http://youtu.be/OvJ3YHHfFkA

============================================
“Meu Amor ao Timão”-Corinthians

compositor:Adoniran Barbosa

como é bom ser alvi-negro
ontem, hoje e amanhã
respirar o ar mistura
do Tietê a Tatuapé
lá no alto a velha Penha
Da Anchieta e Bandeirantes
Ver São Jorge lá na lua
Abençoando a fazendinha
Onde mora um gigante
Tem igreja e tem biquinha

Coríntia, Coríntia
Meu Amor é o timão
Corítina, cada minuto
Dentro do meu coração

Belém, Vila Maria e Moóca
E São Paulo extensão
Mogi, Guarulhos, Itaquera
Tudo vibra coringão
É o corítia de nóis tudo
É Paulista é campeão

Adoniran Barbosa
Nascimento6 de agosto de 1910
Valinhos

Morte23 de novembro de 1982 (72 anos)
São Paulo

Nacionalidade brasileira

Adoniran Barbosa morre em 1982, aos 72 anos de idade.
.

=======================================

Dá-lhe, Timão!!!

VIVA ADONIRAN!!!

festa para todos em São Paulo e no Brasil nesta quinta-feira.

(Vitor Hugo Soares)

Be Sociable, Share!

Comentários

gilson on 5 julho, 2012 at 13:40 #

Que bom o Boca Juniors derrotado por um time brasileiro!
De repente, ecoou, na sala da TV, um lamento de um fantasma vestido de Gardel ao som de um tamborim. Foi bom, demais, ouví-lo!
Que maravilha assistir Riquelme, com a sua velha cara de tango, e seus companheiros de equipe, arrogantes e dramáticos, por natureza, amargarem o fracasso, em campo, para um fenomenal Corinthians Paulista, o Timão, no Estádio do Pacaembu fantasiado de estrelas juninas!
Sou Santos de coração, desde o dia que, aos 12 anos, vi Pelé atuar, na Vila Belmiro, como o futuro “Deus dos Estádios”.
Ontem, por um momento, virei a casaca. Fui um dos loucos da Fiel. E me senti Campeão da Libertadores da América, edição 2012.
Mais que isso, como brasileiro, descalcei as chuteiras, tirei a camisa, dei a volta olímpica, cantei um samba de Adoniram e tive vontade de dizer aos boçais da bola que o futebol é, acima de tudo, uma escola de humildade. Tomaram que os patrícios do deslumbrado Maradona aprendam. Dá-lhe, Timão!


Gracinha on 5 julho, 2012 at 14:28 #

Lindo demais VHS!!! você sempre nos presenteando com belas reliquias… Maravilhoso jogo com ênfase no espetâculo da torcida. O corinthians, meu time de coração e de gratas recordações em Sampa, mais uma vez levou sua torcida ao delirio – e a emoção dos loucos da fiel sempre me causou perplexidade, encantamento e contágio. Muito legal a cobertura desta festa… em particular as imagens dos operários de braços cruzados para assistir o jogo, em verdadeira e merecida ” inauguração” do Itaquerão.
Valeu Timão! Rumo ao Japão!!!


luiz alfredo motta fontana on 5 julho, 2012 at 14:49 #

A lua era de são Jorge…

Noite de magia

Como na canção de Adoniran
ou na de Caetano

São Jorge pairava sobre o Pacaembu, cavalgando ao luar

E o tango rendeu-se

O dragão era apenas um bandoneón


gilson on 5 julho, 2012 at 16:43 #

O fantasma dançou
Que bom o Boca Juniors derrotado por um time brasileiro!
De repente, ecoou, na sala da TV, um lamento de um fantasma vestido de Gardel ao som de um tamborim. Foi bom, demais, ouví-lo!
Que maravilha assistir Riquelme, com a sua velha cara de tango, e seus companheiros de equipe, arrogantes e dramáticos, por natureza, amargarem o fracasso, em campo, para um fenomenal Corinthians Paulista, o Timão, no Estádio do Pacaembu fantasiado de estrelas juninas!
Sou Santos de coração, desde o dia que, aos 12 anos, vi Pelé atuar, na Vila Belmiro, como o futuro “Deus dos Estádios”.
Ontem, por um momento, virei a casaca. Fui um dos loucos da Fiel. E me senti Campeão da Libertadores da América, edição 2012.
Mais que isso, como brasileiro, descalcei as chuteiras, tirei a camisa, dei a volta olímpica, cantei um samba de Adoniram e tive vontade de dizer aos boçais da bola que o futebol é, acima de tudo, uma escola de humildade. Tomara que os patrícios do deslumbrado Maradona aprendam. Dá-lhe, Timão!


Cida Torneros on 5 julho, 2012 at 17:33 #

viva o Timão!!!


gilson on 5 julho, 2012 at 17:42 #

Viva!!!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos