jul
23
Postado em 23-07-2012
Arquivado em (Artigos) por vitor em 23-07-2012 17:27

Estados Unidos e a União Europeia manifestaram hoje preocupação com a ameaça síria de recorrer a armas químicas em caso de intervenção militar externa. Washington sugeriu ao regime de Damasco para «não pensar nem um segundo» em fazê-lo.

Os sírios «não devem pensar nem um segundo em usar armas químicas», declarou aos jornalistas o porta-voz do Pentágono, George Little, considerando essa eventualidade como «inaceitável».

Reconhecendo pela primeira vez publicamente que a Síria possui armas químicas, o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros sírio, Jihad Makdessi, afirmou hoje que «nenhuma arma química ou não convencional será usada contra os cidadãos sírios».

«Essas armas só serão utilizadas em caso de agressão estrangeira», adiantou.

«Quando as armas químicas são referidas na imprensa pelos responsáveis sírios, isso causa inquietação», afirmou Little.

«Opomo-nos firmemente – e é um eufemismo – a qualquer reflexão que leve à justificação do uso deste tipo de armas pelo regime sírio», acrescentou.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos