http://youtu.be/ZaxDlDbMppE

Cajuína

Composição: Caetano Veloso

Existirmos: a que será que se destina?
Pois quando tu me deste a rosa pequenina
Vi que és um homem lindo e que se acaso a sina
Do menino infeliz não se nos ilumina
Tampouco turva-se a lágrima nordestina
Apenas a matéria vida era tão fina
E éramos olharmo-nos intacta retina
A cajuína cristalina em Teresina

==========================================================

Um viva da Bahia ao Piaui de Sara, da marron Alcione e dos saudosos João do Vale e Torquato Neto.

(Vitor Hugo Soares)

Be Sociable, Share!

Comentários

robertocarlosesg@yahoo.com.br on 4 agosto, 2012 at 8:14 #

Valeu sarah menezes!!!!!!!!!!!!!!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos