================================================

Deu no jornal A Tarde

CLEIDIANA RAMOS

O Ilê Axé Opô Afonjá está em festa. A líder religiosa do terreiro, ialorixá Maria Stella de Azevedo Santos, completa 73 anos de iniciação religiosa nesta quarta, 12. Mãe Stella, aos 87 anos de idade, integra um seleto grupo de sacerdotisas com mais de 70 anos de consagração ao candomblé.

“O aniversário de iniciação religiosa é muito importante. É quando se nasce para uma nova vida. É renascimento”, diz mãe Stella. A consagração foi feita por mãe Senhora, uma das grandes sacerdotisas do candomblé brasileiro, terceira a liderar o Afonjá desde a fundação, em 1910.

Além de mãe Stella, já somam sete décadas de iniciadas – dentre as líderes de terreiros tradicionais da Bahia – mãe Xagui e mãe Zulmira de Nanã. Mais alta sacerdotisa do terreiro Tumbence, localizado no Pero Vaz, mãe Xagui tem 75 anos de consagrada. Mãe Zulmira de Nanã, do Tumbenci, em Lauro de Freitas (Grande Salvador), completou 70 anos de iniciada.
Saiba mais

História

A iniciação de mãe Stella é um dos marcos históricos do Afonjá. “Foi o primeiro barco (nome que se dá ao grupo de iniciados) colocado no Afonjá por mãe Senhora, logo após o governo da fundadora, mãe Aninha”, relata o ogã José Ribamar, presidente da Sociedade Cruz Santa do Ilê Axé Opô Afonjá, a representação civil do terreiro.

Mãe Stella assumiu o Afonjá em 1976, substituindo mãe Ondina. Em 1983, ela lançou manifesto em que reafirmava o candomblé como religião e considerava o sincretismo, a associação com santos católicos, uma necessidade histórica já superada.

O manifesto foi endossado por dirigentes de outros terreiros tradicionais: mãe Menininha do Gantois, mãe Teté da Casa Branca, mãe Olga de Alaketo e mãe Nicinha, do Terreiro Bogum.

A partir de então, mãe Stella se consolidou como uma das grandes lideranças do candomblé brasileiro. “É uma questão de herança. Herdei a missão de tomar conta dessa Casa. É trabalhoso, mas é gratificante ter a condição de servir mais de perto aos orixás, com mais responsabilidades”, acrescenta.

Livros – Mãe Stella é autora de cinco livros: E Daí Aconteceu o Encanto, escrito em parceria com Cléo Martins e publicado em 1988; Meu Tempo É Agora, de 1993; Òsósi – O Caçador de Alegrias, de 2006; Owé – Provérbios, de 2007; e Epé Laiyé – Terra Viva, de 2009.

Desde março do ano passado, mãe Stella tornou-se articulista do A TARDE. Os artigos são publicados, quinzenalmente, às quartas-feiras. É a primeira vez no Brasil que uma ialorixá torna-se articulista regular em um jornal de grande circulação.

Leia mais sobre o assunto no Balaio de Idéiss, na edição impressa de A Tarde

Be Sociable, Share!

Comentários

rosane santana on 13 setembro, 2012 at 18:03 #

Infelizmente, mãe Stella virou articulista quando o jornal já está decadente. À propósito, recordo-me que no lançamento do livro “Stella de Oxóssi – a trajetória de uma liderança religiosa”, de Vera Felicidade de Almeida Campos ( um dos campeões de vendas da editora Zahar em todo o Brasil), a capa do Caderno 2 de A Tarde trouxe o show de uma cantora de jazz, em Niterói. Detalhe: dezenas de personalidades da cultura baiana e brasileira estavam no Axé Opô Afonjá em noite de festa. Não estou falando de ouvir dizer. Estava lá. Inclusive, tenho bem guardado um vídeo histórico do dia, com depoimento de muitos. Na época, o editor chefe era Ricardo Noblat, que o jornalismo baiano colonizado acha um grande jornalista. Ele, o interventor da “magnífica” consultoria de Navarra. Bom, deu no que deu. A Tarde faliu, por essa e outras razões. E agora, tentando resgatar o fio da meada, o jornal (os que lá estão agora não têm culpa) colocam mãe Stella de articulista, num tempo em que a baianidade do jornal foi pras calendas, graças, entre outras coisas, àquela desastrosa e incompetente intervenção. E antes que me julguem “viúva” de A Tarde, devo dizer que de lá parti desde junho de 1993, por livre e espontânea vontade.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • setembro 2012
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930