Jorge Portugal:”são professores
acostumados a ganhar bem”
=====================================

Após a Secretaria Estadual de Educação (SEC) justificar o valor do contrato celebrado entre a pasta e a Abaís Conteúdos Educativos & Produção Cultural Ltda, o diretor da empresa, professor Jorge Portugal, resolveu se pronunciar e justificar as cifras que ultrapassam a casa do milhão de reais, com vistas à realização de aulas de preparação para o Enem para alunos do 3º ano da rede pública de ensino.

Em entrevista ao Metro1, nesta quarta-feira (27), Portugal afirmou que a vultosa quantia de R$ 1.591.774,80, com recursos oriundos da SEC, se explica, entre outras coisas, pela qualidade dos docentes contratados para dar as aulas. “São professores que trabalham na rede particular, em colégios de ponta. De Anchieta, de Grandes Mestres, de Mendel, e que estão acostumados a ganhar bem”, afirmou o empresário e educador, durante o aulão inaugural na Escola Parque, na Caixa D’Água.

Discrepância

Ainda segundo Portugal, o contrato vai contemplar 32 assuntos, em 384 aulas. Nestas, cada professor irá ganhar R$ 250 por hora de explanação. “Eles não aceitariam ganhar menos. Esse número parece assustador, mas é nada perto dessa dificuldade social que você viu aí”, complementou.

Para se ter uma ideia da discrepância no valor pago aos mestres, um professor da rede estadual de ensino ganha, em média, apenas R$ 8,40 por hora-aula, segundo estimativa do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB-Sindicato). Assim, cada educador da rede particular que lecionar no projeto de Portugal, financiado com verba pública, irá ganhar 30 vezes mais que um professor do estado, de braços cruzados há quase 80 dias em luta por melhorias salariais.

Para o professor Jorge Portugal, o valor é um investimento na educação. “Você vai concordar comigo que a grande pobreza da mentalidade brasileira é achar que a educação é custo e não investimento. Quando é para o rico, é investimento; quando é para o pobre, é custo”, defendeu, ao tentar se esquivar das polêmicas que envolveram as cifras aportadas no projeto, definido pela SEC como “emergencial”.

“Respeito todos os professores da rede estadual, mas os estudantes precisam ter aula, e nós vamos apoiar [os alunos]”, emendou Portugal, que também defende o reajuste da categoria na rede pública de ensino: “Os professores têm que ganhar bem, mesmo. E não é 22% não [de reajuste]. É mais do que isso”.


Hage: “passo importante na
cultura da transparência”
=======================================
A partir das 20 horas desta segunda-feira (27) o governo federal disponibiliza no Portal da Transparência, mantido pela Controladoria-Geral da União (CGU), as informações sobre a remuneração dos servidores do Poder Executivo Federal. A divulgação hoje se antecipa ao prazo previsto na Portaria Interministerial 233, que regulamenta o assunto e estabelece o dia 30/06 como limite para a publicação desse tipo de informação.

Para consultar a remuneração, o interessado deverá acessar o Portal da Transparência (www.portaldatransparencia.gov.br) e clicar na aba “Servidores”. A primeira carga de dados traz informações sobre remuneração referente ao mês de maio. A partir daí, os dados serão atualizados mensalmente.

Os dados divulgados referem-se a informações contidas nas fichas financeiras dos servidores ativos do Poder Executivo Federal (administração direta, autárquica e fundacional), disponibilizadas pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, extraídas do sistema Siape, e pelo Banco Central do Brasil, que tem sistema próprio.

A consulta discriminará os itens que compõem a remuneração do servidor ou agente público, identificando os valores correspondentes a cada um. Serão informados a remuneração básica, que é composta pela soma das parcelas remuneratórias correspondentes ao cargo efetivo, função ou cargo comissionado; o abate teto (quando houver); a remuneração eventual (gratificação natalina, férias e outros); as deduções obrigatórias (imposto de renda retido na fonte e previdência oficial); e jetons (quando houver).

Descontos de caráter pessoal, incidentes sobre a remuneração, como pagamento de pensões e de empréstimos consignados, não serão exibidos por serem considerados informações de natureza privada e, por isso, estarem protegidos de divulgação, de acordo com a Lei de Acesso à Informação.

O ministro-chefe da CGU, Jorge Hage, considera “a divulgação da remuneração dos servidores, e, sobretudo, das autoridades de nível mais elevado, um passo importante para a consolidação e o aprofundamento da cultura da transparência na administração pública brasileira”.


DEU EM O GLOBO

Os ganhadores do Bolão da Quina de São João, todos funcionários do restaurante Cervantes da Barra da Tijuca, informaram que vão deixar uma boa gorjeta para os companheiros que não foram contemplados.

O copeiro Lúcio Flávio Osorio, que há anos participava dos bolões dos funcionários e desta vez desistiu, chorou, na manhã desta quarta-feira, por ter perdido a chance de ganhar R$ 635 mil. Os vinte funcionários já comunicaram ao proprietário que deixarão o emprego.

Conforme noticiou a coluna de Ancelmo Gois em O GLOBO, na terça-feira nenhum funcionário apareceu para trabalhar. É que vinte foram contemplados no bolão do Cervantes, faturando R$ 635 mil cada.

==================================

DEU NO TERRA

O violeiro, cantor e compositor mineiro Dércio Marques morreu na noite de terça-feira (26), em Salvador, por insuficiência renal, devido a complicações de um câncer no pâncreas. O cantor estava internado há três semanas no Hospital Ana Nery, onde se recuperava da operação de retirada do pâncreas, vesícula e baço.

Segundo Sônia Machado, secretária do músico, Dércio Marques começou a dar sinais da doença em dezembro do ano passado, mas só no início do ano foi diagnosticado com câncer. O corpo do compositor está sendo velado no cemitério Jardim da Saudade e será cremado na quinta-feira (28). A família ainda vai decidir se suas cinzas serão jogadas em um rio ou no mar, duas paixões do músico.

Dércio Marques alternava sua residência entre sua cidade natal, Uberaba, no Triângulo Mineiro, e Salvador. Ele deixa uma companheira e quatro filhos.

Durante a carreira, o artista buscou retratar a música raiz brasileira. Pesquisador das tradições da terra, Dércio Marques percorreu o Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, para buscar cantigas que retratassem a cultura popular. Dessas andanças pelo vale, ele lançou o CD Fulejo.

DEU NA COLUNA RADAR ONLINE, DA REVISTA VEJA, EDITADA PELO JORNALISTA LAURO JARDIM

Se ontem SBT e Globo empataram na disputa pela audiência da manhã, hoje (27) a emissora de Silvio Santos teve uma vitória incontestável entre 10h43 e 11h59.

Encontro com Fátima marcou 6,3 pontos de audiência, segundo a prévia do Ibope na Grande São Paulo – um número 40% menor do que o alcançado na estreia segunda-feira. O SBT chegou a 7,8 pontos de audiência no horário.

A audiência da Record no horário segue ladeira abaixo. Marcou 5,6 pontos na segunda, 4,3 ontem e 3,9 agora há pouco.
Por Lauro Jardim


Nestor Neto: da Revolta do Buzu para
a chapa de Kertész (PMDB)
=================================
DEU NO PORTAL METRO1

“Começamos a enxergar uma luz para pôr Salvador no caminho do desenvolvimento e no combate à desigualdade social”. A declaração foi feita por Nestor Neto, presidente da Juventude do PMDB, que foi escolhido como candidato a vice-prefeito na chapa com Mário Kertész.

Nestor Neto começou sua vida política aos 15 anos, no Colégio Central e passou a empreender lutas políticas no movimento conhecido como a Revolta do Buzu, quando estudantes reivindicaram melhorias no transporte público. “A partir daí não paramos e em 2004 surgiu a ideia de me candidatar a vereador, depois fui convidado a assumir cargos dentro do partido”, contou Neto.

No entanto, o pré-candidato explica que não foi líder do movimento e que a Revolta do Buzu teve a liderança dos estudantes, com o apoio de grupos políticos.

A expectativa para o novo desafio é a melhor possível e o líder comunitário se diz confiante e preparado. “Aceitei o convite por acreditar que a cidade precisa de alguém com capacidade de gerir com a força da juventude”, afirmou.

http://youtu.be/qK9uTs6V5Sk

=====================================
DÁ-LHE, MORINGUEIRA!!!

BOM DIA A TODOS

(VHS)

J

Deu no Diário de Notícias, de Lisboa

O início do julgamento do esquema de corrupção conhecido no Brasil como “mensalão”, ocorrido durante o governo de Lula da Silva, foi marcado para 02 de agosto, segundo decisão do Supremo Tribunal Federal brasileira.

Inicialmente, o começo dos trabalhos estava previsto para 01 de agosto, mas o parecer do relator do processo, ministro Ricardo Lewandowski, apresentado somente ontrm (26) , tornou necessário o adiamento por um dia.

A decisão sobre a nova data foi anunciada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal do Brasil, Carlos Ayres Britto.

O processo, que envolve 38 réus, diz respeito ao maior escândalo de corrupção enfrentado durante o governo de Lula da Silva (2003-2010), no qual deputados da base aliada ao partido no poder – Partido dos Trabalhadores (PT) – recebiam um pagamento mensal, em dinheiro, em troca de apoiar os projetos do Governo Federal.

jun
27
Posted on 27-06-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 27-06-2012


===================================
Sid, hoje, no Metro1 (BA)

jun
27
Posted on 27-06-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 27-06-2012

DEU NA TRIBUNA DA BAHIA

Lílian Machado
REPÓRTER

A aproximação do prazo final das convenções partidárias e da confirmação das postulações movimenta a cena política local e as costuras dentro da base de sustentação ao governo Wagner para a construção de apoio ao candidato do PT à prefeitura municipal, Nelson Pelegrino. Nos bastidores, as informações são de que o PCdoB, único partido que até então resistiria à adesão ao PT no primeiro turno, estaria perto de recuar do projeto de candidatura própria para apoiar o parceiro histórico.

Há fortes rumores de que o PT estaria pressionando os comunistas a retirarem a candidatura da deputada federal Alice Portugal e oferecendo o espaço da vice na chapa de Pelegrino. A parlamentar foi uma das primeiras a se colocar na disputa, desde o inicio do ano.

Ontem, o presidente estadual do PCdoB, deputado federal Daniel Almeida, admitiu que ficou “sensível” diante dos apelos do governador Jaques Wagner (PT). Os dois conversaram sobre o processo na última sexta-feira e o gestor teria colocado fortes motivações para ter os comunistas colados com os petistas ainda no primeiro turno.

A conjuntura em torno da candidatura do deputado federal ACM Neto (DEM), que nas avaliações do meio político teria construído apoios significativos, e ainda pesquisas que teriam demonstrado o crescimento do democrata, do candidato do PMDB, Mário Kertész e da própria Alice teriam estimulado o avanço nas conversações para que a base se una e o PCdoB decida logo se aliar ao PT.

Embora afirme que a candidatura de Alice está mantida, o dirigente comunista na Bahia deixou claro ontem que não está descartado abdicar da postulação própria. “Recuar jamais, mas a chance é de avançar junto com o projeto liderado pelo governador Jaques Wagner”, sinalizou Daniel.

Segundo ele, não houve mudanças, mas sim um “reconhecimento ao papel do governador e de que precisamos estar juntos”. “A compreensão é de que o candidato a ser derrotado é o do DEM, então estamos discutindo a melhor tática.

O PCdoB tem participado de análises que estão postas no tabuleiro que facilitam a viabilidade de vitória nossa (da base)”, frisou Daniel, que ontem tomou café da manhã com o presidente do PT estadual, Jonas Paulo. Na ocasião, além de Salvador eles teriam dialogado sobre outros municípios. Segundo ele, esse cenário será definido o quanto antes. O partido deve tomar uma decisão até sábado.

Ciente da conversa entre o líder petista e o presidente do PCdoB, a deputada Alice Portugal disse apenas que enquanto candidata vai respeitar o que foi deliberado pelo partido na convenção e esperar uma decisão. “Estou conservando a determinação que houve na bela convenção que homologou a minha candidatura, portanto meu projeto está mantido”, enfatizou.

Nos bastidores políticos, há quem questione a cobrança do PT pelo apoio do PCdoB. Especula-se que o partido não teria exercido a mesma força com o PRB, que apresenta como candidato o deputado federal Bispo Márcio Marinho, e até mesmo com o PP, que ontem desistiu de lançar candidato próprio.

Vale ressaltar que em conversa recente com a Tribuna, Jonas Paulo chegou a citar que o PP tinha legitimidade para lançar um candidato, até mesmo para defender a gestão do prefeito João Henrique.

Em convenção realizada há 15 dias, sua candidatura foi homologada e o partido tentou formar um blocão com o PDT, o PTB e o PSL, mas, diante do assédio do PT, os petebistas recuaram e o PDT ficou dividido, sendo que o diretório estadual colocou como condição de aliança a posição de vice na composição de Pelegrino. O PSL, que tem como maior liderança o deputado estadual Deraldo Damasceno, também teria recuado.

Pages: 1 2

  • Arquivos