apoiar o candidato petista em Feira de Santana, a segunda maior cidade da Bahia.

Be Sociable, Share!

Comentários

rosane santana on 15 setembro, 2012 at 12:44 #

Essa matéria é própria do ímpeto jovial do repórter, do açodamento, da imprecisão e do jornalismo que a nova geração pratica hoje na Folha de São Paulo. O jornalismo brasileiro é uma lástima!


rosane santana on 15 setembro, 2012 at 13:19 #

Sobre as besteiras que Lula e Pelegrino disseram, recomenda-se a leitura
What Conservatives Know That Liberals Don’t, de George Lakoff. E mais, “Filosofias da Índia”, de Heinrich Zimmer. O mal dessa gente é que odeia livros. Ufa!


danilo on 15 setembro, 2012 at 21:25 #

este ódio de Lulla por tudo aquilo que não lhe é subserviente não é normal.

jamais ocorreu em toda história do Brasil um dirigente possuído de tanto rancor.

e quanto mais ele fica patético, a sua demagogia cresce. imagine como será o comportamento de Lulla em plena cxampanha para presidente em 2014…


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • setembro 2012
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930