jul
12
Postado em 12-07-2012
Arquivado em (Artigos) por vitor em 12-07-2012 12:30

Texto do leitor que assina Vangelis, postado na área de Comentários do Bahia em Pauta esta segundaa-feira,12,(sobre o artigo político “Mudança de Percepção”, assinado por Ivan de Carvalho). Sentimentos e informações que merecem o espaço principal de notícias e opinião do BP. Confira.

(Vitor Hugo Soares, editor)

===================================


Lula, Maluf(e Haddad):”uma foto simbólica”

====================================
“Disse o saudoso Brizola: “Cuidado com o sapo barbudo, vive num pântano, é escorregadio e mentiroso”

Foram muitos sinais dessa mudança, a saída dos intelectuais do partido, Chico Oliveira, Plinio de Arruda e outros, a forma ditatorial da executiva nacional(que controla a maior central sindical a CUT e dentro dela a maior corrente sindical chamada de ARTICULAÇÃO) para com os seus filiados, vide as atitudes tomadas contra as Senadoras Heloisa Helena e Marta Suplicy, escanteada para viabilizar a candidatura do Hadad a Prefeito de São Paulo.

Hoje, também, foi publicada a anulação da convenção do PT de Juazeiro, pela executiva nacional, e consequentemente a candidatura a Prefeito do Joseph Bandeira a fim de manter as alianças com o PCdoB com vistas às eleições em Salvador, que de sobra levou de arrastão a candidatura de Alice Portugal do PCdo B.

Em Recife outro imbroglio com o Mauricio Rands candidato a Prefeito, foi preterido pelo partido, entregou o mandato de deputado federal e desfiliou-se do PT. Com isso preserva-se para uma futura filiação ao PSB do Governador Eduardo Campos.

Com tudo isso o maior sinal dessa mudança foi a aliança árabe formada pelos “emires” de São Paulo Maluf e Hadad promovida pelo Lula estampada na foto que ficará para a história como o símbolo da transformação desse partido que um dia foi formado por bases de trabalhadores.

Lembro-me de 1979, dia e mês caíram no esquecimento, no auditório do Colégio Antonio Vieira, a reunião convocada pelos sindicatos baianos onde foi apresentado o projeto da criação de um partido que representasse os trabalhadores, tendo em vista que os partidos de esquerda estavam na clandestinidade. Lula e várias lideranças da esquerda alí presente onde houve uma votação simbólica para criação do partido a partir das bases dos trabalhadores. Alí eu estava, por puro acaso, como delegado sindical e ficou apenas na minha lembrança o meu voto contrário a esse partido. Não fui vidente, somente hoje vejo que estava correto naquele NÃO”

(VANGELIS)

Be Sociable, Share!

Comentários

ISA on 12 julho, 2012 at 13:58 #

Parabéns companheiro pela sua percepção qto às dubiedades ( p/ usar um eufemismo p/ oportunismo) deste partido, q. cassou dos seus quadros políticos q. aderiraram a Tancredo Neves q. se contrapunha a MALUF, hoje aliado de Lula… Isa


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos