Ruídos na oposição:


DEU NO BAHIA TODO DIA

CÍNTIA KELLY

Está acirrada a disputa entre os candidatos a prefeito ACM Neto (DEM ) e Mário Kertész (PMDB), para ver qual deles é o nome da oposição à atual administração. Enquanto Kertész diz que é o único oposicionista, Neto o provoca dizendo que o PMDB esteve na gestão do prefeito João Henrique, hoje no PP. “O PMDB foi quem colocou mais gente no governo atual(…) por isso é grande responsável pela situação que Salvador se encontra hoje”, dispara Neto.

Sem perder tempo, em entrevista ao BAHIA TODO DIA, Kertész rebate: “Eu não estava no PMDB na época em que o partido estave na prefeitura. Outra coisa, o que o partido fez quando esteve na prefeitura foi bom, foi um momento bom”, disse durante visita ao Mercado Modelo, na manhã desta quinta. O peemedebista continua a provocação. “Eu não estou sendo apoiando por João Henrique. ACM Neto está”.

Ainda provocando Neto, Mário Kertész ironiza a fala do candidato do DEM hoje no programa Balanço Geral. “Tem coisa que ele diz que eu não gosto. Tem coisas que diz que eu gosto. Hoje, por exemplo, dando entrevista a Raimundo Varela, ele usou o meu slogan: Salvador tem jeito. Só faltou dizer ‘Mário prefeito’”, disse em meio a gargalhada. ?

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos