==================================================

OPINIÃO POLÍTICA

Sobre pesquisas

Ivan de Carvalho

Os resultados da pesquisa Band/Vox Populi sobre as eleições para a prefeitura de Salvador, divulgados na quinta-feira, não mudam muito o quadro apresentado por pesquisa anterior, do Ibope, nem por uma outra pesquisa reservada da qual foi dado conhecimento ao governo estadual e, consequentemente, ao PT. Desta última, já fizemos neste espaço as considerações possíveis sem infração das normas restritivas que regem a divulgação de pesquisas eleitorais durante este período.

Quanto à pesquisa TV Bahia/Ibope, os resultados, divulgados no dia 16 de agosto, apontavam 40 por cento para o democrata ACM Neto, 13 por cento para o petista Nelson Pelegrino e 8 por cento para o peemedebista Mário Kertész, os três candidatos política e eleitoralmente mais importantes. Antes, Pelegrino marcara uns três degraus a mais na pesquisa reservada já mencionada.

Finalmente, foi divulgada a pesquisa Band/Vox Populi, atribuindo a ACM Neto 41 por cento das intenções de voto, a Nelson Pelegrino 18 por cento e a Mário Kertész, cinco por cento.
A primeira observação a ser feita é a de que o candidato democrata ACM Neto não somente se mantém firme na liderança, mas até o momento não teve seu patamar de intenção de votos alterado. Ele começou agosto com um degrau além dos 40 por cento a que chegou em meados do mês e pelo Vox Populi, que realizou sua pesquisa nos dias 25 a 27, marcou 41 por cento das intenções de voto. Em síntese, se as pesquisas estiveram certas, até o dia 27 nada o abalou de sua confortável posição, que lhe daria a vitória sem necessidade de segundo turno se as eleições fossem hoje, ou melhor, até o dia 27.

A outra coisa a ser muito notada é que Mário Kertész – aliás, acompanhado, em um descenso, pelo deputado Márcio Marinho, do PRB –, que já esteve nos calcanhares de Pelegrino no início do mês, apenas um degrau abaixo, recebeu do Ibope, em meados do mês, apenas oito por cento de intenções de voto, enquanto Pelegrino registrava 13 por cento, o que representava uma diminuição do que o petista obteve no início do mês na pesquisa reservada já referida. E o Vox Populi reduziu as intenções de voto de Kertész, entre os dias 25 e 27 passados, para apenas cinco por cento, enquanto empurrou Pelegrino para 18 por cento, certamente pondo isso à conta dos primeiros dias de propaganda eleitoral “gratuita” no rádio e televisão. A propaganda do petista parece eficiente e seu tempo é farto.

Esse quadro estaria apontando, e muito cedo, para uma polarização entre as candidaturas de ACM Neto e Pelegrino. No caso deste último levando-se em conta, para admissão da tese, das poderosas forças políticas e governamentais que apoiam o petista. No caso do primeiro, considerando seus índices de intenção de voto e uma espontânea e ampla receptividade demonstrada por largas faixas da população.

No entanto, vale a ressalva de que o desempenho de Pelegrino do início de agosto até o dia 27, quando foi encerrado o trabalho de campo do Vox Populi – o intervalo entre a conclusão desse trabalho e a divulgação da pesquisa foi maior do que o razoável e cria condições para apresentação de resultados já defasados – não chegou a ser brilhante. Dos 13 por cento de meados do mês para os 18 por cento do dia 27 até parece um bom progresso, mas se considerado o degrau em que estava no início do mês, o andar foi de jabuti, ainda que para a frente.

Como as pesquisas por amostragem, incluindo as eleitorais, ainda não são uma ciência exata, será necessário esperar mais uns dez dias para se ter uma idéia menos insegura do rumo da campanha e do impacto da propaganda no rádio e televisão.

Be Sociable, Share!

Comentários

rosane santana on 1 setembro, 2012 at 8:03 #

Caro Ivan,
Vislumbro uma vitória acachapante de ACM Neto no 1º turno, pelas conversas que tenho mantido com amigos em Salvador. No alto índice dos que ainda não decidiram, estão uma maioria de gente que não tem coragem de dizer que votará no Neto de ACM. E, em lugar de atirar pedras, fazer xingamentos, falar em conspiração, como é próprio da falsa esquerda nesses tempos, seria bom que essa gente, os novos donos do poder Bahia, refletissem o porquê de cairem em desgraça em tão pouco tempo.


danilo on 1 setembro, 2012 at 13:17 #

é isso aí! a cidade inteeeeira que Grampinho na cabeça!

mas é prudente ficar de antenas ligadas porque os vermelhos podem “melar” esta eleição.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • setembro 2012
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930