ago
05
Postado em 05-08-2012
Arquivado em (Artigos) por vitor em 05-08-2012 09:39

AGÊNCIA LUSA

O Governo brasileiro aliou a onda de empregos em setores como a construção civil e agronegócios à política para mulheres e decidiu investir dois milhões de reais (800 mil euros) na capacitação feminina para trabalhos normalmente dominados pelos homens.

“A definição das áreas procurou articular os desafios de políticas participativas para as mulheres às procuras de mão-de-obra do setor produtivo local”, explicou à Lusa a secretária responsável pelo projeto, Tatau Godinho.

De acordo com a secretária, o programa foi desenhado em parceria com órgãos locais de desenvolvimento que ajudaram a selecionar as “vocações produtivas” de cada região, identificando também os setores dispostos a oferecer oportunidades para mulheres.

“Essa disposição indica uma abertura cultural importante para o sucesso da iniciativa”, ressaltou a responsável.

Realizado pela Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência da República, o projeto prevê a capacitação inicial de 400 mulheres para trabalhos em áreas como construção civil, metalurgia e agronegócio.

“São todos setores tradicionalmente ocupados por homens. Não temos estatísticas precisas da participação das mulheres neles, mas é possível constatar, por observação, que esta é ínfima”, observou.

(Deu no Diário de Notícias, de Lisboa)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos