===================================

CRÔNICA

São João com clima de Natal

Janio Ferreira Soares

Embora a Rio + 20 sirva apenas como um belo pretexto para a galera do oba-oba praticar a velha arte de encher linguiça (só que, nesse caso, não pode ser uma linguiça qualquer; ela tem que ser verde, de preferência feita de pele de calango mantido a base de alface, pistache e caldo de cana, criado num cativeiro sustentável iluminado por vaga-lumes reforçados por microchips solares nos rabos, e abastecido por energia da combustão do estrume de jegues alimentados com papelão orgânico), reconheço que algo realmente anda fora de ordem nesse mundão de meu Deus. É tanto que, assim de revestrés, não me recordo de nenhum outro São João com um jeito tão de Natal como o deste ano.

Para você ter uma ideia de como estão às coisas por essas bandas, o clima anda confundindo até os mais experientes sertanejos, como meu tio Lindemar (quase 90 anos, recentemente eleito numa pesquisa informal como o melhor prefeito que Glória (BA) já teve), que outro dia chegou da feira meio ariado pelo sol de quase dezembro a lhe queimar o quengo achando que já era fim de ano, só porque a difusora estava tocando uma velha canção de Roberto. Mas isso é por conta dos delírios climáticos motivados pelos falsos sinais enviados pela atmosfera, que perdeu de vez a outrora condição de calendário alternativo do sertão.

Houve uma época em que bastava contemplar o mundo para saber qual festejo batia à nossa porta. Céu azulado, meio cinzento, acompanhado de um vento norte arrastando folhas secas pelas veredas? Neguinho já podia sonhar trovoada, mulher iniciava à engorda do peru e menino subia no armário atrás dos burrinhos e das lâmpadas coloridas para decorar as lapinhas dos velhos natais. Passarinhos se acasalando? A Semana Santa era questão de dias. Nuvens baixinhas quase triscando as serras? Podia plantar o milho que Antônio, João e Pedro garantiam o forró.

Em todo caso já fiz minha fogueira e, por via das dúvidas, colocarei um sapatinho na janela do quintal. Vai que Papai Noel confunda um balão com uma estrela cadente… Feliz São João.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos